Samsung Galaxy J2 2016 Oficial 02

No começo do mês de julho a Samsung lançou o novo Samsung Galaxy J2 2016, seu primeiro smartphone com o anel de notificações Smart Glow. Porém, este modelo só tinha esse diferencial relevante. Em toda a sua folha de especificações deixava a desejar. Por isso os coreanos lançaram um segundo modelo, o Samsung Galaxy J2 Pro.

O novo modelo melhorava os aspectos de memória, com 16 GB de armazenamento e 2 GB de RAM, além de introduzir um novo sistema de gestão de RAM, o Turbo Speed Technology (TST). Esse post mostra como esse sistema funciona em detalhes.

Assim funciona o Turbo Speed Technology (TST)

TST Samsung Galaxy J2 Pro

O Samsung Galaxy J2 Pro possui um processador Spreadtrum quad-core trabalhando com 2 GB de RAM. Especificações modestas, mas que a Samsung garante que, com o sistema TST, conseguem melhorar o desempenho sem precisar de mais recursos de hardware, carregando os aplicativos 40% mais rápido que um dispositivo com o dobro de RAM.

O primeiro passo para aumentar o desempenho foi reduzir ao máximo os aplicativos nativos que acompanham o smartphone, exigindo assim uma menor quantidade de RAM durante a sua execução. Além disso, colocar todos os apps na mesma página resulta em uma redução de recursos consumidos.

No caso da multitarefa, no lugar de ser o usuário a fechar os aplicativos em segundo plano, o TST localiza e fecha aqueles que não são utilizados, além de fechar os processos de sistema no seu Kernel. Por fim, foi melhorado o gerenciamento de memória, algo que a Samsung compara com o espaço livre que resta em um armário bagunçado, e um mais organizado.

Por enquanto, o TST só está disponível para o Samsung Galaxy J2 Pro, e não há informações se o sistema estará presente em outros smartphones da empresa. O Galaxy J2 Pro foi anunciado na Índia, mas deve ser lançado em outros mercados. Só os testes práticos poderão comprovar a eficiência do recurso.

 

Via SamMobile