Arquivo para a tag: nes

Analogue Nt Mini, um NES de luxo em formato pequeno, com preço pouco acessível

by

Analogue Nt

A Analogue apresenta o Analogue Nt Mini, versão compacta do console de luxo lançado pela empresa no ano passado.

Uma nova versão desse projeto, que é um console metálico com design bem trabalhado e slot para os cartuchos originais do NES (compatível com mais de 2 mil títulos).

O Analogue Nt custa caro: US$ 500 (US$ 580 com HDMI), e o novo modelo recebe o nome Analogue Nt mini, com um preço US$ 50 menor, e com as primeiras unidades chegando aos seus compradores em janeiro de 2017.

Analogue Nt 02

 

Outra coisa que chama a atenção no produto é o seu tamanho, 20% menor do que o primeiro modelo, e 34% mais leve. Algo complicado, já que é preciso miniaturizar ao extremo os componentes internos, mas mantendo um espaço para o slot de cartuchos.

Também é preciso considerar o fato que a porta HDMI agora está no console. No modelo anterior, precisava de um adaptador. Também inclui um adaptador para controle sem fio, que nos permite conectar controles mais modernos, como o Wii Remote ou o Dual Shock 4.

Analogue Nt 03

 

O Analogue Nt inclui no seu interior chips originais, para que tudo funcione exatamente igual ao NES original. Porém, no modelo mini há uma nova placa que emula o console da Nintendo. Além da já citada HDMI, há saídas S-Video, componentes e composto, para que ele funcione em uma TV antiga.

O investimento aqui pode não fazer muito sentido, mas para quem não quer deixar de viver esse momento de nostalgia em uma tela moderna, sempre é possível apelar para algum projeto com o Raspberry Pi. Ou para o NES Mini, quem sabe…

 

 

Via Analogue Nt mini

Nintendo surpreende com o lançamento de um mini NES

by

mini NES Nintendo

A Nintendo confirmou o lançamento de uma edição mini do seu console clássico NES (Nintendo 8 Bits). O lançamento dessa edição está prevista para o dia 11 de novembro.

O Nintendo Entertainment System: NES Classic Edition é uma réplica em tamanho reduzido do console clássico, mas adaptado aos novos tempos, contando com uma conexão HDMI e 30 jogos pré-instalados. O console conta com um controle idêntico ao do NES original, mas também é compatível com os controles clássicos do Wii e Wii U.

Para quem tem qualquer um desses consoles, o controle original também poderá ser utilizado com os jogos de NES disponíveis no console virtual. O pack que inclui o mini NES, o control e 30 jogos pré-instalados custa US$ 59,99, e o controle adicional vai custar US$ 9,99.

NES-de-Nintendo-1-1

Não é a mesma coisa de um NES original (obviamente), mas para os mais nostálgicos que buscam algo acessível, pode ser uma boa opção. A seguir, uma lista completa de jogos que inclui o sistema:

  • Balloon Fight
  • BUBBLE BOBBLE
  • Castlevania
  • Castlevania II: Simon’s Quest
  • Donkey Kong
  • Donkey Kong Jr.
  • DOUBLE DRAGON II: THE REVENGE
  • Dr. Mario
  • Excitebike
  • FINAL FANTASY
  • Galaga
  • GHOSTS‘N GOBLINS
  • GRADIUS
  • Ice Climber
  • Kid Icarus
  • Kirby’s Adventure
  • Mario Bros.
  • MEGA MAN 2
  • Metroid
  • NINJA GAIDEN
  • PAC-MAN
  • Punch-Out!! Featuring Mr. Dream
  • StarTropics
  • SUPER C
  • Super Mario Bros.
  • Super Mario Bros. 2
  • Super Mario Bros. 3
  • Tecmo Bowl
  • The Legend of Zelda
  • Zelda II: The Adventure of Link

Via The Huffingtonpost

Adaptador permite utilizar um Dualshock 4 em um NES

by

retro-receiver-nes

Ainda que bem difícil de serem encontrados, os Double Player da Akklaim eram a opção sem fio que permitia jogar com o NES com um controle sem cabos que não eram muito atraentes. Mas… e se você pudesse escolher o controle que você quiser da atualidade?

Isso é praticamente o que a Analogue e a 8Bitdo oferece com o novo Retro Reciver, um adaptador sem fio que se conecta à porta do NES, e que permite utilizar todo o tipo de controles atuais. Podemos por exemplo usar qualquer modelo do catálogo da 8Bitdo, que mantém um design fiel aos dos controles originais do console.

