istyoutube

O bloqueio do Twitter na Turquia acabou a poucas horas, mas se você pensava que a censura acabaria por aqui, se enganou. O governo local acaba de adicionar o YouTube na sua lista de bloqueios, e segundo indica o site Webrazzi, o veto já está ativo em alguns provedores da região, enquanto que outros estão em processo de ativação.

Tudo isso vem depois de uma matéria publicada pelo Wall Street Journal, onde indicava que a Google havia recusado uma petição das autoridades turcas de eliminar da plataforma alguns vídeos que supostamente incluem gravações comprometedoras do primeiro ministro turco, relacionadas com o escândalo de corrupção que assolam o país.

Como era de se esperar, tão repentino bloqueio levantou todo o tipo de suposições, onde os internautas especulam que esta é uma clara tentativa de frear a distribuição de tais conteúdos (que já contam milhões de visualizações). Em resumo, esse assunto ainda vai render, e aguardemos pelas repercussões sobre mais essa polêmica (e estúpida) decisão do governo turco.

Via Webrazzi
Via Twitter do Wall Street Journal
Via Twitter de Mike Giglio