Arquivo para a tag: ford

Ford Fusion 2017 tem sistema de aceleração e freio autônomo

by

FordFusion2017-1

A Ford anunciou que vai lançar junto com o Fusion 2017 nos Estados Unidos uma tecnologia semiautônoma capaz de tornar a direção no trânsito menos estressante: o piloto automático adaptativo com função para-e-anda.

O Fusion será o primeiro carro da marca a trazer o sistema, que acelera e freia automaticamente nos congestionamentos e mantém uma distância segura do veículo à frente. Ele chega aos EUA neste trimestre e depois será oferecido também em outros modelos.

O novo piloto automático da Ford permite ao motorista programar, por botões no volante, a velocidade e a distância que deseja manter do veículo à frente. Usando um sistema avançado de radar, câmera e software para monitorar o tráfego na pista a cada 50 milissegundos, ele ajusta a velocidade automaticamente para tornar a viagem confortável.

Em tráfego lento, o sistema pode frear o carro até a parada total. Se ele permanecer parado por mais que 3 segundos, basta apertar o botão no volante ou o acelerador para retomar a viagem na velocidade e distância programadas. Essa função ajuda a manter o motorista atento em caso de paradas longas.

O piloto automático adaptativo com para-e-anda é uma ferramenta de grande utilidade no trânsito. Para situações imprevistas, a tecnologia conta também com o assistente de pré-colisão com detecção de pedestres, que usa a mesma câmera e sensores para identificar potenciais colisões com um veículo ou pedestre à frente. Nesse caso, o sistema da Ford gera um aviso visual e sonoro, pré-carrega os freios e, se necessário, também freia o carro automaticamente, ajudando a reduzir a severidade ou mesmo a evitar o acidente.

Vídeo demonstrativo a seguir.

 

Ford anuncia a terceira geração do Sync na Campus Party Brasil 2016

by

FORD CAMPUS PARTY-SYNC 3A

A Ford vai lançar este ano no Brasil a terceira geração do sistema de conectividade SYNC, com novidades que trazem a mesma funcionalidade dos smartphones para dentro dos carros e um desempenho altamente intuitivo.

A novidade foi anunciada pela empresa hoje (26) em São Paulo, na abertura da Campus Party Brasil 2016. O SYNC 3 permite o acesso por comando de voz a diversos aplicativos de uso diário, além de velocidade na conexão com os recursos do celular, entretenimento e navegação.

O SYNC 3 é compatível com os sistemas CarPlay, da Apple, e Android Auto, do Google, para interação com os novos smartphones e aplicativos. O sistema de navegação traz uma interface gráfica renovada, com mapa em 2D e 3D, atalhos para os destinos mais frequentes e comandos de toque semelhantes aos dos smartphones. O campo de busca completa o nome quando se inserem as primeiras letras, usando o banco de dados.

O projeto do SYNC 3 valoriza a simplicidade, com menos itens na tela para tornar o controle mais fácil e sem a necessidade de desviar a atenção do motorista. Os ícones e áreas de toque são maiores e os menus, mais simples. As três opções que os clientes mais usam – áudio, telefone e navegação – estão sempre disponíveis. Os contatos telefônicos são acessados por um único toque na agenda alfabética e bastam dois passos para reproduzir uma música.

 

FORD CAMPUS PARTY-SYNC 3

Presente em mais de 15 milhões de veículos no mundo, o SYNC é líder da indústria e peça central do plano da Ford para ser não só uma fabricante de veículos, mas uma empresa de automóveis e de tecnologia voltada para a mobilidade.

O objetivo da empresa é estreitar o relacionamento com os desenvolvedores que estão na linha de frente das tendências tecnológicas para incentivar a criação de novas soluções em conectividade, carros autônomos, mobilidade, experiência do consumidor e análise de dados.

Além de desempenho mais rápido, o SYNC 3 traz uma tecnologia de reconhecimento de voz aprimorada, gráficos mais fáceis de visualizar e comandos de tela intuitivos, semelhantes aos dos smartphones e tablets, podendo também ter seus programas atualizados por wi-fi ou USB.

