Arquivo para a tag: xone

Dia do Consumidor | Xbox One, por R$ 1.699 (19-03-2014)

by

xbox-one-bundle-01

Oferta com tempo limitado para a data indicada no título desse post (ou enquanto durarem os estoques do e-commerce).

O console Xbox One, com 500 GB de armazenamento, leitor de Blu-ray + Novo Sensor Kinect + Headset com Fio + Novo Controle Wireless + Cabo HDMI está com o preço promocional de R$ 1.699, com opção de pagamento no boleto bancário, ou R$ 1.931, para pagamento via cartão de crédito, com parcelamento em até 12 vezes sem juros.

Para comprar esse produto no TargetHD, clique no banner no final do post (ou nas imagens que ilustram essa publicação).

xbox-one-bundle-02 xbox-one-bundle-03

04-botao-clique037-180.jpg

Fim do mistério? Xbox One será fabricado no Brasil, segundo homologação da Anatel

by

new-xbox-one

A homologação do Xbox One na Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) pode ajudar a solucionar o mistério do PlayStation 4 a R$ 3.999. Segundo a documentação vazada do órgão regulador brasileiro, o console da Microsoft foi homologado em 8 de outubro de 2013, e de acordo com as imagens vinculadas aos documentos do console, e será montado no Brasil.

Os documentos de homologação são públicos (o link para consulta está disponível no final do post – código 3090131569, na área Número de Homologação), e o registro comprova que a Microsoft do Brasil deu entrada no pedido de aprovação do produto. Quem vai montar o Xbox One por aqui será a MASA da Amazônia, e mesmo sem contar com uma produção local, o simples fato de montar o produto por aqui já garante o selo de “Fabricado no Brasil” e, por consequência, garante algumas isenções fiscais que afetam diretamente no preço final do produto.

É fundamental lembrar que, em julho, a Microsoft afirmou que a primeira leva do Xbox One seria importada, com a produção nacional do console prevista para começar apenas em 2014. É claro que os planos podem ter mudado, mas particularmente acredito que isso não mudou. O que pode também ocorrer é o simples fato dos planos serem os mesmos, e a própria Microsoft já ter subsidiado a primeira leva vinda de fora do Xbox One (e eles tem bala na agulha para isso), e  quando a produção local começar, o seu preço se manter inalterado, já com todas as isenções fiscais aplicadas.

xbox-one-made-in-brazil

A Microsoft se recusa a comentar o assunto, e promete dar maiores esclarecimentos durante a coletiva de imprensa na Brasil Game Show 2013, prevista para acontecer na próxima sexta-feira (25).

De fato, com essa informação em mãos, as coisas mudam um pouco de figura, e de forma favorável para a Sony. Isso explica em partes a gritante diferença do preço, já que a Microsoft simplesmente deixa de pagar alguns impostos locais para ofertar o produto no Brasil. Também confirma que o preço do Xbox One é realmente caro demais, ainda mais se considerarmos que o Xbox 360 custa hoje R$ 800 no seu preço inicial sugerido.

Por outro lado, revela também que a Microsoft já tinha um plano bem adiantado para fabricação do console no Brasil, algo que a Sony ou não fez, ou não tinha planos para fazer tão já. E, mesmo assim, se retirarmos os impostos relativos à importação do PS4, e os incentivos fiscais para a produção nacional, o console dos japoneses ainda custa mais caro que o Xbox One, mesmo custando US$ 100 a menos.

Em resumo: a Sony ainda precisa se explicar. Vamos esperar pela coletiva de amanhã (24) para saber o que eles podem falar sobre o assunto.

Via Meio Bit, Anatel, G1

Xbox One tem lançamento marcado para 22 de novembro

by

xbox-one-date

Em comunicado oficial, a Microsoft confirma que o Xbox One começa a ser vendido nas lojas dos países que receberão o console nessa primeira fase de vendas a partir do dia 22 de novembro. Com isso, a gigante de Redmond já tem tudo pronto para o lançamento do console, até porque essa era a última grande informação que faltava ser revelada.

