Arquivo para a tag: symantec

74% dos brasileiros compartilham informações pessoais em ambientes móveis

by

android-nexus5-seguranca

A pesquisa da Symantec, Norton Mobile, aponta que 74% dos brasileiros cedem diversos tipos de informações, como por exemplo, sua geolocalização, contatos, fotos, senhas, pacote de dados do aparelho, que podem ser usadas pelos criminosos digitais em busca de ganho financeiro.

Até mesmo os aplicativos legítimos podem apresentar brechas de segurança, que são aproveitadas pelos malfeitores. O estudo também traz que os brasileiros estão preocupados com as golpes e armadilhas digitais no mundo móvel. Do total dos entrevistados, 63% se preocupam com vírus ou malware. No Brasil, este número cresce para 89%.

Apesar disso, em sua grande maioria, os usuários desconhecem quais informações estão cedendo aos desenvolvedores de aplicativos, comprometem sua própria privacidade e colocam-se em risco.

Este cenário acontece pois, muitos dos usuários que mais se preocupam com a privacidade móvel são os que menos tendem a tomar precauções para se proteger – tudo em troca de downloads gratuitos de aplicativos.

Além disso, a pesquisa também inclui que:

· 81% dos entrevistados não sabe que aplicativos podem modificar seus favoritos no celular;

· 75% não sabe que permitem o acesso à câmera e microfone do smartphone;

· 38% está disposto a permitir que os aplicativos usem mais a bateria para obter um aplicativo gratuito;

· 45% sabe que estão cedendo a localização de seu aparelho aos desenvolvedores;

· 1 em cada cinco consumidores permite que um aplicativo controle o quanto usa de seu pacote de dados.

Muitas das ameaças móveis atuais estão localizadas em aplicativos para smartphones e tablets. Globalmente, são mais de 3 milhões de aplicativos maliciosos e 8 milhões que podem expor a privacidade dos dados. Por isso, é necessário saber que, quando se trata de aplicativos, a palavra ‘grátis’ raramente vem sem um custo. Os dados pessoais se tornam a moeda de troca e como a maioria dos usuários não sabem das vantagens e desvantagens de privacidade online, acabam por expor suas informações.

Para mais informações sobre a pesquisa Norton Mobile, acesse o site da Symantec.

Via assessoria de imprensa

Symantec alerta para possíveis implicações de segurança nos novos dispositivos Android

by

android-robots

Os especialistas da Symantec realizaram uma análise sobre as potenciais implicações e oportunidades de segurança que acompanham as tecnologias apresentadas.

o Android em todos os lugares. A tecnologia por trás do aumento de dispositivos conectados (como TVs, smartwatches, carros, smartphones e tablets) demandam o desenvolvimento de aplicativos mais flexíveis para a adaptação a um novo contexto capacitado por voz, no sistema operacional Android – plataforma que é historicamente conhecida por apresentar problemas de segurança.

o Automação. Com o maior grau de automação que vem com os aparelhos wearables (dispositivos que podem ser vestidos como roupas e acessórios), também há um risco maior de que o aparelho possa ser enganado para efetuar uma ação não desejada ou maliciosa.

o Reinventar a segurança. Os aparelhos na Internet das Coisas (IoT) também apresentam algumas oportunidades para reinventar os protocolos e segurança existentes, com novos recursos como o “desbloqueio pessoal” do Google, que oferece uma proteção mais automatizada, com base em contexto. Estes avanços são bem vindos, uma vez que a apatia dos consumidores quanto à segurança em aparelhos móveis é alta – segundo o Relatório Norton, 50% dos usuários ainda não utilizam medidas de segurança básicas como o uso de senhas em seus aparelhos.

o Eu quantificado. Semelhante ao HealthKit da Apple, o Android Fit do Google oferecerá um local central para que os aparelhos e aplicativos de rastreamento de métricas da vida possam armazenar seus dados.

o Um olhar para o futuro. É difícil encontrar uma solução acessível para este dilema, já que deve haver equilíbrio entre a facilidade de uso, juntamente com a segurança e a privacidade do dispositivo. Estes equipamentos permitem pedir e pagar uma pizza em vinte segundos por meio do smartwatch, mas também estão mais vulneráveis a exposição dos dados.

Para reduzir e evitar a exposição dos dispositivos, a Symantec oferece as seguintes dicas de segurança:

o Antes de usar qualquer dispositivo novo certifique-se de que ele esteja atualizado e não esqueça de alterar as senhas ou recursos de autenticação, para modificar os ajustes de fábrica.

o Escolha uma senha de segurança forte e diferentes em todos os seus dispositivos conectados.

o Verifique a política de privacidade da empresa (e certifique-se que eles dispõem de uma).

o Antes de instalar novos aplicativos, assegure que estes são baixados a partir de uma fonte segura.

o Confirme as permissões quando instalar aplicativos associados, já que estas podem solicitar acesso a diversas partes do seu telefone como seus contatos, GPS ou redes sociais.

Para mais informações, acesse o conteúdo relacionado ao tema no blog da Symantec, ou entre em contato para conversar com algum dos especialistas da empresa sobre o assunto.

