ftrtodfbuytuqxcmvazj

O salto da Apple para as telas maiores está despertando várias dúvidas em muitos usuários: vale a pena um smartphone com uma tela gigante, como o iPhone 6 Plus? Quais são as vantagens e desvantagens desse tamanho diante dos modelos menores? Qual modelo devo comprar? Ok, esse post levanta alguns pontos que podem te ajudar a decidir.

O iPhone 6 Plus não é o primeiro phablet do mercado. A Samsung foi a primeira a apostar nas telas maiores, e todos os fabricantes decidiram seguir os coreanos (sim… isso mesmo… inclusive a Apple). O tamanho do iPhone 6 Plus é similar ao de outros phablets, e deixando de lado as diferenças evidentes dos sistemas operacionais, a usabilidade dos smartphones com tela grande é mais ou menos a mesma. Isso é o que você deve ter mais em conta.

 

O que uma tela maior oferece?

yrovuj43gezk7xvusion

Uma tela de 5.5 polegadas ou similar faz com que tudo seja exibido em um tamanho maior, e isso é algo óbvio de se dizer nesse post. Em alguns casos, ridiculamente grande. A boa notícia é que a resolução Full HD do iPhone 6 Plus ou superior em outros modelos, como no Galaxy Note 4 (2560 x 1440 pixels) faz com que você vez mais informação, com maior nitidez. Ou seja:

– Você pode ver mais conteúdo de uma única vez ao navegar na web
– Você tem mais espaço nas redes sociais, mais linhas de atualizações no Facebook e Twitter (e outros apps sociais)
– Filmes, fotos e vídeos ficam muito maiores (e melhores) em uma tela desse tamanho
– Os jogos passam a ter controles muito maiores e mais cômodos
– Navegar pela tela touch, tocar em vários links, digitar… em geral, tudo isso é mais confortável de se fazer, minimizando os erros.

 

Vantagens e desvantagens

Além da tela, o corpo maior de um phablet tem vantagens e desvantagens que você deve levar em consideração.

 

Vantagens

– Um smartphone maior possui uma bateria maior. Os smartphones Android com grandes telas contam (na maioria dos casos) com uma autonomia de uso muito boa, e é justo pensar que isso também vai acontecer com o iPhone 6 Plus
– Maior comodidade de utilizar com as duas mãos. Para muita gente, teclar ou navegar pela internet em um smartphone em modo paisagem ou utilizando as duas mãos é a melhor forma de uso

 

Desvantagens

– São grandes demais para serem transportados na maioria dos bolsos. Impossível transportá-los quando se usa uma calça jeans mais justa
– Por serem maiores, pesam mais, e isso pode incomodar. Sem mencionar que, apara muitos, usar na orelha um dispositivo que lembra uma prancha de surf (ou uma  havaiana, como cansei de ouvir por anos) é algo muito ridículo.
– Se a bateria dura mais, ela também precisa de mais tempo para ser recarregada. Alguns se acostumam, mas é algo que todos precisam levar em conta
– Você não quer carregar um phablet no braço para medir os seus exercícios ou corridas diárias, quer? Duvido!

São grandes demais para serem usados com uma mão?

w9gxkamdh30mkxs6l0xi

Sim, são grandes demais. Mas nem tudo está perdido. A maioria dos phablets Android já contam com modos de software para serem utilizados com uma única mão, seja dividindo a tela em duas, ou comprimindo os apps e conteúdos. A Apple segue a mesma ideia com o iOS 8 para o iPhone 6 Plus, que agrupa todos os ícones da parte superior da tela na parte inferior, de modo que você possa utilizar de forma mais cômoda com uma mão.

De qualquer forma, pense em quanto tempo você utiliza hoje o seu smartphone com apenas uma das mãos. A maioria das vezes precisamos usar as duas. A não ser que o seu dispositivo seja um modelo de 4 polegadas ou menos, quase sempre acabaremos utilizando as duas mãos em muitas situações. Logo, a mudança não é tão drástica assim.

 

A melhor forma de saber se um phablet foi feito para você

mj0inhjztf3ooaubjqmi

Por fim, a decisão depende dos seus gostos pessoais e do tamanho de sua mão. Sobre o segundo item, há uma forma muito simples de saber se você vai se acostumar com um phablet: basta você imprimir e recortar este desenho do iPhone 6 e iPhone 6 Plus em tamanho real, colar o desenho em uma cartolina (ou cartão), e testar por algumas horas. Você não vai ter uma ideia de peso ou espessura, mas ao menos se orienta sobre o tamanho do produto.

Outra forma inteligente é medir a distância entre a base da palma da mão e a ponta do seu dedo mindinho. Se o telefone tiver uma distância maior que esses dois pontos, provavelmente esse modelo será grande demais para você. Faça o teste, e leve em conte todos os fatores citados antes, e a decisão final será muito mais simples de ser tomada.