FORD CAMPUS PARTY-STEVEN ARMSTRONG07

No desenvolvimento da nova geração do SYNC, a Ford ouviu cerca de 22.000 comentários e sugestões de clientes em clínicas e pesquisas, o maior número já envolvido em qualquer produto ou acessório da marca. Em vez de concorrentes do segmento automotivo, esse trabalho usou como referência smartphones e tablets para definir as expectativas dos consumidores.

A conectividade tornou-se um fator importante na decisão de compra dos automóveis e hoje todas as linhas da Ford no Brasil, incluindo Ka, New Fiesta, Focus, Fusion, EcoSport, Edge e Ranger, contam com a disponibilidade do sistema SYNC. A primeira geração do equipamento foi lançada em 2007 na América do Norte e chegou ao Brasil no ano seguinte.

Desde então, a Ford lidera o desenvolvimento da conectividade em veículos, usando a conexão Bluetooth e comandos de voz para o motorista poder ouvir música, falar no telefone ou acessar seus aplicativos com segurança, mantendo as mãos na direção e os olhos na pista.

 

Ford Garage Lab

FORD CAMPUS PARTY-GARAGE LAB

Outras atrações da Ford na Campus Party são a exposição do novo Focus, líder dos hatches médios, equipado com sistema SYNC, e o Ford Garage Lab, instalação em formato de laboratório experimental montada em seu estande. A marca vai convidar os “campuseiros”, como são chamados os participantes da feira, a pensar em soluções inovadoras relativas ao mundo automobilístico. No desafio “O que você é capaz de criar em 90 minutos?” eles terão à disposição ferramentas como módulos eletrônicos para colocar em prática suas ideias.

Ford incentiva o desenvolvimento de aplicativos na Campus Party

by

EcoSport-SYNCAppLink

A Ford vai reunir seus especialistas em conectividade na Campus Party para atender aos desenvolvedores que estão na linha de frente das novas tendências da tecnologia. O objetivo é incentivar o desenvolvimento de novas ideias e de aplicativos compatíveis com o AppLink, disponível no sistema multimídia SYNC, que permite ao motorista controlar apps por comandos de voz.

Maior feira brasileira de inovação, a Ford será pela quarta vez consecutiva a única da indústria automotiva presente no encontro, que acontece de 26 a 31 deste mês, no Parque Anhembi, em São Paulo (SP). A empresa tem tradição nesse evento. Na edição de 2014, por exemplo, revelou o AppLink no Brasil, que resultou na introdução de 13 aplicativos para uso no País  por meio de parcerias com 26 empresas.

Comprovando a praticidade do sistema, o período de criação de um novo aplicativo junto aos desenvolvedores terceiros atualmente é bastante curto, podendo variar de dois meses e meio a seis meses, dependendo da complexidade. Após essa etapa, a Ford realiza 5 mil testes, em três semanas, para cada app lançado.

A interface do AppLink, que faz a comunicação entre o smartphone e o SYNC, recebe cerca de 2.900 avaliações sobre seu funcionamento. Além disso, cada novo aplicativo tem aproximadamente 1.300 verificações para funcionamento no sistema Android e 900 para o iOS. Esse trabalho de validação é realizado pelo time de conectividade em simuladores e nos automóveis, assegurando total compatibilidade entre as diferentes plataformas.

Atualmente, os consumidores da Ford no Brasil podem acessar 13 apps pelo SYNC AppLink: Guia UOL; Glympse (para compartilhamento de localização); Aupeo!, de rádios online de todo o mundo; Spotify; Let´s Park; Onde Parar; Rádios 89 FM e Alpha FM; Filho Sem Fila (que facilita a busca de filhos na saída das escolas informando quando os pais estão próximos); Sem Parar; UOL Notícias; Bradesco Checkin; e Touch Pizza – que permite pedir uma pizza antes mesmo de chegar em casa.

Ford apresentou o FordPass no Salão de Detroit

by

FordPass-ReservaEstacionamento

A Ford apresentou no Salão de Detroit o FordPass, uma plataforma que reinventa a relação entre a empresa e o consumidor, como parte da sua transformação em uma empresa de automóveis e de mobilidade.

