8100_rft

A TP Vision revelou detalhes sobre os seus primeiros televisores Philips com Android. As séries 8100, 8200 e 8800 (esta última com resolução Ultra HD) serão os modelos que contarão com a combinação da plataforma Smart TV da Philips com a Google Play.

Os novos modelos contarão com diagonais de tela entre 44 e 55 polegadas, no caso dos modelos com 1080p, enquanto que o modelo 8800 estará disponível exclusivamente na versão com 55 polegadas. Em todas as TVs encontraremos a versão 4.2.2 (Jelly Bean) do Android.

Na parte técnica, todos os modelos contam com 3D ativo, e todos os principais recursos de melhorias de imagem da Philips: Perfect Pixel HD, 800 Hz Perfect Motion Rate (1.000 Hz no modelo 8800), Micro Dimming Pro, Local Contrast e Perfect Natural Motion. Os alto-falantes oferecem uma potência de 30 W RMS.

Entre os serviços integrados, estão confirmados alguns populares, como Spotify, Cloud TV e Cloud Explorer, com acesso aos conteúdos do Dropbox. Dependendo do mercado, Netflix e outros serviços sob demanda locais serão opcionais presentes. A memória disponível para a instalação de aplicativos é de 2.7 GB.

Televisores quad-core com Ambilight para games

650_1000_3-black_88

Para evitar problemas de desempenho na hora de executar aplicativos ou jogos, essas novas TVs da Philips são quad-core (o modelo 8800 é hexa-core, para suportar sua resolução Ultra HD). E sim, são modelos com tecnologia Ambilight de quatro lados, prontos para aplicar a mudança de luz rapidamente durante a reprodução de jogos.

Para o controle da sua interface, além do smartphone, é possível usar o novo controle remoto, que inclui sensores para gestos, assim como comandos de voz. A relação e conexão dessas novas TVs com os smartphones foi reforçada, tanto para equipamentos com Android como com iOS. Além dos aplicativos Philips TV Remote, estão presentes o Miracast e o SimplyShare.

Essas primeiras TVs da Philips com Android chegarão ao mercado europeu antes do final do segundo trimestre de 2014, mas sem preços anunciados. Também não há definição ou previsão do lançamento desses novos produtos no Brasil.

 

Via Xakata