Via assessoria de imprensa (Symantec)

Symantec fala sobre o maior ataque online russo da atualidade

by

symantec_logo_700

Ontem (06) foi publicada uma notícia sobre uma rede de criminosos russos que acumulou a maior coleção de senhas roubadas na Internet. Ao todo, mais de 1 bilhão de informações pessoais, como nomes de usuários, senha e mais de 500 milhões de endereços de e-mail, foram furtados na Web. Com base no número de registros, este incidente é considerado a maior violação de dados relatado até o momento.

Symantec identificou que os riscos desse ataque para os consumidores estão no potencial roubos de credenciais e na instalação de malwares em seus equipamentos conectados à Internet. Já para as empresas, existe a possibilidade da abertura de vulnerabilidades em sites e servidores de FTP, que podem levar ao acesso não autorizado a bancos de dados da organização.

Abaixo, a empresa lista os principais debates acerca do tema:

  • Senhas no ambiente mobile – Há uma necessidade urgente para que as empresas considerem a autenticação sem senha, uma vez que essa tecnologia é pouco segura e difícil de usar em dispositivos móveis.
  • BYOA e Biometria – O Bring Your Own Authenticator (Traga seu próprio autenticador, em tradução livre) irá se tornar cada vez mais comum no ambiente de trabalho. O aumento do uso de smartphones como dispositivos “always-on”, com biometria embarcada, fez com que as soluções de autenticação sem senha (mais convenientes e seguras) sejam tratadas como realidade.
  • O que vem a seguir – Um futuro sem senhas e a ascensão de autenticação de dois fatores contínua e transparente se tornam tendência. A Symantec desenvolveu uma tecnologia segura e intuitiva, que permite aos usuários acessarem um portal corporativo sem inserir senhas.

Para se prevenir, a Symantec recomenda sempre utilizar senhas únicas e fortes e nunca repeti-las em mais de um website. Além disso, usar tecnologia de autenticação de dois fatores (caso disponível) e considerar o uso de um gerenciador de senhas, como o Norton Identity Safe pode, também, proteger as informações.

Via assessoria de imprensa (Symantec)

Symantec lança no Brasil o “Hacker do Bem”, um novo programa de cyber segurança

by

symantec_logo_700

O internauta brasileiro está cada vez mais conectado. Hoje, temos mais tablets, smartphones, desktops e eletrônicos conectados distribuídos no mercado, e por consequência disso, um número maior de pessoas que passam a correr riscos de vulnerabilidades de dados, todos os dias, e das mais diferentes formas. Pensando nisso, a Symantec, que é líder no fornecimento de proteção da informação, decidiu contar com a ajuda de hackers para tornar os seus serviços mais eficientes.

Calma! Não precisa ficar preocupado, acreditando que a empresa foi para o “lado negro da força”. Eles lançaram uma iniciativa voltada à cyber segurança no Brasil, chamada “Hacker do Bem”. O programa é realizado em parceria com a Roadsec (Roadshow de Segurança da Informação, que acontece em 12 cidades brasileiras), e tem como principal objetivo educar a conscientizar os usuários com diferentes níveis de conhecimento em tecnologia sobre a importância de proteger os seus dados e informações online, utilizando a base de dados dos diversos estudos e relatórios feitos pela Symantec.

Além de formar uma comunidade conectada que sabe se proteger das ameaças online, o “Hacker do Bem” também tem como objetivo identificar e reconhecer jovens talentos no segmento de segurança tecnológica. O projeto é direcionado para estudantes e colaboradores de tecnologia, e durante os eventos de road show, os participantes vão passar por competições do tipo “capture the flag” (ou “pegue a bandeira”), onde o objetivo é penetrar um sistema computacional que supostamente está protegido.

Nesse caso, não só são avaliadas as capacidades de violar os computadores, mas também as soluções propostas para evitar tais ameaças. Com a crescente onda de ataques, roubo e vazamento de informações consideradas altamente sigilosas, empresas e usuários de tecnologia precisam não só serem conscientes sobre o quão importante é proteger os seus dados da forma correta, mas principalmente aprender a ter uma rotina de segurança online.

Para obter mais informações sobre como participar do projeto “Hacker do Bem”, clique aqui.

 

Artigo patrocinado

banner-publi-targethd.jpg

Equipe de Desenvolvimento da Symantec Elabora Proteção Otimizada Contra Ameaças Móveis

by

symantec_logo_700

A Symantec anuncia a realização de uma força-tarefa em prol do desenvolvimento de soluções de gerenciamento de mobilidade corporativa. O foco dado foi na proteção de dados corporativos no ambiente mobile (dispositivos, armazenamento na nuvem e manipulação de documentos em trânsito), visando um acesso seguro aos aplicativos e dispositivos. A iniciativa também otimiza a capacidade a administração do acesso, criptografia e previne a perda de dados.

A iniciativa aperfeiçoou a administração de dispositivos móveis, o empacotamento de aplicativos e a proteção contra ameaças e apps de clientes de e-mail e navegadores, combinando em uma única solução de gerenciamento mobile corporativo. Com isso, os funcionários passaram a contar com ferramentas necessárias para aumentar a produtividade com os dispositivos móveis sem deixar de contar com a proteção para os dados mais críticos da sua empresa.

