Arquivo para a tag: palm

CES 2015 | …e a Palm está oficialmente de volta!

by

650_1000_palm-logo1

Isso mesmo. A Palm voltou dos mundos dos mortos. A empresa vai ressuscitar pelas mãos da TCL, gigante chinesa que é mais conhecida por ser a responsável por marcas como a Alcatel, que também foi ressuscitada em operação semelhante, se transformando em uma empresa minimamente rentável.

A TCL Communications tornou a aquisição da Palm algo oficial. George Guo, representante da TCL, comunicou que eles tomaram a decisão por ‘acreditarem firmemente no valor da Palm’.

Recolocar a Palm no caminho do sucesso não parece ser algo impossível, mas algo que pode ser é trazer de volta a sua personalidade e identidade do passado, já que a opção mais rápida dessa recuperação parece ser a de lançar smartphones Android, como eles fizeram com a Alcatel.

Na tentativa de fazer com que a comunidade de usuários se sinta próxima desse renascimento,a  TCL quer que os usuários mostrem interesse pela volta da marca, e que eles ajudem com ideias para dispositivos, software e aplicativos. Eles não explicaram como será essa interação.

Ah, e antes que você pergunte: o próprio Guo informa que não existe a possibilidade de trazer o webOS à vida nos futuros smartphones. Lembrando: o webOS agora é uma propriedade da LG.

Os quartéis generais da nova Palm ficarão em Silicon Valley, apesar da fabricação dos produtos acontecer na China. Na Califórnia, a empresa vai garantir um espaço para mais de 5 mil engenheiros.

Los cuarteles generales de la compañía estarán en Silicon Valley, a pesar de que la fabricación se realizará en China. En California habrá espacio para más de 5.000 ingenieros que tratarán de revivir la marca.

Será muito interessante ver essa nova vida da Palm nos próximos anos.

650_1000_650_1000_captura_de_pantalla_2014-12-31_a_las_9.25.04

Via Phonescoop

Palm pode voltar a fabricar smartphones, com a ajuda da Alcatel

by

palm-coming-soon

Rumores indicam que a marca Palm pode voltar a ser utilizada pela Alcatel para o lançamento de smartphones com o sistema operacional Android. Seria a ‘ressureição’ da empresa que, em 2009, tentou se reinventar com o webOS, que cativou os amantes dos smartphones, mas não vingou no mercado.

Os indícios desse retorno são os registros que mostram que a marca Palm foi adquirida pela Alcatel, que por sua vez, tem o apoio da empresa chinesa TCL. A ideia é utilizar um nome historicamente relevante e oferecer uma nova vida para essa marca, visando capitalizar com o movimento.

É bom deixar claro que não houve uma compra de empresa, e sim da marca, que até o momento pertencia à HP. O mais curioso é que, se você acessar a página da Palm na internet, você será redirecionado para o endereço ‘mynewpalm.com‘, onde aparece o logo da empresa, com textos intrigantes (‘coming soon’ e ‘Smart Move’).

E essas mesmas frases são utilizadas pela Alcatel na publicidade do One Touch.

Coincidência? Estou duvidando.

A compra do termo Palm parece ser gerenciada pela divisão norte-americana da Alcatel, e a ideia de ressurreição da Palm com smartphones Android não é algo tão descabido. Ainda mais com essas evidências.

Mas vamos aguardar os próximos acontecimentos.

Via Android and Me

Qualcomm adquire várias patentes da HP, inclusive as patentes da Palm

by

HP_Palm

Depois da venda do sistema operacional webOS para a LG, certamente não será uma grande surpresa saber que a HP já não tinha nenhum interesse com a Palm. Logo, podemos contar para vocês sem sustos que eles venderam aproximadamente 2.400 patentes (1.400 nos EUA, e outras 1.000 em outros países) para a Qualcomm, entre as quais incluem “técnicas fundamentais de sistemas operacionais móveis” e outras tecnologias relacionadas.

A compra aconteceu praticamente para “comemorar” o terceiro aniversário de lançamento dos modelos Pre 3 e TouchPad, que culminaram com um dos piores fracassos comerciais da história da HP. De qualquer forma, vale a pena mencionar o passado, pois o mesmo ex-CEO da Palm, Jon Rubinstein, já afirmou que a venda da empresa que dirigiu foi “um grande desperdício”… e curiosamente o mesmo Rubinstein hoje faz parte da junta diretora da Qualcomm.

