apple

 

A Apple não atualizam seus desktops desde outubro de 2015 (iMac). Temos novos portáteis sim, mas o Mac mini por exemplo não recebe mudanças importantes desde 2014. E o Mac Pro é esquecido desde dezembro de 2013. Pois bem, Tim Cook vai mudar tudo isso em 2017.

O CEO da Apple afirmou que o futuro dos computadores Mac está garantido, com “importantes desktops na rota de lançamento”.

A Apple priorizou os notebooks, por conta de uma demanda de mercado. E como consequência, negligenciou os desktops. Fato.

 

 

Os desktops fazem coisas que os notebooks não conseguem fazer

 

 

Tim Cook garante que os desktops fazem parte de sua estratégia, e que é necessário oferecer soluções mais potentes, que vão além do que os portáteis podem fazer, além de oferecerem telas maiores e com mais armazenamento. Presume-se que o iMac 5K está em dia, e tem a melhor tela do mercado.

Provavelmente teremos novos iMacs quando a Intel lançar a sétima geração dos seus processadores, algo que deve acontecer em janeiro de 2017.

Pouco podemos dizer das palavras de Cook, mas tudo indica que os iMacs serão a prioridade nas atualizações. Mesmo com soluções interessantes com o Windows 10, até agora a Apple nunca sentiu uma pressão tão forte nos desktops All in One com a chegada do Surface Studio.

 

 

Os modelos Mini e Pro devem ser descartados aos poucos, mesmo sendo plataformas com muito apelo nos seus respectivos segmentos de mercado.

É uma pena. Os dois modelos recebiam melhorias anuais por anos, até que foram esquecidos.