Só no ano passado, 552 milhões de identidades foram expostas na internet, de acordo com o ISTR (em 2012, esse número foi de 93 milhões).

A Integração de Segurança Norton Mobile é uma das melhorias apresentadas. O sistema combina o App Center e o Norton Mobile Security para oferecer um sistema único, que oferece o controle a proteção de antivírus nos aparelhos, protegendo usuários do Android contra malwares móveis, vulnerabilidades à privacidade, freewares e sites fraudulentos. Além disso, a Symantec investiu nas melhorias do Symantec Sealed Program (tecnologia de empacotamento de aplicativos, que auxilia no gerenciamento de apps de terceiros licenciados e corporativos) e no Gateway de e-mail, APS de parceiros e Proxy de Apps de segurança.

De forma paralela, a Symantec oferece o Norton Mobile Insight, ferramenta que processa 10 mil novos aplicativos a cada 24 horas, oferecendo a análise dinâmica desses softwares em mais de 200 lojas de aplicativos. Por fim, a tecnologia Push Authentication da Symantec para o serviço de Validação e Proteção de Identidade, que remove a necessidade de inserção manual do PIN para acessar uma conexão VPN também está disponível, além do Norton Spot, que é um aplicativo Beta que oferece informações sobre potenciais ameaças aos aplicativos Android antes de um eventual download.

Via assessoria de imprensa (Symantec Brasil)

Metade dos usuários de smartphone dormem com seus aparelhos, aponta estudo da Norton

by

smartphone-cama

Atualmente, o relacionamento entre os consumidores e os seus equipamentos móveis, principalmente smartphones, ficou mais pessoal do que nunca. O Norton Report 2013, estudo da Norton, marca da Symantec, revela que o 50% dos pesquisados dormem com seus telefones ao alcance das mãos. Cerca de 25% consultam seus dispositivos durante um jantar com amigos e 49% se aborrecem caso esqueçam o seu celular depois que saiu de casa.

Em meados da década de 80, quando os PCs começaram a sua trajetória de popularização nos lares mundo a fora, esta relação dos usuários com os seus equipamentos não era tão intensa e próxima. Neste sentido, hoje, as pessoas estão mais cientes dos perigos online para computadores e seguem à risca precauções para protege-los das ameaças digitais. 70% dos entrevistas utilizam uma solução de segurança em seus computadores, é o que aponta o relatório da Norton.

Porém, quando ingressam no ambiente móvel, os usuários ainda não tomam as medidas básicas de segurança digital: quase metade dos brasileiros (47%) não tem conhecimento da existência de soluções de segurança para smartphones e tablets. Além disso, não usam nenhum método de proteção dos dispositivos móveis, como senhas e software de segurança ou realizam backup de arquivos.

Neste contexto, os smartphones e tablets devem ser vistos como mini-computadores que possuem dados pessoais e sigilosos armazenados, o principal ativo de interesse dos criminosos virtuais. Ao todo, no Brasil, 57% dos internautas móveis foi vítima de algum tipo de crime online a partir de celular conectado à Internet. Clique aqui e acesse o infográfico que a Symantec elaborou sobre o Norton Report 2013 (atenção: arquivo em PDF).

O relatório completo pode ser conferido nesse link.

Norton lança no Brasil as versões 2013 do Norton 360, Norton Internet Security e Norton Antivirus

by

Em evento realizado hoje (4) em São Paulo, a Norton by Symantec apresentou as mais recentes versões de seus principais produtos dedicados à segurança de computadores, nos produtos Norton 360, Norton Internet Security e Norton AntiVirus. Os produtos se destacam por oferecer até cinco camadas de proteção às ameaças virtuais, defesas mais potentes nas redes sociais, propriedades para bloqueio de malwares e recursos específicos para a nuvem, prometendo assim uma proposta mais completa e eficiente.

Os novos produtos da Norton são compatíveis com o Windows 8, que será lançado no final de outubro, e além de oferecerem uma maior segurança, entregam uma melhor performance para o usuário com a nova versão do sistema da Microsoft. Segundo testes independentes realizados, o Norton é 50% mais rápido e 20% mais seguro que o Windows Defender, presente no Windows 8, além de ser mais eficiente, detectando ameaças que a solução nativa da Microsoft não conseguiu localizar nos testes. Os novos produtos da Norton estão mais simples no seu uso, sendo um produto mais prático no seu uso para aqueles que nunca tiveram um contato com os produtos da Norton.

Entre os novos recursos, os mais destacados pela Norton by Symantec são:

–          Proteção de Redes Sociais – As novas defesas protegem os consumidores de ataques e malwares nestes ambientes, tais como likejacking, mensagens, posts e avisos mal-intencionados nestas mídias colaborativas.

–          Percepção de scam – Capacidades antifraude advertem os usuários sobre sites novos e potencialmente perigosos ou aqueles que não têm uma reputação estabelecida dentro da comunidade de usuários da Norton. Isto permite que os internautas mantenham seguras as suas informações pessoais, como dados da conta bancária.