Mas o mais surpreendente chega com a compatibilidade dos modelos modernos como o Wiimote, o Wii U Pro Controller e até o Dualshock 3 ou Dualshock 4. A solução é muito bem vinda para os gamers retrô, que mesmo em tempos de emuladores e computadores ou tablets especificamente pensados nos games, preferem utilizar os seus consoles originais. É porque eu não tenho mais um NES 8 Bits. Se eu tivesse, certamente faria o investimento.

O preço do adaptador é de apenas US$ 20, de modo que temos aqui uma boa opção para quem quer voltar a jogar os seus jogos favoritos sem a intervenção dos cabos.

Via Analogue

Bateram o recorde mundial do speedrun do Super Mario Bros

by

record-super-mario-bros

De novo o mundo dos speedruns volta a ser destaque no blog. Aquele processo onde a pessoa se dedica a terminar um jogo no menor tempo possível, muitas vezes utilizando atalhos que a maioria das pessoas nem imagina que existem. Pois bem, a saga Super Mario reúne os melhores velocistas do planeta, e o primeiro jogo da saga teve o seu recorde mundial quebrado recentemente.

O novo recorde mundial de speedrun do Super Mario Bros é, agora (e até o presente momento) de 4 minutos, 57 segundos e 320 milésimos. Com essa marca, o usuário Darbian é o novo detentor dessa honraria, cujo feito foi realizado no dia 18 de outubro de 2015, superando a antiga marca de LordSaradoc (4 minutos, 57 segundos e 627 milésimos). Detalhe: o recorde só foi revelado agora porque, desde então, Darabian tentou superar ele mesmo na marca, e só agora conseguiu isso.

A diferença da antiga marca para a nova é de apenas 0.367 segundos. E o nosso protagonista conseguiu superar a marca por duas vezes consecutivas. Menos de cinco minutos foi o tempo que ele gastou para concluir o game Super Mario Bros para NES. E, tal como você poderá comprovar no vídeo a seguir, o gamer alcançou o seu objetivo com uma média de 160 pulsações por segundo nos últimos instantes do jogo.

Vídeo a seguir.

 

Via NeoGAFDarbian (YouTube)

 

Nintendo obriga a remoção da versão 3D do Zelda para NES

by

Zelda-3D

A Nintendo não ficou muito feliz com a versão 3D jogável do Zelda para o NES publicada na internet, e solicitou a remoção do game da web, por considerar uma violação de sua propriedade intelectual.

Os criadores da versão, que só a fizeram por conta dos 30 anos de lançamento de Zelda para NES, retiraram o jogo do ar para evitar maiores problemas. Mas o fizeram de bom grado: em um comunicado oficial, afirmam que, apesar de lamentarem a decisão da Nintendo por considerarem a adaptação deles algo perfeito para a ocasião, entendem o posicionamento da empresa, que tem todo o direito de proteger a sua propriedade intelectual.

É compreensível que a Nintendo não quera que suas franquias exclusivas sejam tratadas de forma arbitrária e sem a sua autorização. Logo, é fácil entender a decisão da empresa, apesar do fato dos criadores dessa versão 3D comentarem que compartilharam algumas partes do projeto no GitHub, suprimindo obviamente aquelas que podem levar a ter eventuais problemas legais.

Por outro lado, é preciso levar em consideração que a Nintendo normalmente tem um foco excessivo nos seus jogos clássicos em seus consoles de nova geração, e esse tipo de adaptação não a beneficia em nada, já que podem afetar claramente as suas receitas.

Via Site oficial do projeto

Game Boy Zero, um Game Boy modificado que roda qualquer jogo retrô da Nintendo

by

game-boy-zero-ed2

Uma Game Boy que pode rodar jogos do NES, SNES, Game Boy e Game Boy Advance? Sim, é possível. O YouTuber Wermy mostra m seu canal todo o processo para materializar o Game Boy Zero, um divertido mod do Game Boy que roda qualquer jogo retrô da Nintendo.

Isso só foi possível com a ajuda de uma Raspberry Pi Zero (com o emulador instalado), um cartucho modificado para poder utilizar um cartão microSD e muita imaginação para seguir adiante, além da concessão, dentro do espírito retrô, de algumas modernidades, como incluir uma tela de 3.5 polegadas, uma bateria de íon-lítio de 2.000 mAh melhorada com recarga via USB, um conector mini HDMI e botões extras para jogar alguns títulos mais recentes.

game-boy-zero-ed2-02

O Wermy documentou todo o processo de construção do Game Boy Zero no Imgur, montando um guia que, apesar de não ser um tutorial ao pé da letra, pode dar uma ideia muito boa sobre como é possível realizar essa atraente modificação. Certamente os usuários mais habilidosos no assunto poderão reproduzir o feito sem maiores dificuldades.

