twitter-state-sponsored-attack-alert

O Twitter até agora não notificava seus usuários sobre ataques governamentais. Mas isso mudou, de acordo com alguns usuários da rede social, que receberam mensagens do serviço advertindo que suas contas estavam sendo atacadas.

A medida é similar ao que Facebook e Google já faziam a algum tempo, e mesmo que os dados não sejam violados, o usuário do Twitter é aconselhado a ser precavido e usar serviços como o Tor para se proteger. O Twitter não informa qual foi o país que iniciou os ataques, e que não pode interferir de forma específica só se baseando nas vítimas. Porém, os usuários notificados são especialistas em segurança computacional e ativistas, que certamente não terão problemas em proteger suas contas com tecnologias facilmente acessíveis.

É uma boa medida o Twitter avisar sobre ataques governamentais, mas o ideal seria eles compartilharem a informação sobre o país de origem do ataque, as metodologias usadas e até os endereços de IP dos inimigos da liberdade de expressão.

Via Christopher Soghoian (Twitter), MotherboardColdhak (Twitter), Runa Sandvik (Twitter)