Coincidência? Eu estou duvidando…

Além das tecnologias da Palm, a transação inclui as patentes dos PDAs iPAQ, e a antiga empresa de software telefônico empresarial Bitfone. Supomos que essas patentes ajudarão e muito a Qualcomm no desenvolvimento de novos componentes para dispositivos móveis, além de garantir um pouco de tranquilidade em relação aos seus adversários diretos. Sem falar que seus adversários diretos (a.k.a. NVIDIA e Intel) podem se sentir um pouco pressionados a partir de agora.

Também é importante lembrar que o Palm e o iPAQ são os percussores imediatos dos smartphones modernos, e certamente as patentes desses produtos contém informações privilegiadas que podem fazer estragos a qualquer gigante do setor de telefonia. É possível imaginar o tipo de consequências que empresas como Samsung, Apple, Nokia ou Microsoft poderiam ter se colocassem as mãos nesses registros, levando em consideração o histórico que essas empresas possuem com a famigerada “Guerra de Patentes”.

Via Qualcomm

Fujitsu Celsius H730, a workstation com tecnologia PalmSecure, é anunciada oficialmente

by

fujitsu-celsius-h730-

A Fujitsu apresentou recentemente a sua nova workstation em forma de computador portátil, a Celsius H730. Segundo o fabricante, o modelo se destaca por ser o primeiro de sua categoria a oferecer o sistema de identificação PalmSecure, uma tecnologia já vista nos leitores biométricos e mouses da Fujistu.

O PalmSecure basicamente se encarrega de escanear os padrões das veias da mão via infravermelho, oferecendo um índice de erro de leitura muito baixo (apenas 0.00008%), o que torna praticamente impossível que uma pessoa não autorizada acesse os seus arquivos, já que as veias humanas são praticamente impossíveis de serem falsificadas.

Mas além do seu curioso sistema de segurança, o Celsius H730 conta com um processador Intel Core i7 vPro de última geração (de 3.8 GHz), até 32 GB de RAM, tela de 15 polegadas, gráficos NVIDIA Quadro e armazenamento híbrido ou em SSD. Seu teclado é resistente aos líquidos, e o computador  conta com a tecnologia ShockSensor, que protege os seus arquivos em caso de queda. Por fim, o modelo possui várias portas USB 3.0, além de WiFi, Bluetooth e até conexões 3G e 4G de forma opcional.

Segundo indica a Fujistu, o novo Celsius H730 tem previsão de chegada ao mercado europeu para o mês de dezembro, com um preço sugerido de (aproximadamente) US$ 2.175 (já convertidos).

Via SlashGear

HP pensa em vender parte de suas patentes relacionadas aos dispositivos móveis

by

hp

É tempo de fazer dinheiro no mundo da tecnologia. E a HP, que parece ter algumas patentes que ela não vai usar para nada, vai tentar levantar um capital, que não faz mal para ninguém.

Segundo uma recente matéria publicada na edição impressa da Bloomberg, a HP tem planos de vender algumas de suas patentes relacionadas ao segmento de mobilidade, e apesar da publicação não revelar detalhes sobre quais patentes seriam, ou quando eles pretendem iniciar as operações de venda, é certo dizer que essas patentes estão relacionadas com o webOS.

A HP adquiriu o webOS quando eles compraram a Palm em junho de 2010. Para adquirir a Palm, o webOS e suas patentes, eles gastaram US$ 1.2 bilhão. Depois disso, eles não tiveram muita sorte com a nova plataforma: no começo de 2011, a HP lançou alguns dispositivos que executavam o webOS, mas em agosto do mesmo ano, depois de vendas realmente muito baixas, a empresa decidiu retirar os produtos do mercado, tornando o webOS um sistema de código aberto.

É correto dizer que a HP tem um grande número de patentes, mas até o momento, não está claro se a HP pretende vender todas essas patentes de mobilidade, ou se apenas uma parte dessas patentes. O que pode ser considerado certo é o objetivo inicial da empresa com essa suposta venda: recuperar parte dos US$ 1.2 bilhão pagos na compra da Palm.

A HP não comenta sobre o assunto. Antes dessa notícia, haviam rumores que a empresa estava trabalhando em novos dispositivos, incluindo um smartphone com o sistema Android, e outro, com o Windows Phone.

