Arquivo para a tag: gamificação

Ford Smart Mobility Game Challenge: desenvolvedores de games criam soluções para a mobilidade

by

smart-mobility-game

A Ford anunciou durante a Gamescom 2015 uma competição que convida os desenvolvedores de games a criar soluções para os problemas globais de mobilidade. O Ford Smart Mobility Game Challenge tem como foco integrar os diferentes modos de transporte de uma cidade, transformando esse desafio em um jogo online divertido e envolvente.

O vencedor receberá um prêmio de 10 mil euros e poderá mostrar seu trabalho no Congresso Mundial da Mobilidade 2016, em Barcelona. As inscrições podem ser feitas em ford-smart-mobility-game-challenge.com até 1º de outubro de 2015. O programa foi criado pela Ford junto com o Cologne Game Lab, centro acadêmico e de pensamento que faz parte da Faculdade de Ciências Culturais da Universidade de Colônia, na Alemanha.

O aprendizado gerado pelo Ford Smart Mobility Game Challenge pode ajudar a criar soluções inovadoras para a integração do transporte urbano. Os jogos poderiam, por exemplo, recompensar os passageiros por viagens bem-sucedidas, com base em critérios como tempo, custo, conforto e conveniência, usando dados pessoais do usuário e tecnologias dos smartphones e relógios.

O Smart Mobility Game Challenge faz parte do Ford Smart Mobility, programa da Ford para ajudar a inovar o transporte no mundo. Uma pesquisa recente promovida pela Ford com 5.500 passageiros nas principais cidades europeias mostrou que a maioria das pessoas considera a sua viagem para o trabalho mais estressante que o próprio emprego.

 

Gamificação

A Ford está usando a gamificação para acelerar o desenvolvimento dos veículos autônomos e para aprimorar a experiência dos clientes. A tecnologia SmartGauge – presente no Fusion Hybrid –, por exemplo, recompensa o motorista quando ele dirige de forma econômica.

O aplicativo MyFord Mobile permite ao motorista gerenciar remotamente a recarga de seu veículo elétrico e mostra a redução na emissão de CO2 na forma de bolas ou balões. A Ford também está usando elementos dos games no desenvolvimento do Mode:Link, aplicativo experimental de planejamento de viagem com bicicleta elétrica.

Os games podem recompensar as pessoas por caminhar ou andar de bicicleta com tempo bom e conectá-las ao GoDrive, serviço de compartilhamento de carros da Ford. Incentivando as pessoas a usar rotas menos congestionadas, eles também podem ajudar a aliviar o trânsito.

Um júri de especialistas em games e mobilidade vai escolher os cinco finalistas do desafio. Ele é formado por: Bjoern Bartholdy, professor de design de mídia e co-diretor do Cologne Game Lab; Will Farrelly, de Inovação da Experiência do Usuário da Ford Europa; Tracy Fullerton, diretor do Programa de Games da Universidade do Sul da Califórnia; Dan Greenawalt, diretor criativo da Turn 10 Studios; e Paolo Tumminelli, professor de Conceitos de Design da Köln International School of Design.

 

Desafio em São Paulo

O programa Ford Smart Mobility conta com iniciativas nas principais cidades do mundo e inclui uma etapa no Brasil, o Desafio São Paulo de Mobilidade. Seu objetivo é a criação de aplicativos para a integração dos carros e do transporte público na maior metrópole do País. As inscrições estão abertas até 8 de setembro, com prêmios de R$ 30 mil, R$ 20 mil e R$ 7 mil para os três primeiros colocados, respectivamente.

Via assessoria de imprensa

Pocket Points premia alunos que deixam os seus iPhones na mochila

by

650_1000_pocket-points2

O Pocket Points é um aplicativo que aplica o conceito de reforço positivo para premiar os estudantes que bloqueiam os seus smartphones enquanto eles estão na sala de aula, evitando assim utilizar o dispositivo para jogar, mandar mensagens ou consultar aplicativos.

Os pontos adquiridos pelo aplicativo podem ser utilizados para comprar produtos em lojas ou empresas associadas, além de oferecer descontos em livros ou refeições em centros que apoiam a iniciativa. O aplicativo se baseia na localização do aluno, e quanto maior o número de pessoas contam com telefones bloqueados no colégio, mais pontos todos os envolvidos recebem.

Por enquanto, o Pocket Points é exclusivo para iOS. Seu funcionamento é simples: o app premia com um ponto a cada vez que não usamos o smartphone na sala de aula durante 20 minutos. Em um teste realizado na Universidade de Penn State, foram ofertados descontos de 15% na loja do colégio se o usuário contava com 10 pontos.

Por enquanto, Penn State e California State foram as duas únicas universidades onde o projeto está em vigor (as duas participaram do seu desenvolvimento), e agora os seus responsáveis tentam atrair as empresas, fazendo com que os pontos acumulados pelos alunos sejam aproveitados em lojas e comércios associados ao programa de promoções.

Via PocketPoints