–          Defesas de redes aprimoradas – Para manter os consumidores protegidos contra ataques baseados na Web, as versões mais recentes apresentam recursos mais fortes de defesas para as redes sociais, incluindo um novo firewall inteligente com uso mais amplo de informações de percepção, que agora rastreia a reputação do endereço IP, além da procedência do arquivo, URL e domínio.

–          Inicialização e desligamento otimizados – Completamente reprojetado para minimizar o tempo de inicialização e desligamento.

–          Bateria Maximizada – Consumo de energia reduzido, resultando em maior duração da bateria e maior rapidez na resposta do sistema e entrada em estados de suspensão e hibernação.

–          Suporte mais eficiente para arquivos de mídia digital – Projetado para garantir que os arquivos de mídia digital – como fotos, músicas e vídeos – estejam a salvo de ataque, sem prejudicar o desempenho.

–          Comodidade para tela de toque – A interface do usuário é projetada para um desempenho mais rápido e otimizado para telas sensíveis ao toque.

–          Facilidade – Com todas as atualizações do produto agora baixadas em segundo plano e instaladas automaticamente, os consumidores podem estar seguros de que estão a salvo das ameaças mais recentes, sem a necessidade verificar manualmente as atualizações disponíveis.

–          Menos reinicialização – As atualizações de produto já não necessitam de reinicialização, os consumidores podem receber a proteção mais atualizada sem serem interrompidos em suas atividades.

Os novos Norton 360, Norton Internet Security e NortonAntiVirus estão disponíveis para compra ou atualização no site oficial dos produtos Norton, ou nas lojas do varejo brasileiro.

Preços (novas assinaturas):

– Norton 360 (para até 3 computadores): R$ 149,00
– Norton Internet Security (para até três computadores): R$ 129,00
– Norton AntiVirus (para um computador): R$ 49,00

Para mais informações, visite o Cento Norton de Atualizações.

Norton lança a linha 2012 de produtos de segurança online: Internet Security, AntiVirus, Tablet Security e Online Family

by

A nova linha de produtos Norton foi oficialmente apresentada. A linha 2012 do Norton Internet Security e do Norton AntiVirus apresentam novas soluções que reforçam o conceito do Norton Everywhere, que tem como objetivo proteger os usuários de forma consistente, onde quer que ele for.

As novas soluções foram projetadas para melhorar o benchmark de desempenho, oferecendo uma melhor experiência de usuário para uma maior segurança. Além disso, as novas ofertas para tablets e dispositivos móveis complementam essa experiência, oferecendo uma proteção maior para todos os dispositivos que você tem em casa.

Entre as principais novidades do Norton Internet Security 2012, temos novos recursos baseados na computação na nuvem, como o Norton Identity Safe in the Cloud (que protege as informações conta cybercriminosos, armazenando as senhas na nuvem, permitindo a recuperação através de qualquer computador com o Norton Internet Security 2012), Norton Management (que permite o gerenciamento remoto dos serviços Norton, permitindo adicionar novos produtos, gerenciar configurações de segurança e atualizações), Norton Insight (tecnologia de reputação da Norton, que identifica e bloqueia novos softwares maliciosos e suspeitos), Download Insight (verifica os downloads antes de instalar o aplicativo no sistema) e o SONAR (que monitora a execução de aplicativos com comportamento suspeito, detectando e desativando rapidamente ameaças desconhecidas).

Segundo a Norton, a sua solução de segurança ficou mais uma vez em primeiro lugar nos testes da AV-Test Institute, da PassMark Software e da AV-Comparatives. De acordo com testes internos da Norton, a nova versão supera a versão Norton 2011 na performance, com varreduras 30% mais rápidas, tempo de inicialização 17% menor e cópia de arquivos 24% mais rápida.

Além disso, a Norton anunciou o Norton Tablet Security, que for projetado especialmente para os tablets Android, protegendo o dispositivo e aumentando a privacidade de seus dados importantes contra perda, roubo, vírus e outras ameaças virtuais. Por fim, eles anunciaram o Norton Online Family for Android and iOS, que é um aplicativo gratuito que permite que os pais monitorem a atividade online dos seus filhos pelos seus dispositivos móveis.

Os novos Norton Internet Security 2012 e Norton AntiVirus 2012 já estão disponíveis para compra. Preços: R$ 99,00 (Internet Security 2012) e R$ 79,00 (AntiVirus 2012). O Norton Tablet Security estará disponível nas próximas semanas, e o Norton Online Family para Android e iOS já está disponível para download gratuito no Android Market e na App Store.

Para saber mais informações sobre os novos produtos, clique aqui.

Symantec faz análise sobre ameaças para as plataformas iOS e Android

by

A Symantec publicou o estudo “A Window into Mobile Device Security: Examining the Security Approaches Employed in Apple’s iOS and Google’s Android”, (em português, “Uma Janela para a Segurança de Dispositivos Móveis: Análise das Abordagens de Segurança Adotadas no iOS da Apple e no Android do Google”). Esse documento faz uma avaliação técnica e detalhada das duas plataformas móveis predominantes, a iOS da Apple e a Android do Google, com o objetivo de orientar as empresas a compreender os riscos de segurança associados ao uso desses sistemas no ambiente corporativo.