Nos Estados Unidos, o Xbox One será vendido a US$ 499 (na Europa, 499 euros), enquanto que no Brasil, o seu preço sugerido é de R$ 2.199. A maioria dos mercados mundiais terão que esperar até 2014 para receber o produto. Os únicos países onde o console começa a ser vendido em 22 de novembro são: Alemanha, Austrália, Áustria, Brasil, Canadá, Espanha, Estados Unidos, França Irlanda, Itália, México, Nova Zelândia e Reino Unido.

Vale lembrar que alguns e-commerces nacionais ainda estão realizando a pré-venda online do produto, e divulgando o início dos envios das unidades para o dia 30 de novembro. Ou seja, vale a pena ficar de olho para saber se essa data será alterada.

Via Major Nelson

Microsoft reduz de 21 para 13 o número de países que vão receber o Xbox One em novembro

by

xbox-one

O Xbox One está se tornando uma grande novela para a Microsoft. Mais uma munição para os críticos do console foi entregue hoje (14), através do anúncio oficial dos mercados que vão receber o novo console da empresa no ato do seu lançamento, previsto para o mês de novembro. A novidade é que o número de países que receberão primeiro o XOne caiu de 21 (número este anunciado no evento da empresa na E3 2013) para apenas 13 países.

Em um comunicado no blog oficial do produto, a Microsoft informa que o número de 21 países é um objetivo muito agressivo, e que eles estão trabalhando duro para entregar o produto em um maior número de mercados possível. Porém, a prioridade da empresa é atender a demanda inicial dos principais mercados, e por conta disso, eles reduziram o número de países onde o console estará disponível no ato do seu lançamento.

Os países que vão receber o Xbox One em novembro são: Austrália, Áustria, Brasil, Canadá, França, Alemanha, Irlanda, itália, México, Espanha, Reino Unido, Estados Unidos e Nova Zelândia. Ficaram de fora: Bélgica, Dinamarca, Finlândia, Holanda, Noruega, Rússia, Suécia e Suíça, que devem receber o console “o mais breve possível” em 2014.

Alguns dos fatores alegados pela Microsoft para a indisponibilidade do lançamento do Xbox One nos mercados que ficaram de fora incluem o processo de localização dos consoles (tradução da interface de usuário, incorporação de vozes e idiomas, etc), além do desenvolvimento de aplicativos e conteúdos locais de parceiros da empresa.

Mesmo que o problema não atinja o Brasil, é importante ressaltar que essa mudança da Microsoft é uma falha de planejamento, onde tudo indica que a procura parece ser maior que a demanda. É claro que os motivos apresentados pela empresa são bem razoáveis, mas se eles querem fazer o console dar certo, esses pequenos lapsos precisam parar de se repetir.

Via Blog Oficial do Xbox (Microsoft)

Será mesmo possível o Xbox One vender até três vezes mais que o PlayStation 4?

by

xbox-one

Antes de qualquer coisa, quero deixar bem claro para os leitores com mente mais fraca (denominados fanboys): esse é um texto muito mais informativo do que opinativo. Vou dar minha opinião em algum momento nesse texto? Sim. E daí? Mais importante do que rogar praga em mim é xingar os analistas que fizeram as declarações que você vai ler nesse post. Além disso, vê se perde o seu tempo lendo esse post antes de formular uma opinião. De gente preguiçosa, que julga texto por um título ou foto, eu estou de saco cheio.

Estamos conversados? Ótimo!

Um posto publicado pelo site Game Industry está dando o que falar. Segundo analistas de mercado (veja bem, seu mentecapto: não sou eu, são os “analistas”), as vendas do Xbox One, que chegará ao mercado no final do ano, podem superar em até três vezes as vendas inicias da nova geração de console da Sony, o PlayStation 4. As últimas mudanças na política de uso do novo console da Microsoft devolveriam (na teoria) as vantagens do XOne em relação ao PS4.

