webcam-tampada

Faz algum tempo que sabemos que acessar a webcam ou o microfone dos nossos dispositivos deixou de ser algo simples. Os trojans especializados para espionar as câmeras (ou creepwares) são cada vez mais populares. Mas existe um método simples de evitar o problema: tampar a webcam de nossos dispositivos.

Chema Alonso, especialista em segurança, é quem dá o aletra, mas parece que até entre a comunidade de segurança em informática essa prática não é tão utilizada quanto parece. Uma recente pesquisa revela que um terço dos especialistas não tampam a sua webcam, e há diversos motivos para eles não fazerem isso.

A SecurityByDefault analisou os dados dessa pesquisa realizada com especialistas e entusiastas no campo da segurança de tecnologia presentes em fóruns especializados, canais IRC dedicados ao assunto ou listas de e-mails da RootedCON. Dos 100 entrevistados, 67 seguiam o conselho de tampar a webcam, mas surpreendentes 33% não faziam isso.

webcam-smartphone

Os argumentos utilizados são que, entre outras coisas, o microfone era ainda mais importante que a câmera, que não é uma ameaça séria por uma razão simples: tapar a câmera impediria a localização de um possível ladrão.

Nessa última circunstância, é provavelmente a desvantagem clara desse tipo de opção, já que efetivamente se roubarem o nosso dispositivo, será impossível tirar uma foto ou gravar um vídeo do ladrão com as ferramentas que alguns usuários utilizam nesses casos.

Essa proteção dos nossos dispositivos é ainda mais escassa nos smartphones: 91% dos entrevistados não protege os seus dispositivos tampando as câmeras (ou ao menos a câmera frontal). Nesses casos, é certo que a maioria das vezes o smartphone está no bolso ou o campo de visão não parece ser muito útil, mas ainda assim os especialistas seguem advertindo do perigo que esses acessos remotos podem ter.

Há várias formas de tapar as câmeras dos nossos dispositivos. Um simples adesivo resolve o problema, mas existem acessórios de todo o tipo disponíveis nos rincões da internet.

Também é possível desconectar as webcams USB dos desktops, ou desabilitá-las na BIOS ou no sistema operacional. Esses últimos métodos também podem ser úteis para desativar o funcionamento do microfone nos desktops e portáteis. No caso dos smartphones, isso é um pouco mais complicado, onde o acesso aos componentes não estão tão ao alcance dos usuários.