Twitter

O Twitter foi duramente criticada pela alta presença que a ISIS possui, inclusive sendo taxada de ser excessivamente permissiva com o grupo terrorista. Por outro lado, foi anunciado que a rede social apagou 125 mil contas do Estado Islâmico durante os últimos meses.

Levando em conta que quando falamos de contas do Estado Islâmico, falamos no sentido amplo, não apenas a aquelas que foram realmente criadas pelo grupo terrorista, mas também à contas que de seguidores ou simpatizantes, que reforçam a captação de membros e a difusão de sua ideologia.

Por outro lado, é importante ter em conta que a própria atividade dos membros na rede social possui um papel vital nesse sentido, já que as suspensões e fechamentos de contas se realizam depois de denúncias dos usuários, que avisam o Twitter sobre conteúdos impróprios.

Depois de receber esse aviso e avaliando se o mesmo procede, uma mecânica foi acelerada por conta da ampliação de pessoas que fazem denúncias no Twitter. Com isso, aumentou o número de pessoas analisando as denúncias, de modo que as contas fechadas se dão por um maior índice de acerto e transparência.

Por sua parte, o Twitter destaca que eles seguem fazendo o possível para seguir lutando contra os extremistas que utilizam a sua rede social como recrutamento de de propagação de suas ideologias.

Via SlashGear