A mais importante das conclusões é que, ainda que as plataformas móveis mais populares em uso atualmente tenham sido projetadas com requisitos de segurança, eles nem sempre são suficientes para proteger os ativos corporativos confidenciais que regularmente são encontrados nesses dispositivos portáteis. Para complicar, esses equipamentos estão cada vez mais conectados e sincronizados com um ecossistema de serviços na nuvem de terceiros e com computadores fora da área de trabalho e, portanto, fora do controle da empresa; expondo importantes ativos corporativos a riscos potencialmente maiores.

Este estudo oferece uma análise detalhada dos modelos de segurança utilizados pelo iOS da Apple e pelas plataformas Android do Google, que avalia a eficácia de cada um deles em relação às principais ameaças dos dias de hoje, incluindo:

• Ataques baseados na Web e em redes
• Malware
• Ataques que usam engenharia social
• Abuso da disponibilidade de recursos e serviços
• Perda de dados maliciosa e não intencional
• Ataques à integridade dos dados nos equipamentos

A análise levou a algumas conclusões importantes:

• Ainda que ofereça maior segurança em relação aos sistemas operacionais para desktops tradicionais, o iOS e o Android ainda são vulneráveis a muitas categorias de ataques existentes.

• O modelo de segurança do iOS oferece melhor proteção contra os tipos tradicionais de malware, principalmente devido ao rigoroso processo de certificação de aplicações da Apple e ao processo de certificação do desenvolvedor, que examina a identidade do autor de cada software e elimina invasores.

• O Google optou por um modelo de certificação menos rigoroso, permitindo que qualquer desenvolvedor de software crie e libere aplicações anonimamente, sem controle. Essa falta de certificação levou indiscutivelmente ao maior volume de malwares específicos para Android encontrado nos dias de hoje.

• O Android dá às aplicações muito mais controle sobre os recursos do dispositivo do que o iOS e conta com o usuário para decidir se cada aplicação deve receber tais poderes. Isso permite que os desenvolvedores criem aplicações mais poderosas e úteis; porém deixa muitas decisões de segurança nas mãos do usuário, expondo-os a riscos maiores.

• Os usuários de sistemas Android e iOS sincronizam regularmente seus dispositivos com serviços na nuvem de terceiros (por exemplo, calendários baseados na Web) e com seus computadores domésticos. Isso pode expor dados corporativos confidenciais armazenados nesses dispositivos a sistemas fora do controle da empresa.

• Os chamados dispositivos “jailbroken” ou aparelhos cuja segurança foi desativada, são alvos atraentes para invasores, pois são tão vulneráveis quanto os PCs tradicionais.

Para ver o documento completo visite: www.symantec.com.br/tendenciasmobilidade

via assessoria de imprensa

10 Dicas de Segurança da Symantec Para o Dia da Informática

by

Há alguns anos, as informações eram acessadas apenas dentro da empresa, e o departamento de TI tinha mais controle sobre os dados corporativos. Hoje, as informações podem ser acessadas a partir dos mais diferentes dispositivos e em qualquer lugar. A evolução da tecnologia oferece vantagens como maior agilidade nos negócios e melhor relacionamento entre as empresas e seus públicos. Por outro lado, as organizações precisam ter cuidado e atenção redobrados com seus dados críticos.

Cada vez mais, os funcionários usam seus próprios dispositivos móveis para acessar dados corporativos, uma tendência conhecida como consumerização da TI. A Symantec realizou recentemente a pesquisa – Symantec Consumerization of IT Smartphone End User Survey, para saber mais sobre quais são as experiências e as perspectivas dos usuários em relação a essa tendência e descobriu que a consumerização da TI já é uma realidade em muitas organizações.

A grande maioria dos entrevistados disse que sua empresa permite que o funcionário use o smartphone de sua escolha em atividades relacionadas com o trabalho. Em parcelas quase idênticas, os participantes da pesquisa afirmaram que a organização forneceu o smartphone (44%) ou que eles próprios compraram seus aparelhos (43%).

Com isso, a Symantec aponta as principais dicas de segurança para empresas compartilharem com os funcionários e assim assegurar que as informações estejam seguras:

 

1        Utilize senhas: por norma, todos os funcionários devem proteger seus dispositivos móveis com senha e ser instruídos a alterá-la com frequência para dificultar o acesso dos hackers a informações confidenciais.

 

2        Criptografe os dados nos dispositivos móveis: informações da empresa e mesmo pessoais armazenadas em dispositivos móveis são, muitas vezes, confidenciais. Criptografar esses dados é uma obrigação. Se o dispositivo for perdido e o cartão SIM roubado, o ladrão não será capaz de acessar os dados se a tecnologia de criptografia apropriada estiver aplicada no dispositivo.

 

3        Certifique-se de que o software está atualizado: os dispositivos móveis devem ser tratados como PCs, que sempre usam software atualizados, especialmente o de segurança. Isso vai proteger o equipamento contra novas variantes de malware e vírus que ameaçam informações críticas das empresas.

