A TCL Corporations, que detém marcas como Alcatel, BlackBerry, Thomson ou IKEA, pode trazer de volta a marca Palm em 2018.

A Palm foi uma das referências no mercado de mobilidade entes da era iPhone. Os míticos Palm Pilot PDA foram os percursores dos smartphones modernos.

Mas o tempo passou, e a Palm teve o mesmo fim de marcas como Nokia, BlackBerry e Motorola após a chegada dos smartphones. A empresa até tentou com o webOS, mas acabou sendo vendida para a Hewlett-Packard em 2010, que por sua vez vendeu o webOS para a LG em 2014, e a marca Palm terminou nas mãos da TCL.

 

 

Um novo dispositivo Palm com Android deve aparecer no mercado em 2018, algo lógico uma vez que o webOS não tem uma comunidade de desenvolvedores tão atuante. Vale lembrar que o sistema operacional foi licenciado pela HP como Open Source, e que ele já foi visto em desktops como sistema x86.

A Palm não deve voltar tal e como conhecíamos, mas vamos ver do que a TCL é capaz de fazer.