Via Geeky Gadgets

StyleTap leva o Palm OS para os dispositivos com Android

by

Não é a primeira vez que vemos o StyleTap agradar os mais saudosistas. Já vimos a empresa oferecer uma dose do Palm OS em dispositivos com os sistemas iOS, Symbian e Windows Mobile, e dessa vez, a empresa anuncia a disponibilidade do seu emulador para o Android, o que permitirá a todos os usuários do sistema operacional móvel do Google a contar com todos os aplicativos desenvolvidos para o Palm OS 5.2 ou superior.

Os programas que necessitam do código ARM nativo poderão ser utilizados, desde que é claro você ague os US$ 50 que custa o aplicativo para o Android. Está disponível no site da empresa uma versão trial do emulador, funcional por duas semanas, para que você possa testar o produto antes de utilizar o cartão de crédito. Para mais informações (e para preparar a sua volta ao passado), clique aqui.

Via Engadget

Uma olhada mais de perto no smartphone com tela touchscreen e webOS que nunca viu a luz do mercado

by

Não importa o quanto a HP apresente notebooks incríveis e produtos que encham os olhos para quem gosta de desktops potentes: o webOS vai seguir sendo um sistema operacional morto (infelizmente), e o smartphone que você verá nesse post jamais vai chegar ao mercado.

O dispositivo foi descoberto pelo pessoal do site webOS Nation, e recebia o nome de WindsorNot. Tais imagens foram retiradas de um pequeno vídeo postado no Vimeo, que já está fora do ar. O upload do vídeo é de responsabilidade da empresa de design industrial Transparent House, e como indica a nossa fonte, esse smartphone tem algo mais do que um modelo previamente vazado no passado, com o nome Stingray.

OPINIÃO DO EDITOR: É uma pena. Apesar de ser um produto mais espesso do que os modelos que temos hoje no mercado, ele parece ser bem atraente, com características que poderiam agradar aos usuários corporativos. Talvez se a HP tivesse investido um pouco mais no desenvolvimento de produtos com o sistema, ele poderia ser uma opção interessante no mercado mobile. Por outro lado, lançar seus smartphones em pouquíssimos mercados foi um erro fatal. E todos nós saímos perdendo com isso.

Via webOS Nation

Fujitsu apresenta seu leitor biométrico de digitais e palmas das mãos

by

As tecnologias de identificação biométrica continuam evoluindo, e hoje, temos mais uma prova disso, vindo direto dos laboratórios da Fujitsu. A empresa apresentou um novo modelo, sem nome comercial, mas que pode ser “o primeiro dispositivo de reconhecimento biométrico do mundo que combina a informação extraída dos padrões das veias da palma da mão com as impressões digitais de três dedos”.

Com essa extensa descrição, a Fujitsu afirma que a união das duas leituras oferece uma identificação precisa de um indivíduo entre quase 1 milhão, e em apenas dois segundos. A empresa está tão convencida do seu potencial, que eles pretendem expandir o seu raio de ação para até 10 milhões pessoas ainda em 2011, aumentando o seu catálogo de possíveis aplicações comerciais.

via Fujitsu

Smartphone HP Veer branco será comercializado em breve nos EUA

by

Depois de finalmente o iPhone 4 branco chegar ao mercado (lá fora), não é de se estranhar que a HP vai apresentar a sua própria proposta de smartphone “clean”. Os rumores se confirmaram com a chegada ao catálogo da AT&T de um smartphone Veer 4G na cor branca.

O pequeno aparelho estará disponível para compra na própria AT&T dos Estados Unidos a partir do dia 15 de maio, com um preço de US$ 99, com contrato de dois anos. São as mesmas configurações do modelo preto, contando com uma tela de 2,6 polegadas (320 x 400), processador Snapdragon de 800 MHz, teclado QWERTY slide, câmera de 5 MP, 8 GB de armazenamento interno e webOS como sistema operacional. Não há previsão de preço e lançamento do produto.

via Blog Palm

HP TouchPad, o tablet webOS da HP, é apresentado oficialmente

by

Think Beyond. Esse foi o slogan da HP no seu evento de ontem (09/02), e para isso, eles apresentaram o seu tablet com webOS, o HP TouchPad. Ele possui 13,7 mm de espessura, 725 gramas de peso, tela de 9,7 polegadas (1024 x 768), webcam de 1.3 MP para vídeo chamadas, tecnologia de som da Beats Audio, alto-falantes estéreo, conexões WiFi b/g/n e Bluetooth 2.1 +EDR.