O criador também responde a qualquer pergunta relacionada ao projeto no YouTube. Sem falar que, se você se animar a fazer a sua versão do console portátil, sempre terá o apoio do próprio autor da façanha.

Vídeo demonstrativo a seguir.

 

Via SploidYouTube (Wermy)Imgur

 

Um NES de ouro 24 quilates para comemorar os 30 anos de Zelda

by

nes-de-ouro-30-anos-zelda-02

A Analogue apresenta o Analogue Nt, um console NES com um espetacular design, excelentes materiais, totalmente adaptado para funcionar com as TVs atuais, em um incrível corpo de alumínio. Esse console custa US$ 500… na versão normal. A série especial custa ‘um pouco mais caro’.

O console é totalmente adaptado para funcionar com os cartuchos clássicos do Nintendo 8 Bits, e claramente não é um produto para as massas, ou uma iniciativa interessante para muitos, mas ao menos o seu nível de exclusividade está garantido com essa chapa de ouro 24 quilates que reveste o produto.

 

Celebrando os 30 anos de Zelda

nes-de-ouro-30-anos-zelda-01

O motivo para esse lançamento é para comemorar o 30º aniversário da família de jogos Zelda. Os seus US$ 5 mil já o colocam em um local quase inatingível de compra, mas saber que o seu fabricante vai produzir apenas dez unidades do produto tornam as coisas ainda mais complicadas.

Cada um dos dez consoles virá com o jogo original do Zelda, o que a Nintendo lançou em 1986. Também virá em uma carcaça dourada para não destoar do console. Tudo o que rodeia esse projeto é impressionante e também desnecessário.

Sobre o console em si, ele é desbloqueado para funcionar em qualquer região, com a possibilidade de receber todos os acessórios lançados para o console original da Nintendo. É preciso ficar claro que o Analogue Nt não emula um NES, mas sim é uma versão moderna desse console, permitindo a conexão em TVs via HDMI, com um adaptador que custa US$ 79.

O mais interessante de tudo, apesar do preço, é que ele permite realizar o upscalling de jogos para os formatos 720p ou 1080p. Também é possível configurar o produto para reproduzir a resolução oficial na tela.

Mais fotos do console a seguir.

nes-de-ouro-30-anos-zelda-04 nes-de-ouro-30-anos-zelda-05 nes-de-ouro-30-anos-zelda-06

Via Analogue

Emulador dá efeitos 3D aos jogos do NES

by

mario-3d

Um emulador consegue adicionar efeitos 3D aos jogos do NES da Nintendo (ou Nintendo 8 Bits), convertendo os objetos 2D do jogo em objetos 3D.

Não é algo realmente novo. A SEGA já fez algo parecido com alguns dos seus títulos clássicos, mas o que torna este emulador especial é o fato de que o trabalho é feito de forma automática, sem oferecer trabalho adicional para o jogador. Ou seja, basta carregar a ROM do jogo do NES e pronto: o efeito é aplicado automaticamente.

 

De um modo geral, o resultado final é muito bom, apesar de algumas falhas e elementos a serem melhorados. Imaginamos que isso será resolvido progressivamente, já que o emulador ainda está em desenvolvimento. A seguir, alguns vídeos onde podemos ver o emulador em ação. É possível testar o projeto diretamente no navegador Firefox, com a ajuda do plugin Unity, nesse link.

 

Via SlashGear3DNES projectARS Technica

Um NES vitaminado, com 8 controles e conectado a 8 projetores

by

nes-8-controles-vitaminado

Um grupo de engenheiros da ETH em Zurique, em parceria com o pessoal da Disney Research, criaram um sistema baseado no Nintendo Entertainment System (NES) que transforma os videogames de 8-bits em uma experiência multijogador imersiva.

Eles pegaram o console NES e conectaram a oito projetores e oito controles, montando o sistema em uma sala onde a projeção do videogame inundasse o ambiente. Foram utilizados consoles, cartuchos e controles reais, e o videogame nem foi modificado: eles aproveitaram vários componentes de hardware e software adicionais para obterem sucesso.