Por partes. Lá fora (no Brasil o cenário é um pouco diferente), a popularidade do Xbox One foi recuperada, depois de tantas trapalhadas anunciadas pelos executivos da Microsoft durante a E3 2013. Na ocasião do evento de games norte-americano, o PlayStation 4 soube capitalizar muito bem em cima das restrições anunciadas pela Microsoft. Porém, com as modificações realizadas na política do Xbox One, já vemos os resultados práticos no movimento de pré-venda, uma vez que em muitos mercados importantes, o XOne está simplesmente esgotado.

Ainda que se espere que oferta inicial seja menor que a procura nos dois consoles no ato do seu lançamento, as principais redes varejistas estão certas que o Xbox One sairá como vencedor nas vendas inicias. A própria Microsoft confirma que, nesse momento, o volume de pré-vendas do novo console é superior ao do Xbox 360. OU seja, sem chegar ao mercado, o Xbox One já é o console mais vendido do planeta. Mas isso, na teoria.

Aí você me pergunta: “mas o PlayStation 4 custa US$ 100 a menos, e US$ 100 são US$ 100…”. Eu sei. Vamos falar disso agora.

A diferença de US$ 100 entre os dois dispositivos parece não fazer muita diferença para os consumidores em geral (de novo: baseado no desempenho de vendas lá fora; no Brasil, isso pode ser bem diferente, uma vez que o perfil de consumo e o cenário econômico do país possui as suas peculiaridades). A grande maioria dos compradores do Xbox One começaram a compreender a importância de ter um dispositivo como o Kinect em casa, que é o que justifica (em partes) a diferença de US$ 100.

Por enquanto, tudo indica que a Microsoft conseguiu se salvar do desastre, realizando as mudanças nas suas políticas de internet ou de jogos usados. Caso contrário, esse post não teria motivos para ser escrito.

Também devemos considerar a possibilidade da Microsoft reduzir o preço do Xbox One para se aproximar do valor do PlayStation 4, através de promoções e packs econômicos, algo que já acontece com o Xbox 360, ofertando controles de forma gratuita no pacote de venda, cartões de descontos na Xbox Live Gold ou jogos de graça.

Minha opinião sobre tudo isso?

Analistas podem errar. Isso é fato. Já erraram antes. Mas… até o presente momento… você já conseguiu fazer a compra antecipada do PlayStation 4? Sabe qual é o preço oficial do console da Sony no Brasil? Pois é: nesse período que você está pesquisando no Google as respostas dessas perguntas, a Microsoft está capitalizando na pré-venda do Xbox One, e essa já é uma vantagem nas vendas.

É evidente que no Brasil o cenário pode ser outro. Os US$ 100 a menos podem se refletir diretamente no valor do PlayStation 4, e isso pode fazer com que o console da Sony seja o dominante. E, pelo o que observei nas redes sociais, nem mesmo todas as mudanças feitas pela Microsoft nas políticas do Xbox One convenceram os gamers brasileiros que eu sigo no Facebook e no Twitter que a proposta da Microsoft é mais interessante. Principalmente se levarmos em conta as restrições técnicas que ainda estarão presentes no XOne (principalmente a compatibilidade com os serviços de TV por assinatura).

Mas as palavras dos analistas são apenas exercícios de futurologia, por enquanto. Tudo isso pode mudar a longo prazo. Chama a atenção a própria Microsoft afirmar que o Xbox One vende hoje mais que o Xbox 360, sem o console sequer chegar ao mercado. Mas vamos esperar para ver. Só o tempo vai dizer qual plataforma será a dominante. A única coisa que sabemos é que o Xbox One largou na frente (é o que diz as evidências).

Com informações do site Game Industry