Ele possui versões de armazenamento de 16 e 32 GB, giroscópio, acelerômetro e bússola, tudo isso controlado por um processador Snapdragon Dual Core, de 1.2 GHz. Ele vem acompanhado de acessórios, como um case (que também atua como suporte) e um teclado sem-fio.

Outra novidade é que ele possui o sistema Tap-To-Share, para compartilhar música, documentos, páginas da web e chamadas entre o telefone e o tablet (e vice-versa), tudo isso apoiado por um sistema em cloud computing. A HP afirma que esse é o primeiro produto de uma futura família TouchPad baseada em webOS, o que pode ser um prenúncio de que o tablet Opal deve mesmo chegar em algum momento de 2011.

Outros destaques: o tablet possui integração com o HP Synergy, o teclado virtual que é estiloso, um aplicativo para e-mails que é em sistema de notificação no estilo Growl, suporte VPN, impressão sem fio e compatibilidade com serviços como Google Docs, QuickOffice, Dropbox e Box.net. Pra completar, ele possui a capacidade de se comunicar diretamente com o Pre 3 (sempre utilizando um dock Touchstone como intermediário).

via Palm.com

Smartphone Pre 3 é anunciado oficialmente pela HP: 1,4 GHz, tela de 3,6″, WVGA e QWERTY

by

Agora é oficial. Apesar de ter vazado minutos antes da apresentação oficial, a HP exibiu ontem (09/02), de forma aberta o Pre 3, a nova versão do telefone da Palm, que agora pertente à HP.

Entre suas características, destacam-se a tela touch de 3,6″, com resolução WVGA (480 x 800), teclado QWERTY slide no modo vertical, câmera de 5 MP com auto-foco e flash LED, micro USB, conector de fones de ouvido de 3,5 mm, gravação de vídeos em HD 720p, WiFi 802.11n, Bluetooth 2.1 +EDR e A2DP, aGPS, bateria de 1.230 mAh, 100% compatível com a tecnologia Touchstrone, câmera frontal VGA para vídeo chamadas e função de hotspot.

Por enquanto, ele vai contar com a versão 2.2 do webOS, mas em breve, ele vai contar com uma atualização com a versão 3.0. Ele possui capacidades de armazenamento de 8 ou 16 GB, a mesma capacidade de RAM que o Pre 2 possui (512 MB DRAM), processador Qualcomm MSM 8×55, a 1.4 GHz, dimensões de 64 x 111 x 16 mm e peso de 156 gramas. O HP Pre 3 possui compatibilidade com redes HSPA+ e EVDO, o que garante (teoricamente) uma comercialização global, que deve começar no meio do ano.

via Palm.com

Descanse em paz, Palm (1992 – 2011)

by

Entre os anúncios da HP de ontem houve algo (ou faltou algo) que chamou a atenção: a Palm não foi mencionada por ninguém, em nenhum momento. Nem o logo da Palm foi exibido durante a apresentação, nem impresso no material promocional. Ou seja, chegou o momento de dizer adeus à Palm, para a tristeza de todos aqueles que já tiveram um PDA da empresa, e ostentou orgulhoso o sentimento de ter no bolso algo que era mais que uma simples agenda eletrônica. De qualquer forma, os produtos Palm agora vivem nas mãos da HP, como o webOS e o novo Pre 3, entre outros.

Descanse em paz, Palm. E obrigado pelos bons momentos.

via Engadget

Palm Pre 2 e WebOS 2.0 anunciados oficialmente

by

Os dois eram muito esperados, por muitos usuários. E, por fim, sabemos que o Palm Pre 2 e a versão 2.0 do WebOS foram anunciados de forma oficial. Foi a própria HP que fez o anúncio, informando que o Pre 2 será o primeiro aparelho a contar com as características novas do atualizado sistema operacional móvel, que promete o agrupamento dos aplicativos em Stacks, a sincronização entre redes sociais e correio eletrônico através do HP Synergy, compatibilidade com aplicativos especialmente desenvolvidos para o seu uso com o Touchstone, Flash Player 10.1 Beta e multitarefa feito sob medida, permitindo rodar outros programas em segundo plano n lugar de simplesmente pausar a execução dos mesmos (ainda não sabemos como isso pode afetar a sua bateria).