Os oito controles se conectaram através de uma placa Arduino, e o sinal de vídeo recebeu um upscalling para 576p a 60 Hz. O áudio do console estava conectado ao sistema de som da sala. A saída de vídeo do NES era analisada a partir de um PC, que emitia para cada projetor a imagem final, corrigindo as distorções e permitindo que os gráficos sejam exibidos de forma perfeita.

O Arduino ia trocando de controle em controle a condução do jogo, controlado pelo PC principal, de acordo com a mudança de fase no jogo. Desse modo, os 8 jogadores presentes participavam da partida de forma comunitária. O teste foi realizado em uma casa noturna da Suíça com 400 convidados.

Vídeo a seguir.

 

Via AtmelETH Zurich

8BIT MUSIC POWER, um álbum musical em 8 bits dentro de um cartucho de Nintendo 8 Bits

by

8bit-music-power

A nostalgia é capaz de coisas incríveis. Por exemplo, esse novo cartucho para o Nintendo 8 Bits (ou o Nintendo Famicom, do Japão), que foi apresentado de forma exclusiva para o mercado japonês. O 8BIT MUSIC POWER é um cartucho com 12 músicas de 8 bits totalmente inéditas, desenvolvidas por antigos compositores de trilhas para jodos do NES.

Entre os envolvidos, temos nomes como Yuriko Keino (Xevious e Dig Dug) e Takeaki Kunimoto (Star Solider), entre outros. O resultado pode ser visto no vídeo do final do post, e tem tudo para se tornar um objeto de desejo para os colecionadores. Serão comercializadas poucas unidades desse cartucho, que custa US$ 45, com lançamento previsto em 2016.

Lembrando: o 8BIT MUSIC POWER só funciona em consoles Famicom. Em um Nintendo 8 Bits (NES) comum, ele não vai funcionar.

 

Via Engadget

Shigeru Miyamoto desvenda alguns dos mitos por trás do Mario

by

mario-30-anos-nintendo

Para comemorar os 30 anos de vida do Mario, a Nintendo publicou um pequeno vídeo onde Shigeru Miyamoto revela o que há de certo e errado em alguns mitos por trás do personagem.

Ninguém melhor que o ‘pai da criatura’ para responder essas questões. A mente por trás de Zelda e Star Fox confirmou que a origem do nome Mario foi um sinal de gratidão ao dono do armazém que eles alugaram na década de 1980 nos Estados Unidos para iniciar as operações da Nintendo no país. Com isso, o ‘jumpman’ passou a se chamar Mario.

A segunda pergunta é se o Mario que vemos na capa do jogo original para NES (Super Mario Bros) estaria a ponto de perder uma vida. Miyamoto diz que não, e que, é claro, passaria da bola de fogo normalmente antes de ser atingida por ela.

Outra pergunta feita foi: ‘deixaria que o Dr. Mario te operasse?’. Miyamoto responde com um contundente NÃO.

Por fim: Super Mario Bros 3 é uma peça de teatro? O criador do jogo diz que sim, e que essa é uma possibilidade sugerida na tela inicial do jogo.

Via Nintendo

Todas as novidades da Nintendo na E3 2015

by

star-fox-e3-2015

A Nintendo dificilmente decepciona na E3 2015, e mesmo que o seu catálogo de jogos esteja reduzido, de uma forma ou de outra eles conseguem chamar atenção.

Poucas surpresas, e algumas coisas mais previsíveis para os consoles Wii U e 3DS foram apresentadas. Porém, é um catálogo que busca reconquistar o público que a própria Nintendo perdeu com a chegada dos smartphones. A empresa fala do seu futuro nos consoles tradicionais, mas dando mais indícios que pode migrar para o universo mobile.

 

Starfox Zero, a transformação de um clássico

starfox-zero

Miyamoto explicou o sucesso das franquias da Nintendo com uma única palavra: transformação. Com isso em mente, temos Starfox Zero, um jogo de naves que apresenta cenários a serem explorados, onde a nave se transforma em um robô de terra, capaz de saltar e disparar.

Por um lado, temos a essência original de Starfox, combinado com elementos novos que buscam um desenvolvimento de trama que vai além de sair de um ponto inicial para ir até o chefe da fase, eliminando inimigos pelo caminho.

Pouco pode ser visto durante a apresentação, mas alguns detalhes sobre o novo Starfox foram revelados. Os gráficos parecem ser simples, ao menos nas imagens mostradas, e surpreende que a Nintendo não apostou mais alto nesse aspecto, já que estamos falando do Wii U, que tem potencial para isso.

