star-fox-e3-2015

A Nintendo dificilmente decepciona na E3 2015, e mesmo que o seu catálogo de jogos esteja reduzido, de uma forma ou de outra eles conseguem chamar atenção.

Poucas surpresas, e algumas coisas mais previsíveis para os consoles Wii U e 3DS foram apresentadas. Porém, é um catálogo que busca reconquistar o público que a própria Nintendo perdeu com a chegada dos smartphones. A empresa fala do seu futuro nos consoles tradicionais, mas dando mais indícios que pode migrar para o universo mobile.

 

Starfox Zero, a transformação de um clássico

starfox-zero

Miyamoto explicou o sucesso das franquias da Nintendo com uma única palavra: transformação. Com isso em mente, temos Starfox Zero, um jogo de naves que apresenta cenários a serem explorados, onde a nave se transforma em um robô de terra, capaz de saltar e disparar.

Por um lado, temos a essência original de Starfox, combinado com elementos novos que buscam um desenvolvimento de trama que vai além de sair de um ponto inicial para ir até o chefe da fase, eliminando inimigos pelo caminho.

Pouco pode ser visto durante a apresentação, mas alguns detalhes sobre o novo Starfox foram revelados. Os gráficos parecem ser simples, ao menos nas imagens mostradas, e surpreende que a Nintendo não apostou mais alto nesse aspecto, já que estamos falando do Wii U, que tem potencial para isso.

O jogo terá integração com o GamePad, mas sem deixar claro o seu funcionamento. No que foi mostrado, sabemos que a tela do controle servirá como um espelho, e nem tanto como uma tela secundária para informações adicionais. O jogo será lançado em 2016.

 

O Amiibo é cada vez mais importante para a Nintendo

amiibo-nintnedo-

 

Os novos Amiibos da Nintendo vão funcionar com o novo game Skylanders. As figuras serão vendidas com uma aba que permitirão intercalar o seu uso entre a franquia da Activision e os demais jogos do catálogo dos japoneses onde os bonecos são compatíveis. Também estarão presentes em um novo jogo Animal Crossing para Wii, Yoshi Wooly World e uma edição especial para Super Mario Maker.

A ideia da Nintendo é que os usuários usem os Amiibos para expandir a vida de cada jogo. Veremos no futuro se isso acontece. Ao que tudo indica, o problema de demanda e produção dos acessórios foi mais ou menos solucionado.

 

Super Mario Maker, para comemorar 30 anos do bombeiro

super-mario-maker

Um novo Mario para continuar a saga. Na verdade, um crossover entre Paper Mario e a série Mario & Luigi dos portáteis. Os dois mundos se encontram para lutar contra um inimigo comum. É uma combinação um pouco rara, mas que deve dar certo para o Nintendo 3DS, com lançamento para o começo de 2016.

O Super Mario Maker é uma ferramenta para criar novos níveis, muito mais completo que na sua primeira versão. O jogo tem como objetivo ser a homenagem perfeita para os 30 anos de lançamento do Super Mario original.

Alguns detalhes foram mostrados, como alguns elementos adicionais no modo de criação e as setas misteriosas. Um novo objeto vai permitir mudar a aparência do Mario: o Link, o treinador do Wii Fit. Infelizmente, só foram mostrados os modelos do tipo NES, e não sabemos como eles vão se apresentar nas outras três camadas que o jogo possui.