Se você usa a bicicleta no seu dia-a-dia, certamente usa um capacete. E sabe que, quando se sofre um acidente, e o capacete leva algum golpe, ele deve ser substituído imediatamente. Mas, como sempre, tem muita gente que se esquece disso, ou fica simplesmente omissa à troca. Por causa destas pessoas, um grupo de pesquisadores do instituto alemão Fraunhofer desenvolveram um material que foi incorporado em micro-cápsulas, com um azeite malcheiroso, que libera o odor quando a cápsula é rompida. A ideia, como você pode imaginar, é que quando o capacete da bicicleta se danificar, ele cheire tão mal que você não tenha outra alternativa a não ser trocá-lo.

Fonte