E Tim Cook pede desculpas aos seus seguidores. Depois de ouvir tantas críticas por causa do Apple Maps, o CEO da Apple resolveu emitir um comunicado oficial na página da empresa, para justificar por que o seu serviço de mapas saiu do jeito que todos nós vimos. Abaixo, a tradução do comunicado:

“Para os nossos clientes,

Na Apple, nos esforçamos para fazer produtos de classe mundial que ofereçam a melhor experiência possível para os nossos clientes. Com o lançamento do nosso novo Mapas na semana passada, nós falhamos um pouco nesse compromisso. Estamos extremamente tristes pela frustração que o serviço causou aos nossos clientes, e estamos fazendo de tudo para tornar o (Apple) Mapas melhor.

Nós lançamos o Mapas na primeira versão do iOS. Com o passar do tempo, queríamos oferecer aos nossos clientes mapas ainda melhores, incluindo características como turn-by-turn, integração de voz, Flyover e mapas vetorizados. E, com o objetivo de tornar isso possível, tivemos que criar uma nova versão do aplicativo do Mapas a partir do zero.

Já são mais de 100 milhões de dispositivos iOS utilizando os novos mapas da Apple, e mais usuários se juntam a nós todos os dias. Em pouco mais de uma semana, os usuários do iOS com os novos mapas já biscaram por quase meio bilhão de localidades. Quanto mais os nossos clientes utilizam os nossos Mapas, melhor ele vai ficar, e nós apreciamos muito todos os comentários que temos recebido de vocês.

Enquanto estamos melhorando o (Apple) Mapas, você pode tentar usar aplicativos alternativos disponíveis para download na App Store, como o Bing, MapQuest e Waze, ou utilizar o Google ou Nokia Mapas, indo até os seus sites e criar um ícone em sua tela inicial para o aplicativo web.

Tudo o que fazemos na Apple visa tornar os nossos produtos os melhores do mundo. Nós sabemos que vocês esperam isso de nós, e nós vamos continuar trabalhando sem parar, até que o Mapas alcance um padrão incrivelmente alto.

Tim Cook
CEO da Apple”

O original desse comunicado, você pode conferir, na íntegra, na página oficial da Apple.