Eles também adicionaram outras novidades ao novo sistema, como a integração com o QuickOffice, suporte ao VPN, novas formas de classificar os favoritos na agenda de contatos e a função Just Type, entre outras configurações. Sobre as qualidades técnicas do Palm Pre 2 em si, há poucas informações a serem contadas, de modo que só podemos dizer que o Pre 2 mantém um desenho parecido com o seu antecessor, mas contando agora com um processador de 1 GHz, câmera de 5 MP, tela touchscreen e teclado QWERTY. Sua tela é de 3.1″ (480 x 320), suporte para o Exchange, GPS integrado, acelerômetro, sensor de proximidade e de luz ambiente, WiFi b/g, Bluetooth 2.1+EDR, conector de 3,5 mm, 16 GB de memória interna e bateria de 5 horas e meia de autonomia de conversação.

Uma coisa que já sabemos é que o aparelho já estará disponível na França a partir da próxima sexta-feira, e “nos próximos meses” (sem determinar datas) nos Estados Unidos e Canadá, pela operadora Verizon.


Fonte e Fonte

[software] O SDK do webOS 2.0 está disponível para alguns desenvolvedores

by

Não pense que, por causa de todas as notícias vindas da IFA 2010, ou por causa das novidades da Apple, que nos esquecemos do anúncio do webOS, principalmente quando eles mencionam uma nova versão do seu atraente sistema operacional. O SDK do webOS 2.0 já está sendo distribuído entre alguns desenvolvedores, em uma espécie de “modo beta” (ainda que não tenha sido chamado desta forma), por causa do seu acesso limitado.

Entre as novidades, está a organização por “stacks” (pilhas de cartões), com o qual se formam grupos, de acordo com o seu contexto. Por exemplo, você abre um anexo em um e-mail, e o multitarefa abre um aplicativo diferente, você pode voltar ao e-mail com o anexo aberto em um navegador, como um conjunto de trabalho. Também temos a nova funcionalidade “Just Type”, que é uma busca global, mas com API, que permitirá aos desenvolvedores oferecerem suas próprias máquinas de busca, ou que simplesmente atualizem várias mídias (e-mail, SMS, IM, redes sociais, etc) sem precisar abrir um aplicativo.

Por meio do sistema Exhibition, os programadores poderão aproveitar a integração dos telefones com o carregador Touchstone, e assim, mini aplicativos poderão aparecer na tela, enquanto o celular recarrega suas baterias. Melhoras na Synergy permitirão que os desenvolvedores integrem seu software com suas ações disponíveis, fazendo que a transferência de informação entre aplicativos seja fluída e sem interrupções.

Por último, fala-se em melhorias no rendimento do HTML5, com opções de armazenamento local, suporte para geo localização, e melhor integração com JavaScript, graças ao ambiente node.js. Enfim, as novidades são muitas, logo, cabe a nós esperar pacientemente para que a HP coloque o novo sistema operacional no mercado.

Fonte

[gadgets] Breves impressões do Aceeca PDA32. Ou seja: o Palm OS morreu, mas sempre estará entre nós

by

O Palm OS não morreu. Apenas voltou para casa. Ok, a frase é mais usada para designar o destino final de Elvis Presley, mas dá pra se fazer a mesma analogia com o sistema operacional da Palm. O sistema segue vivo com  Aceeca PDA32, que é uma espécie de Palm retrô, e muitos duvidavam que ele existisse mesmo. Pois bem, o produto é real, e o pessoal da TamsPalm teve a chance de chegar perto em um de seus protótipos, para dar as suas impressões sobre o gadget.

Mesmo que a gente não esteja falando de uma unidade de produção, aparentemente a qualidade da sua carcaça é boa (com uma textura especial na parte traseira, para facilitar o seu agarre), e a sua tela integrada oferece um brilho bem aceitável, se bem que sua superfície externa sobressaltada pode atrapalhar um pouco a vida daqueles que passam a stylus em toda a tela do PDA.

Infelizmente, as poucas impressões positivas esbarram no rendimento do produto: ele conta com processador Samsun S3C2440 de 400 MHz e 64 MB de RAM inclusos. Bom, como ele não pode nem sequer começar a pensar em competir com os produtos atuais, resta apenas o sentimento saudosista, dos tempos em que carregávamos orgulhosos um Palm no bolso. Bons tempos que não voltam mais.

Fonte

TargetHD Podcast | 083 | O Mundo da Tecnologia Está Cheio de Polêmicas

by

banner-targethd-podcast

Nesta semana, vamos deixar o tom mais comportado do TargetHD Podcast um pouco de lado, e vamos falar das polêmicas que tivemos em uma tumultuada semana de tecnologia. Afinal, Arábia Saudita interferindo no uso do BlackBerry (problema já resolvido, felizmente), demissão de CEO da HP por causa de assédio sexual, além das cabeças que foram cortadas na Apple por causa do “antenagate” (na verdade, uma cabeça só). Fique por dentro de tudo! Afinal, se você acha que polêmicas são apenas as brigas que acontecem no Twitter, este programa vai mudar os seus conceitos.