 

4        Desenvolva e aplique políticas de segurança fortes para o uso de dispositivos móveis: é importante aplicar políticas de download de aplicações e gerenciamento de senhas para gerentes e funcionários. O uso de senhas fortes ajuda a proteger os dados armazenados no telefone, nos casos em que o aparelho for perdido ou invadido.

 

5        Autenticação: a maioria das redes corporativas exige um nome e uma senha para identificar os usuários, porém os mesmos podem ser violados. Usando uma tecnologia de autenticação dupla, ou de segundo fator, é possível ter maior de segurança quando os funcionários se conectarem à rede corporativa a partir de aparelhos portáteis.

 

6        Evite abrir mensagens de texto inesperadas de remetentes desconhecidos: assim como acontece com e-mails, os invasores podem usar mensagens de texto para espalhar malware, golpes de phishing e outras ameaças entre os usuários de dispositivos móveis. O mesmo cuidado que se tem com e-mails deve ser aplicado à abertura de mensagens de texto não solicitadas.

 

7        Controle do acesso à rede: soluções de gerenciamento móvel que incluem recursos de controle do acesso à rede podem ajudar a garantir o cumprimento das políticas de segurança de uma empresa e assegurar que apenas dispositivos seguros, compatíveis com as normas, acessem as redes corporativas e os servidores de e-mail.

 

8        Clique com cuidado: Os usuários não devem abrir links não identificados em redes sociais, nem bater papo com pessoas estranhas ou visitar sites desconhecidos.

 

9        Atenção a quem está em volta ao acessar informações confidenciais: ao digitar senhas ou visualizar dados confidenciais, os usuários devem ter cuidado com quem possa enxergar por cima dos seus ombros.

 

10    Saiba o que fazer se o dispositivo for perdido ou roubado: em caso de perda ou roubo, os funcionários e seus gerentes devem saber o que fazer em seguida. Devem ser tomadas medidas para desativar o dispositivo e proteger as informações contra invasão. Há produtos que automatizam essas medidas para que pequenas empresas possam respirar aliviadas se tais incidentes ocorrerem.

via assessoria de imprensa

Norton 360 v5 é oficialmente apresentado. Vamos aos detalhes

by

A Norton/Symantec promoveu hoje (30/03) um webinar para apresentar a nova versão do seu pacote de soluções de proteção do sistema, o Norton 360 v5. Este post apresenta esta e as principais novidades da empresa para o mercado de segurança doméstica e corporativa, para as diferentes plataformas e dispositivos eletrônicos que temos no mercado.

Bruno Rossini, gerente de RP da Norton na América Latica, começa a apresentação declarando que o principal objetivo dos cyber-criminosos é o lucro. Ganhar dinheiro das pessoas, tornando sério uma atividade criminosa que antes era vista como uma brincadeira. A principal ameaça de 2010 foi os falsos programas de anti-virus, que se comporta como um programa de verdade, mas que na verdade, permite a busca de dados do usuário e entrega os mesmos para o hacker. Não há nada suspeito para o usuário, e por causa disso, se tornou a maior ameaça existente.

Outras táticas utilizadas para enganar usuários são os programas falsos de melhora de desempenho da máquina, recursos de engenharia social (URLs ocultadas em redes sociais) e envenenamento de pesquisas online, onde os criminosos usam técnicas de SEO para optimizar links maliciosos. Para evitar esses transtornos, a Symantec recomenda que o usuário faça uma busca online nos softwares que pretendem instalar, buscando sempre as marcas mais recomendadas. Outra dica é o Norton Safe Web, que pode ser usado para identificar se a URL é maliciosa ou não.

As novidades do Norton 360 v5

O Norton 3600 é o conjunto das melhores ferramentas dos produtos Norton. Backup, recursos de segurança e proteção de identidade, manutenção da máquina, entre outros recursos de seguraça são oferecidos no Norton 360. Ele conta com o Norton Insight, que conta com 5 camadas de proteção para o usuário, que trabalha com o antivírus tradicional, que inclui detecção heurística, bloqueio comportamental, analisando o comportamento suspeito do software, prevensão de intrusos e restrição configurada. Uma combinação que, trabalhando com a base de dados dos colaboradores de desenvolvimento de produtos Norton, o Insight oferece uma segurança maior para evitar as ameaças online.

Outra novidade é o Norton Safe Web, que permite que o usuário tenha a resposta rápida sobre a autenticidade e segurança de uma página. Esse serviço é fornecido pela Norton e VeriSign. Em cada busca na web, ao lado do link exibido na resposta da busca, você tem um ícone indicando que o site é confiável. O serviço funciona com os principais buscadores da web (Google, Bing e Yahoo).

Além disso, a ferramenta de backup do serviço melhorou em 10%, e a ferramenta de recuperação foi melhorada em 18%. A Norton enfatiza que sua ferramenta de backup é também um assistente, orientando o usuário sobre quais arquivos ele quer salvar. Além disso, a Norton oferece 2 GB de espaço em cloud computing por licença, para armazenar esse backup online. Caso seja necessário, o usuário pode comprar mais espaço online.

Outro destaque do Norton 360 é a monitoração dos recursos da máquina do usuário. Se um aplicativo utilizar muitos recursos da máquina, ele alerta o usuário, mostrando qual é o aplicativo, para que o usuário possa decidir o que fazer.

