650_1000_lg-chem

LG levou um tempo trabalhando na sua tecnologia de tela OLED flexível, e agora apresenta a segunda geração de sse item, que traz como principal novidade a aposentadoria do cristal para adotar o plástico. Com isso, a capacidade de dobra dessa tela aumentou em 30 mm no seu raio, evitando assim que ela se quebre mesmo se aplicada uma força excessiva sobre a mesma.

A LG não adotou o plástico de imediato no desenvolvimento dessas telas pelo fato de que o desenvolvimento com o cristal era fundamental para ter a tecnologia pronta para manter os mesmos níveis de eficiência e luminosidade, além do índice de reprodução cromática.

Para superar esse obstáculo, eles utilizaram uma tecnologia de encapsulação que permite que essas telas OLED obtenham uma eficiência de 60lm/W, 5 lm de brilho e cor de temperatura de 3.000 graus Kelvin com um índice de reprodução cromática acima de 85.

650_1000_lg-chem-1

A fábrica que a LG vai fabricar essas telas está pronto para criar amostras com as especificações já descritas, como também para criar grandes remessas de telas OLED com um tamanho de 320 x 320 mm, e espessura de 0.88 mm. Sua produção inicia no primeiro trimestre de 2015, com um preço de US$ 680, mas o valor pode ser menor em função do volume maior de pedidos.

Via OLED Display News