Visite Também:

Veja as Dicas de Compras do TargetHD.net

Entre em contato:

Clique aqui e acesse a nossa área de contato
Twiter de Eduardo Moreira: @oEduardoMoreira
Twitter do blog TargetHD.net: @TargetHD
Nossa página do Facebook: facebook.com/TargetHD

Feed do TargetHD Podcast

Feeds: RSS e iTunes

[tecnologia] Censo 2010 é realizado com 150 mil terminais da LG

by

Todos vocês sabem que, a partir desta semana, começou o Censo Demográfico 2010. Para realizar esta tarefa, o IBGE conta com 150 mil computadores de mão fornecidos pela LG. Vamos então neste post conhecer mais detalhes sobre este gadget, já que faz um bom tempo que não vemos por aí um gadget desse tipo.

Os aparelhos fornecidos para o IBGE foram customizados de forma exclusiva para este projeto, a partir do smartphone LG Smart GM750, e eles foram comercializados através de sistema público de pregão. Entre suas principais características, ele tem tela de 3″ touchscreen, sistema operacional Windows Mobile 6.5, conexão WiFi e A-GPS, onde o IBGE pode localizar por onde os usuários deste aparelho passou, para evitar fraudes. Além disso, ele conta com o aplicativo do Instituto para o Censo 2010, uma capa emborrachada, para aumentar a resistência do produto durante o uso, entre outas adaptações de hardware.

via assessoria de imprensa

[software] Você se lembra da escrita Grafitti, usada nos palms? Ela está de volta, no Android OS

by

Ok, momento nostalgia no TargetHD.net. Muita gente que lê este blog já teve um Palm Pilot na vida. Ou qualquer outra versão de Palm. Eu mesmo já tive vários. E uma das grandes sacadas que eles tiveram para conquistar um público consistente é que, além da tela de toque (que era uma grande novidade para os produtos de tecnologia), eles tinham um sistema de escrita muito próxima à aquilo que os usuários utilizavam cotidianamente. Este sistema era conhecido como Grafitti, e facilitava muito a inserção de dados do usuário, e isso fez com que os PDAs se tornasse mais próximos da maioria das pessoas.

Com a “morte” dos PDAs e a chegada dos smartphones, o sistema Grafitti morreu junto, e se tornou uma velha lembrança empoeirada da nossa memória geek. Pois bem, agora não mais! Este post serve para avisar que o mítico sistema de escrita promete voltar ao nosso dia-a-dia, pelas mãos da Acess, para o Android OS. E já tem um aplicativo disponível para você voltar no tempo. E o melhor: de graça!

Fonte

[software] WebOS 1.4.5 já é algo iminente

by

Uma das fontes da Palm Central confirmou que a HP vai mesmo lançar a atualização 1.4.5 do WebOS a qualquer momento, com o objetivo principal de melhorar a integração dos aplicativos desenvolvidos com o Plug-in Development Kit. Ainda não está confirmada a integração de jogos 3D para o Pixi. Ou seja, os usuários do Pre vão manter a carga de bateria dos seus aparelhos no máximo, para não perderem esta esperada atualização.

Fonte

HP: "não compramos a Palm para entrar no mercado de mobiles"

by

O CEO da HP, Mark Hurd, resolveu deixar claro que não pretende entrar no mercado de dispositivos móveis. Na conferência para investidores do Bank Of America Merrill Lynch, Hurd explicou que o que interessa à Palm é a propriedade intelectual e, mais especificamente, o webOS, com o qual eles vão poder fabricar diversos pequenos dispositivos para conexão na web. Não dá pra dizer que ele está de todo errado, e que a grande maioria dos fãs de tecnologia estão ansiosos para ver um bom tablet com webOS, mas distanciar-se do mundo dos mobiles pode ser algo equivocado. Se era pra se interessar só no webOS, bastava injetar um pouco de dinheiro na Palm para poder ter um desenvolvimento mais rápido dos produtos, além de investir na publicidade que promova isso. E não enterrar a Palm de vez, para não entrar em um mercado que eles já estavam adentrando.

Fonte