tim-cook-2013

Depois de apresentar os resultados financeiros financeiros do quarto trimestre fiscal da Apple em 2013, Tim Cook, CEO da empresa, respondeu a uma série de perguntas sobre os rumos que a empresa vai tomar nos próximos meses. Entre elas, uma das mais importantes era sobre a aposta de algum novo dispositivo até então desconhecido por todos.

Cook confirmou que novos produtos chegarão ao mercado no final de 2013 (já apresentados – novos iPhones, iPads, MacBooks e Mac Pro) e ao longo de 2014. Entre as opções até então especuladas, estão o relógio inteligente, mas muito apostam que outros grandes itens de eletrônicos de consumo possam ser apresentados ao longo do próximo ano, como por exemplo uma TV UHD.

Durante a coletiva, Tim Cook quis pontuar tais declarações:

Vocês viram muita coisa nos últimos dois meses. Sobre novas categorias, eles se alinharão às habilidades da Apple tanto no hardware, software e serviços em seu incrível ecossistema, e vocês verão um set de novos produtos realmente único. Ninguém tem um set de habilidades parecido. Obviamente, acreditamos que podemos utilizar essas habilidades para criar outros produtos que estão em categorias que representam áreas onde não estamos presentes nesse momento. Estamos muito confiantes nisso.

Cook reforçou que o iPhone 5c nunca foi um telefone de baixo custo. “Nunca foi nossa intensão, sinceramente. Nosso iPhone de baixo custo é o iPhone 4s”, afirmou o executivo. Para a Apple, o iPhone 4 funcionou bem durante o ano passado como telefone acessível, e eles esperam que o 4s repita esse sucesso em 2014.

O executivo também falou sobre o iPad, mas as notícias não são tão animadoras. “Não sabemos se teremos unidades suficientes para o Natal. Nunca se sabe se podemos atender essa demanda até que as vendas comecem”, afirmou Cook. Os rumores sobre a escassez de unidades do iPad mini Retina são grandes, muito por causa dos problemas de produção. Ou seja, se você quer um iPad novo (mesmo que seja importado), é melhor correr.

Por fim, uma informação bônus para vocês.

MacOsXMavericks

O CFO da Apple, Peter Oppenheimer, confirmou no mesmo evento de apresentação do relatório financeiro da empresa, que as futuras versões do sistema operacional OS X seguirão gratuitas. O movimento coloca mais lenha na fogueira e, principalmente, mais olharesm em cima da Microsoft, que ainda cobra pela atualização para o Windows 8.1 (dos usuários que não atualizaram para o Windows 8 em 2012 – para quem já tem o Windows 8, a atualização é gratuita).

Oppenjeimer também confirmou que as atualizações do iWorks e iLife também permanecem gratuitas, e novas cópias dos softwares estarão disponíveis sem custo adicional para qualquer um que comprar um computador Mac ou um dispositivo com iOS.

Via Gadgetos, TechCrunch