tim-cook-1

Em uma das entrevistas concedidas antes da conferência inaugural da WWDC 2015 (que acontece hoje a tarde), Tim Cook falou um pouco do futuro da Apple.

O CEO falou para a Mashable, e reconheceu que a estratégia da empresa (que hoje conta com 70% do seu corpo de funcionários composto por homens) para oferecer o melhor produto passa pela aposta de uma maior diversidade. Para ele, a comunidade tecnológica precisa trabalhar muito mais para que as mulheres olhem para essa indústria com outros olhos, e percebam o quão divertido e atraente esse segmento pode chegar a ser um dia.

A carência de modelos femininos de sucesso no mundo da tecnologia é um problema presente, e a Apple no passado contribuiu para isso. É só dar uma olhada no último evento realizado por eles, na apresentação do Apple Watch. Nele, apenas uma mulher participou do evento, e não falamos de Angela Ahrendts, Lisa Jackson ou Denise Smith, executivas ‘conhecidas’ da empresa.

A única mulher presente foi Christy Turlington-Burns, uma supermodelo norte-americana, que falou sobre a sua experiência utilizando o Apple Watch (que foi basicamente quando ela praticava suas corridas diárias).

Tim Cook aprendeu a lição, e pretende resolver o problema já no evento inaugural da WWDC 2015 de logo mais, dando a entender que ele será muito mais diversificado em termos de gênero. E essa é uma excelente notícia. Não que a gente não goste de mulheres bonitas em eventos. Mas também queremos ver as mulheres inteligentes e talentosas que estão influenciando positivamente no mundo da tecnologia.

Por mais mulheres que seduzam pela inteligência. Pelas ideias. Por contribuir na inovação dos produtos que utilizamos todos os dias.

Via Mashable