Super Bowl

 

Todo mundo está falando do show da Lady Gaga no Super Bowl LI, que foi realmente espetacular.

O exército de 300 drones da Intel, o salto dela da marquise do estádio…. tudo isso na TV foi lindo. Mas nem tudo o que vimos foi tão real assim.

 

Para começar, parte daquele show nem foi realizado ao vivo.

O início da performance foi pré-gravado em um dia diferente, e só pode ser visto daquela forma por quem estava assistindo o Super Bowl LI pela TV. Quem estava no estádio viu de longe em um telão.

O motivo para isso é que as restritas leis atuais para a regulação de voo de drones nos Estados Unidos impediram de realizar tal voo coletivo naquele local e naquele momento do dia.

Por outro lado, a Intel queria evitar a todo custo que algum contratempo com o clima atrapalhasse o projeto, de modo que não houve outra alternativa para a organização que não fosse fazer tudo antes.

 


Além disso, o salto de Gaga também foi pre-produzido.

Depois do salto, é possível ver a cantora já na metade do trajeto, dando a entender que tudo estava preparado para uma descida com cordas.

Ah, sim… lamentamos por acabar com os sonhos de vocês. Mas acho que muitos de vocês já haviam sacado que haviam alguns truques

 

 


Via TMZ, The Washington PostIntel, The Verge