Andy Barry é engenheiro do departamento de inovação da NASA. E, como lhe pagam muito bem para inovar, ele resolveu fazer isso, decidindo fabricar com apenas uma webcam e um laser, um sistema de escaneamento tridimensional, para fazer par à já existente impressora 3D.

Onde está o truque? Simples: o laser realiza uma marca na superfície do objeto enquanto que a câmera registra onde está o perto e o longe de cada ponto da imagem escaneada. Uma vez compilados todos os dados, um computador faz o cálculo da grossura do objeto e sua forma. Nas palavras do inventor, o produto chega ao mercado no começo do outono (hemisfério norte), com preço de apenas US$ 200.

Fonte