O FordPass pretende ser para os proprietários de carros o que o iTunes representou para os fãs de música. Será lançado em abril nos Estados Unidos e no Canadá, seguido por outros mercados, incluindo Europa, China e Brasil, ainda este ano.

Os membros do FordPass podem conversar com assistentes pessoais de mobilidade – os FordGuides – de noite ou de dia para ajudar a resolver seus desafios de mobilidade, seja para encontrar um modo melhor de se locomover, seja para reservar o estacionamento antes de chegar ao seu destino. Os associados também podem reservar e pagar pelo estacionamento com antecedência, praticamente construir o seu veículo ideal em um dos vários FordHubs e receber prêmios de fidelidade ao usar o FordPass.

A adesão ao FordPass é gratuita, tanto para proprietários de carros da Ford como para os que não são. O acesso será feito por smartphones. Os consumidores podem se inscrever para mais informações e atualizações em MyFordPass.com. O FordPass faz parte do Ford Mobility Plan, criado pela empresa para avançar nas áreas de conectividade, mobilidade, veículos autônomos, experiência do cliente e análise de dados.

O FordPass vai beneficiar seus membros de quatro formas: incluindo serviços de mobilidade do mercado; ajudando os consumidores a se mover de forma mais eficiente com os orientadores FordGuides; valorizando e reconhecendo seus membros pela lealdade; e os FordHubs, onde os consumidores poderão experimentar as inovações mais recentes da Ford.

FordHub_2

Todos os membros do FordPass terão acesso a serviços de mobilidade disponíveis no mercado. A Ford está trabalhando com as empresas ParkWhiz e Parkopedia para ajudar as pessoas a encontrar e pagar pelo estacionamento com mais facilidade e com a FlightCar para empréstimo e compartilhamento de veículos quando viajam. No futuro, os serviços vão incluir outras formas de compartilhamento de viagem e automóveis, transporte multimodal e muito mais. Os membros também podem pagar por esses serviços através do FordPay – uma carteira virtual que faz parte do FordPass

Os proprietários de carros da Ford podem se conectar facilmente com o seu distribuidor preferido para agendar serviços de manutenção ou conferir detalhes de seu financiamento pela Ford Credit. Os associados que têm veículos Ford equipados com o SYNC Connect podem usar o FordPass para dar partida remota, travar e destravar o veículo e checar o nível do combustível, óleo e carga da bateria, além da pressão dos pneus e localizar onde ele está estacionado.

Ninguém quer ser apenas um número. Por isso, os membros do FordPass podem falar diretamente com atendentes confiáveis ​​e experientes, os FordGuides, tudo ao toque de um botão. Por exemplo, se um membro quer reservar estacionamento com antecedência para um show, mas não tem certeza de como fazer isso, um toque no botão do smartphone o leva para um bate-papo ao vivo com um FordGuide, que vai mostrar as opções e ajudar a reservar o estacionamento.

O serviço estará disponível gratuitamente. A única missão dos atendentes é orientar, servir e ajudar a resolver desafios de mobilidade – e não vender.

FordHub_1

O objetivo do FordPass Perks é tornar a mobilidade mais gratificante, não importa qual seja a viagem. Os membros do FordPass serão recompensados por fazer coisas simples, como se registrar como associado, reservar estacionamento ou interagir com os FordGuides. Junto com parceiros como McDonald’s, 7-Eleven e outros, o FordPass vai premiar seus membros com mercadorias e experiências únicas.

O FordPass inclui também a abertura de FordHubs, onde os consumidores poderão explorar as mais recentes inovações da Ford, conhecer os serviços de mobilidade da empresa e participar de eventos exclusivos. Estas lojas urbanas serão localizadas inicialmente em Nova York e San Francisco, nos EUA; em Londres, no Reino Unido; e Xangai, na China. O primeiro será aberto no final deste ano no Westfield World Trade Center, em Nova York.