O jogo terá integração com o GamePad, mas sem deixar claro o seu funcionamento. No que foi mostrado, sabemos que a tela do controle servirá como um espelho, e nem tanto como uma tela secundária para informações adicionais. O jogo será lançado em 2016.

 

O Amiibo é cada vez mais importante para a Nintendo

amiibo-nintnedo-

 

Os novos Amiibos da Nintendo vão funcionar com o novo game Skylanders. As figuras serão vendidas com uma aba que permitirão intercalar o seu uso entre a franquia da Activision e os demais jogos do catálogo dos japoneses onde os bonecos são compatíveis. Também estarão presentes em um novo jogo Animal Crossing para Wii, Yoshi Wooly World e uma edição especial para Super Mario Maker.

A ideia da Nintendo é que os usuários usem os Amiibos para expandir a vida de cada jogo. Veremos no futuro se isso acontece. Ao que tudo indica, o problema de demanda e produção dos acessórios foi mais ou menos solucionado.

 

Super Mario Maker, para comemorar 30 anos do bombeiro

super-mario-maker

Um novo Mario para continuar a saga. Na verdade, um crossover entre Paper Mario e a série Mario & Luigi dos portáteis. Os dois mundos se encontram para lutar contra um inimigo comum. É uma combinação um pouco rara, mas que deve dar certo para o Nintendo 3DS, com lançamento para o começo de 2016.

O Super Mario Maker é uma ferramenta para criar novos níveis, muito mais completo que na sua primeira versão. O jogo tem como objetivo ser a homenagem perfeita para os 30 anos de lançamento do Super Mario original.

Alguns detalhes foram mostrados, como alguns elementos adicionais no modo de criação e as setas misteriosas. Um novo objeto vai permitir mudar a aparência do Mario: o Link, o treinador do Wii Fit. Infelizmente, só foram mostrados os modelos do tipo NES, e não sabemos como eles vão se apresentar nas outras três camadas que o jogo possui.

Um ultra-realista bolo em forma de NES (Nintendo 8 Bits)

by

nintendo-cake

Na primeira vista, você pode achar que é um console Nintendo 8 Bits qualquer. Mas não deixe se enganar: o que você está vendo é um super realista bolo com aparência de um console Nintendo 8 Bits.

Esse bolo foi confeccionado pela confeitaria australiana Cara Mia Cake, para um casamento. O casal escolheu o console da Nintendo porque eles se conheceram e se apaixonaram através dos videogames. É, a história é boa. Mas o resultado final do console é sensacional!

+info

Nintendo vai ressuscitar jogos do NES e SNES, com a ajuda do Amiibo

by

650_1000_new_nintendo_3ds_xl_analisis_amiibo

Rumores indicam que a Nintendo pode expandir as funcionalidades do Amiibo, os itens de realidade aumentada que são sucesso de vendas. Uma das ideias é permitir a execução de jogos ‘retrô’, preparando o Wii U para rodar demos e jogos concretos do NES e SNES.

Em uma pequena nota de imprensa, a Nintendo garante que a nova funcionalidade será apresentada no primeiro semestre de 2015 no Wii U, mas sem entrar em detalhes sobre os requisitos do funcionamento ou títulos disponíveis.

Além disso, a Nintendo revelou dados atuais (de vendas) e a lista dos Amiibos mais vendidos, de acordo com as diferentes regiões onde são comercializados.

amiibo-ranking-feb2015

Link, de Zelda, é o onipresente em três dos quatro principais mercados da Nintendo. Já o Mario é líder na Austrália, e segue no pódio dessas quatro regiões, porém parece não ser o preferido entre os fãs da empresa.

Via ArsTechnicaNintendo

Para os nostálgicos: Nintendo 3DS XL NES Edition

by

nintendo-3ds-xl-nes-edition

A Nintendo anunciou na GameStop Expo 2014, que acontece em Anaheim, Califórnia (EUA) o lançamento de três novas edições especiais do console Nintendo 3DSXL. Além das séries SmashBros e Persona Q, a que mais chama a atenção é a NES Edition.

Esta última (foto acima) homenageia o console clássico de 8 bits da Nintendo, com um design inspirado em seu mítico controle. Até a caixa foi personalizada, imitando perfeitamente o console.

As novas edições do 3DS XL estarão disponíveis a partir de outubro (dia 3 para a SmashBros, e dia 10 para a NES) e novembro (para a PersonaQ), com preços sugeridos de US$ 199 para todas as versões. Não foi informado como será a distribuição em outros mercados.

smashbros 3ds-xl-personaq

Via BusinessWire