apple-event-2013-03

Em recente entrevista para o ABC News, o CEO da Apple, Tim Cook, tentou reforçar a transparência e credibilidade da Apple diante dos recentes problemas envolvendo a NSA.

Primeiro, Cook afirmou que é preciso ser mais transparente, deixando claro de quem e quais são os dados que serão recolhidos pela agência governamental. Também lamentou que, por enquanto, ele não pode passar maiores detalhes sobre essa “colaboração” de sua empresa para a NSA, uma vez que esse é um assunto ainda considerado “proibido”.

Mas quando foi levantada a questão do nível de acesso que a NSA possui em relação aos servidores da Apple, Tim Cook foi contundente. Afirmou que não há “backdoors” nos seus servidores, que permitiriam o acesso da agência aos dados da Apple, e que o governo dos Estados Unidos não possui acesso aos servidores da empresa. O próprio Cook afirma que a única forma do governo norte-americano obter os dados de todos os usuários é retirando os servidores fisicamente.

Por fim, Cook também falou rapidamente sobre os planos da Apple em aumentar a produção de equipamentos e componentes nos EUA. O executivo comentou sobre uma nova fábrica para a produção de cristais de safira, mas não entrou em detalhes sobre como seria o uso desse material.

Se bem que é possível imaginar um revestimento de safira na lente da câmera, ou nas telas dos próximos iPhones. Mas só o tempo vai dizer se tais teorias se concretizam ou não.

Via ABC News