Nesses locais, os FordGuides vão ajudar os visitantes a conhecer as opções de mobilidade disponíveis em suas cidades, a explorar soluções para as suas necessidades de transporte, visualizando um mapa em tempo real de sua cidade, e a participar de eventos especiais, como o lançamento de novos veículos.

Android Auto e Car Play chegam ao Ford com Sync 3

by

ford-sync-3-launch-fullbleed

A nova versão do Ford Sync 3 vai incluir uma nova função que muitos esperavam: a compatibilidade com as plataformas Android Auto e Car Play.

Essa compatibilidade estreia nos modelos de 2017, a começar pelo Ford Escape. Os usuários com os modelos 2016 baseados em QNX poderão atualizar seus sistemas no final do ano, de acordo com a Ford, ampliando de forma considerável a disponibilidade da plataforma da Ford com esses recursos.

Vale lembrar que tanto o Android Auto como o Car Play permitem ao usuário conectar o seu smartphone com o veículo e oferecer aplicativos como navegação, chamadas, multimídia e até mensagens instantâneas diretamente na tela do veículo, além de renovar completamente o sistema multimídia do veículo.

Via Ford, TechCrunch

Google e Ford podem anunciar um acordo na CES 2016

by

ford

Google e Ford podem fechar uma parceria com o objetivo de desenvolver e fabricar carros autônomos. A nova parceria seria anunciada na CES 2016, que acontece em Las Vegas, em janeiro.

O acordo não envolveria exclusividade entre Google e Ford, o que permitiria a desenvolvedor do Android a trabalhar com outros fabricantes que estão interessados nos veículos autônomos, algo o que já ocorre com a Toyota. Por outro lado, se contempla a possibilidade de criar uma empresa em separada da Ford e Google, com a finalidade de que seja esta que faça frente aos problemas gerados por acidentes, colisões e outros assuntos de índole legal, para que assim as empresas matrizes não sejam afetadas, livrando ambas de possíveis responsabilidades diante da falta de regulamentação em torno dos veículos autônomos.

Tanto Google como Ford já trabalham a algum tempo nos veículos autônomos, e com essa parceria não apenas tentarão ajudar a melhorar o desenvolvimento desse sistema, já que a Google permitiria gerenciar melhor os custos e outros problemas envolvidos na fabricação desses carros.

A CES 2016 acontece entre os dias 6 e 9 de janeiro de 2016.

Via Yahoo

Ford usa tecnologias de smartwatches para otimizar seus veículos

by

myford-mobile-app-for-android-wear

A Ford está usando a tecnologia do smartwatch, a grande novidade de relógios inteligentes, para controlar as funções dos veículos elétricos e híbridos plug-in da marca. O funcionamento dos aplicativos pode ser visto nos videos AppleWatch e AndroidWatch.

Os novos apps completam a plataforma MyFord Mobile, lançada em 2012 para smartphones Android e Apple, e podem ser usados nos modelos Ford Focus Electric, Fusion Energi e C-Max Energi. Entre outros recursos, por exemplo, eles permitem checar a carga e autonomia da bateria, ligar o ar-condicionado, bloquear e desbloquear a partida e localizar onde o carro está estacionado.

Foram desenvolvidos especialmente para facilitar o uso e caber na tela dos smartwatches, tanto redondos como quadrados. Os de formato redondo, por exemplo, têm um design que se encaixa em modelos como o novo Moto 360. No Apple Watch, o usuário tem o recurso de olhar e tocar na tela para iniciar rapidamente a sua operação.

Funções

O aplicativo inclui as seguintes funções:
· Autonomia e nível de carga da bateria;
· Controle remoto do ar-condicionado;
· Função de bloqueio e desbloqueio;
· Relatório de quilometragem;
· Resumo do último percurso com pontuação do motorista e medição do consumo de energia;
· Orientações para localizar o veículo estacionado, tanto a pé como de carro.
· Fornece um relatório do último percurso realizado, de acordo com o modo de dirigir, mostrando o consumo equivalente de combustível, distância total e eficiência na direção e frenagem;
· Oferece também um recurso do Google Maps de ampliação de imagem e localização de estações próximas de recarga elétrica.

