WiFi

A rede WiFi é algo indispensável em nosso lar. Dela depende a conexão à internet de boa parte dos dispositivos que utilizamos todos os dias.

Sua importância é clara, e queremos que ela funcione da melhor forma possível. Mas problemas dos mais diversos podem aparecer, como áreas mortas (onde o sinal não chega), baixas velocidades e latências elevadas pelo problema de sinal.

Felizmente, há formas simples de melhorar a rede WiFi, em esforço e grandes gastos. Nesse post, damos três conselhos para isso. Os dois primeiros não exigem custos, e podem entregar bons resultados, de modo que recomendamos que tente eles primeiro antes de recorrer à terceira dica.

 

 

1. Verifique o posicionamento do seu roteador

 

A conexão WiFi tem um alcance limitado, e pode reduzir ainda mais quando enfrenta obstáculos. Quando colocamos um modem que precisa enfrentar muitas paredes, reduzimos drasticamente o seu alcance.

Para uma melhor cobertura, o roteador precisa ficar no local mais central possível. Melhor ainda se ficar em espaços abertos ou semi-abertos.

 

 

2. Use medidores de sinal e oriente bem as antenas

 

Um medidor de sinal pode ser de grande ajuda para ajustar melhor o posicionamento do roteador.

Esse tipo de aplicativo permite um deslocamento gradativo do roteador e das antenas pela casa, até encontrar o melhor posicionamento.

 

 

3. Use repetidores WiFi para amplificar o alcance

 

O último recurso é recorrer aos repetidores WiFi para ampliar o sinal. São muito fáceis de utilizar, já que eles sincronizam de forma automática e clonam nossa rede para expandir o sinal de forma simples e descomplicada.

Existem várias soluções disponíveis no mercado, muitas delas com baixo custo e alta eficiência.