O Twitter está em uma saia justapor causa de Donald Trump e sua incômoda conta na rede social. Por um lado, ele é uma ameaça ao desequilíbrio mundial. Por outro, se ele for banido, ele pode custar uma fortuna para a plataforma.

Entre os meses de agosto e setembro, as mensagens de Trump no Twitter com ameaças à Coreia do Norte podem resultar no início de um conflito bélico. E isso disparou as denúncias contra a conta do presidente dos EUA, exigindo o seu bloqueio ou banimento da plataforma.

Trump, não foi banido do Twitter, e a própria rede social precisou explicar o seu posicionamento. Em seis mensagens publicadas na conta oficial da plataforma, é observado, de forma controversa, que decidiram não apagar as mensagens de Trump porque elas possuem “informações de interesse jornalístico”.

O Twitter promete que, em breve, vai revisar e atualizar as suas políticas de publicação e permanência, onde explicarão melhor essas variáveis. Porém, a decisão abre o debate sobre o que é uma informação importante para os usuários ou de “interesse jornalístico”.

A pior parte disso tudo é que Donald Trump vai continuar a escrever merda na sua conta do Twitter, e nada será feito. Nem mesmo vão moderar suas palavras.

Lamentável.