turing-phone

O novo Turing Phone é o primeiro smartphone a contar com a resistência do liquidmorphium, uma liga amorfa de zircônio, cobre, alumínio, níquel e prata, que reveste a sua carcaça. Com isso, o telefone pode suportar quedas sem sofrer danos ao seu corpo.

O modelo está diretamente ligado à Alan Turing, um dos pais da criptografia. Seu tráfego de dados é criptografado no próprio smartphone, que possui um provedor de certificados próprio, sem precisar passar por um servidor para que os dados cheguem ao usuário de forma segura.

O Turing Phone foi criado pela Turing Robotics Industries, e quer mostrar ao mercado um dispositivo que ofereça uma comunicação efetivamente segura. Porém, para que a criptografia seja de ponta a pota, é preciso que os dois usuários envolvidos contem com um Turing Phone. A boa notícia é que as chaves pública e privada já estão pré-instaladas, facilitando assim a sua configuração e criptografia. 

Turing-Phone2

O Turing Phone ainda conta com um leitor de impressões digitais para desbloqueio de tela, além de especificações técnicas interessantes: processador Qualcomm Snapdragon 801 de 2.5 GHz, 3 GB de RAM, 64 ou 128 GB de armazenamento, tela de 5.5 polegadas (Full HD), câmera frontal de 8 megapixels, câmera traseira de 13 megapixels (com flash LED duplo) e suporte para redes 4G nos padrões dos EUA e Europa (talvez funcione com o nosso 4G).

Turing-Phone (1)

O Turing Phone começa a ser vendido no dia 10 de agosto, com preços de US$ 740 e US$ 840 (64 e 128 GB, respectivamente). Os interessados podem se cadastrar para receber notícias sobre o dispositivo nesse link.

Via Engadget, INFO