O Twitter conseguiu uma façanha que não pega nada bem para a plataforma: não adicionar nenhum usuário em nível global durante o segundo trimestre de 2017.

Tem mais, e piora: a plataforma perdeu 2 milhões de usuários em mercados importantes, como o norte-americano.

O Twitter segue com problemas para crescer em número de usuários, assim como monetizar a plataforma, que é incapaz de crescer na mesma velocidade que outras redes sociais.

Os resultados do segundo trimestre de 2017 são simplesmente decepcionantes, depois de um começo de ano promissor, agregando 9 milhões de novos usuários aos 328 milhões totais que já estavam na plataforma.

 

 

As receitas também não conseguem disparar, apesar de um aumento constante desde 2014. Isso é reflexo do efeito anterior: o Twitter é incapaz de ganhar uma nova massa de usuários que impulsione o serviço.

 

 

O resultado? As ações do Twitter despencaram quase 6%.

O problema existe a algum tempo: a concorrência do Facebook e do Snapchat (entre outros) é algo difícil de ser combatida, e muitos questionam Jack Dorsey, CEO do Twitter, sobre o fato de ser CEO do Twitter e do Square, ou pela venda de 30% das ações de Evan Williams, co-fundador e principal acionista individual.

 

Tais movimentos não mandam bons sinais ao mercado.

 

Via Recode, Washington Post