Abaixo, você tem a nova interface do produto. Destaque para o mapa-mundi na parte inferior, que mostram as ameaças virtuais presentes nas principais cidades do mundo.

Segundo a empresa, o Norton 360 teve um resultado de performance melhor que os concorrentes (pelo teste feito do PassMark 2011). Abaixo, você tem mairoes informações dos principais destaques do produto.

Para o futuro, eles pretendem lançar o Norton for Smart Devices, para proteger produtos conectados como videogames, set-top boxes, TVs com aplicativos, unidades de Blu-ray com recursos online, entre outros. Basicamente, eles protegem uma série de produtos que não entram na categoria de computadores, smartphones, celulares, entre outros.

Outro destaque vai para o Norton Online Family, que permite que os pais façam o monitoramento e gerenciamento das atividades dos filhos na internet.

Abaixo, as principais propostas da Norton para proteção online.

Por fim, eles falaram do Cybercrime Index, que mostra o índice de crimes cibernéticos do dia, sendo uma espécie de “termômetro” das ameaças online.

Acesse:

Norton DNS
Norton Online Family
Norton Cybercrime Index
Norton Safe Web

Siga @oEduardoMoreira, dê RT e concorra ao Norton Internet Security 2011

by

ATENÇÃO! SORTEIO DE BRINDE NO TWITTER!

Recebemos da assessoria da Norton Brasil o direito de sortear via Twitter um voucher que dá o direito ao vencedor de receber uma licença do novo Norton Internet Security 2011 (válida por 1 ano), para que você possa navegar pela internet de forma mais protegida. O produto é um dos lançamentos na área de segurança para o PC da Symantec para o mercado brasileiro.

O que está em sorteio:

– voucher com instruções para download e código de registro do Norton Internet Security 2011.

As regras dessa promoção:

1) para concorrer, o usuário deverá seguir o perfil de Eduardo Moreira no Twitter (@oEduardoMoreira) dar um “retweet” (ou RT) no link deste post, que automaticamente estará concorrendo.

ATENÇÃO! É PRECISO SEGUIR A CONTA INDICADA PARA ESTAR CONCORRENDO!

Os RTs podem ser dados até o dia 30 de novembro, às 16 horas (Brasília). O sorteio acontece no dia 30 de novembro, às 17 horas (Brasília), com o anúncio do vencedor no Twitter de Eduardo Moreira, ou no Twitter do TargetHD.net (@TargetHD).
2) perfis fakes, de empresas, revistas, festivais, blogs, associações, times de futebol, políticos, lojas,
ongs, perfis que apenas participam de sorteios ou qualquer coisa que não seja uma pessoa física e identificável e/ou não falar a nossa língua (o bom português) estão automaticamente eliminados da promoção. Usuários que derem vários RTs em sequência, em um curto espaço de tempo, também estarão eliminados.
3) perifs de moradores do exterior não estarão participando.

4) cada follower será associado a apenas um número aleatório. Basta dar um RT para participar.
5) Um único número será sorteado, pelo site Random.org.
6) o usuário associado ao número sorteado será o vencedor, salvo:

a) se o sorteado fizer parte de qualquer coisa relacionada no item 2, seguimos para o próximo sorteado
b) o usuário vai receber uma DM (direct message, ou mensagem direta) e vamos anunciar publicamente o seu username no Twitter. Se ele não entrar em contato ou responder a mensagem em 48 horas, faremos um novo sorteio, zerando todos os inscritos, para dar chances iguais para novos participantes.
c) se um grande problema fizer que nenhum dos dois primeiros sorteados seja válido, ou que nenhum deles responda à nossa mensagem, faremos um novo sorteio em 5 dias, zerando todos os participantes.
7) O usuário vai nos informar seu endereço, e o brinde será despachado sem custos para o ganhador, com envio feito pela assessoria da Norton Brasil.

Fiquem ligados: a promoção começa no dia 22 de novembro, a partir da publicação deste post, e se encerra no dia 30 de dezembro, às 16 horas (Brasília).

[Norton 2011] As novidades das novas versões do Norton Internet Security e Norton AntiVirus

by

Estivemos na semana passada em São Paulo para fazer a cobertura de lançamento da linha Norton 2011, voltada para segurança de usuários de computadores e dispositivos móveis. Hoje, vamos relatar com mais detalhes as principais novidades desses novos produtos, e como eles podem ajudar na segurança de nossos gadgets.

A primeira novidade apresentada pela Symantec é que o novo pacote de produtos Norton (Norton AntiVirus 2011 e Norton Internet Security 2011) é o único que atingiu 100% de proteção, em testes realizados pela Dennis Labs, empresa especializada em testar programas e recursos de segurança para o PC. A Symantec informou que trabalhou de modo que a linha 2011 oferecesse a proteção e o desempenho necessários para que o usuário tenha a melhor experiência possível. Outra novidade é a chegada do Norton Power Eraser, ferramenta gratuita que elimina de forma mais agressiva aplicativos de antivírus falsos, ou “scareware”.

