A Sony decidiu colocar fim à produção dos televisores XEL-1, que tanto assombrava os executivos da empresa. Ele foi um dos percussores da moda OLED, e esta tela incrível de apenas 3mm de espessura e desenho arrojado chega ao fim dos seus dias, tudo por causa do seu elevado preço e a popularização do mercado deste tipo de telas. Desde seu lançamento, no final de 2008, este Sony XEL-1 foi o objeto de desejo de muitos, mas seu valor de venda fora do Japão o transformou em mais uma peça de colecionador do que qualquer outra coisa.

Fonte