A Presidente da Unidade de Negócios ao Consumidor da Symantec, Janice Chaffin, esteve no Brasil para o evento latino-americano de lançamento do Norton 2011, e disse que, hoje, os criminosos cibernéticos não cedem, e as proteções precisam ser mais efetivas e eficientes, e que os produtos Norton 2011 oferecem a proteção mais abrangente do mercado, com ferramentas adicionais que agregam poder de proteção aos usuários.

Segundo a Dennis Labs, a Norton é a primeira colocada nos testes de detecção de ameaças no “mundo real” (testes em situações práticas e cotidianas de infecção), obtendo 100% de pontuação de proteção pelo segundo ano consecutivo. A metodologia da Dennis Labs foi analisada pela Anti-Malware Testing Standards Organization (AMTSO), e recebeu o nível de conformidade de 100%. Além disso, o Norton 2011 liderou um conjunto de 12 ofertas de segurança competitivas, tanto na parte de detecção, quanto na parte de eliminação e ameaças. Vamos conhecer abaixo alguns dos principais recursos dessa nova versão:

  • Reputation Based Security (Segurança Baseada na Reputação): verifica instantaneamente quando programas foram criados e de onde se originaram para identificar e bloquear softwares maliciosos mais rápido do que nunca. O sistema de reputação da Norton também possibilita que os usuários determinem se o seu comportamento global de download é mais ou menos arriscado em comparação com os 58 milhões de membros da Norton Community Watch;
  • System Insight 2.0: com novos Alertas de Desempenho Pró-ativos, monitora todas as aplicações que estão sendo executadas, e agora alerta os usuários pró-ativamente caso qualquer programa esteja utilizando recursos do sistema de maneira excessiva e diminuindo sua velocidade, de maneira que possam fazer mudanças para melhorar o desempenho do computador;
  • Download Insight 2.0: oferece a proteção baseada na reputação mais agressiva disponível, verificando a segurança de cada arquivo baixado antes que ele possa rodar;
  • SONAR 3: traz um novo nível de segurança comportamental para o Norton 2011, oferecendo uma verdadeira proteção “dia zero” contra novas e emergentes ameaças que são projetadas especificamente para ludibriar outros recursos de segurança. Com suas técnicas de classificação aprimoradas, o SONAR 3 identifica softwares suspeitos com base no seu comportamento e toma automaticamente qualquer decisão em nome do usuário.
  • Norton Bootable Recovery Tool: possibilita, de uma maneira conveniente, que os usuários Norton inicializem o PC no modo de segurança quando um sistema está ou infectado com um programa maligno (rootkit) ou com algum malware problemático que torna impossível instalar um software de segurança ou até mesmo, iniciar o sistema adequadamente. Sendo a novidade deste ano, a ferramenta Norton Bootable Recovery Tool cria automaticamente um dispositivo inicializável CD/DVD/USB de uma maneira fácil e rápida. Saiba mais sobre o Norton Bootable Recovery Tool e baixe-o aqui.

O Norton 2011 também promete um excelente desempenho para os usuários. Segundo os testes da empresa PassMark Software, o Norton Internet Security 2011 conta com um desempenho 65% superior à média de pontuação dos concorrentes, faz varredura de ameaças 61% mais rápido do que a média dos concorrentes, e conta com o tempo de instalação mais rápido entre os produtos disponíveis no mercado, com 41 segundos em média. Quanto às atividades diárias do PC, como navegar na internet e copiar fotos e documentos, o Norton 2011 tem um impacto 25% menor na navegação na web, se comparado ao Norton 2010, e um impacto 60% menor na hora de copiar arquivos no computador.

O Norton 2011 também traz uma nova interface para o usuário, que permite um controle maior sobre configurações, informações sobre status de proteção e desempenho e sistemas de segurança. A novidade é a chegada do Norton Protection Map, que fornece informações atualizadas sobre as ameaças mais novas identificadas pela Norton, e contra as quais eles estão oferecendo proteção ao redor do mundo. Além disso, os usuários poderão fazer download de importantes serviços da empresa baseados em cloud computing, como o Norton Online Backup, Norton Online Family e Norton Safe Web. Isso, sem falar nas ferramentas gratuitas oferecidas pela empresa para todos os consumidores, não importando o tipo de antivírus que ele tenha em sua máquina. A diferença é que, quem já tem os produtos da Norton, já contam com esses recursos gratuitos integrados ao Norton 2011.

Uma das ferramentas mais destacadas é a Norton Power Eraser, que é especializada em eliminar de forma mais agressiva os falsos antivírus espalhados pela web (ou scanwares). Você pode baixar o Norton Power Eraser clicando aqui. Além disso, a Norton oferece o Norton Safe Web Lite, que é uma barra de ferramentas que identifica sites suspeitos antes de serem acessados, o Norton Safe Web for Facebook, que faz uma varredura dos novos feeds do Facebook, buscando links suspeitos, e o Norton Online Family, que ajuda a manter seus filhos em um ambiente de navegação segura, enquanto mantém uma comunicação franca com os pais sobre suas atividades online.

O Norton Internet Security 2011 e Norton AntiVirus 2011 já estão disponíveis no mercado brasileiro, nas lojas de varejo, ou na loja online da Norton (www.symantecstore.com.br).