Ford mostra na prática o estacionamento automático perpendicular do Focus 2016

by

Ford-Focus-2016

O Focus Fastback conta com várias tecnologias desenvolvidas para auxiliar o motorista, como o sistema de estacionamento automático em vagas paralelas ou perpendiculares.

O filme “O Mágico” apresenta, de forma bem-humorada, essa tecnologia por meio de uma cena comum no dia a dia: um motorista que estaciona seu carro, enquanto um “flanelinha” tenta ajudá-lo. O vídeo mostra como o sistema facilita a tarefa de estacionar tanto em vagas paralelas como perpendiculares, dispensando o auxílio de manobristas e dos famosos “flanelinhas”.

Ao apertar um botão no console, o sistema ativa seus sensores ultrassônicos para localizar uma vaga disponível e orienta o motorista em cada etapa da manobra. Quando um espaço é encontrado, ele exibe um aviso no painel para que o veículo seja parado e pede para engatar a ré. O motorista precisa apenas controlar o acelerador e o freio enquanto o carro é estacionado na vaga, sem a necessidade de mexer no volante. Para parar em vagas perpendiculares o processo é o mesmo, bastando dar dois toques no botão.

O filme se passa em frente ao tradicional Estádio do Pacaembu, em São Paulo, e mostra um motorista que usa o sistema de estacionamento automático, uma das tecnologias inovadoras introduzidas pelo carro em seu segmento, para manobrar enquanto o “flanelinha” tenta ajudá-lo. O vídeo tem como objetivo divulgar tecnologias ainda pouco comuns no Brasil por meio de um conteúdo autoexplicativo.

Vídeo a seguir.

 

Ford ajuda no desenvolvimento de carro movido a energia solar para campeonato mundial

by

Carro solar-PunchOne1

A Ford auxiliou estudantes de engenharia da Universidade de Leuven, da Bélgica, a desenvolverem o “Punch One”, carro movido a energia solar que competirá no World Solar Challenge, campeonato mundial não oficial dessa categoria de veículos que será realizado entre 18 e 25 de outubro, na Austrália. O modelo teve sua aerodinâmica aprimorada pelos especialistas do túnel de vento do Centro de Desenvolvimento da Ford em Merkenich, na Alemanha.

Desde 2005, a Ford apoia a equipe da universidade, chamada Belgian Solar Team, no desenvolvimento de seus carros solares. A ação faz parte dos programas que a marca promove em todo o mundo para incentivar a formação de jovens engenheiros no setor automotivo. Este ano, a companhia também deu acesso ao Campo de Provas de Lommel, na Bélgica, para os estudantes testarem a dirigibilidade, funcionalidade e resistência do protótipo.

O “Punch One” correrá com outros 29 veículos de 17 países, que terá um percurso de mais de 3.000 km através da Austrália. Ele é o primeiro carro de quatro rodas da equipe com desenho assimétrico, que ajuda a reduzir em 25% a resistência do ar. Além disso, o veículo é 10 kg mais leve que o modelo anterior e possui painéis solares cerca de 50% mais eficientes. Sua velocidade máxima também foi limitada em 125 km/h para otimizar o consumo de energia, item importante em uma corrida de longa duração.

Ford desenvolve sistema de filtro de ar baseado em trajes espaciais

by

FiltroAr-2

O Centro Europeu de Pesquisa & Inovação da Ford em Aachen (Alemanha) desenvolveu um novo sistema de filtragem de entrada de ar na cabine do veículo que propicia o bloqueio de partículas ultrafinas, ou seja, mil vezes menores que um fio de cabelo.

O processo utiliza uma tecnologia com carvão ativado, semelhante à das máscaras de proteção avançadas e respiradores existentes nos trajes espaciais. A introdução do sistema de filtragem em alguns modelos na Europa faz parte da difusão desse novo equipamento que está disponível na nova linha Mondeo, S-MAX e Galaxy, e chegará a outros veículos da marca.

Comemorando seu 20º aniversário este ano, o Centro desenvolveu vários estudos até chegar a essa nova tecnologia. Ela permite tornar o ar respirado dentro do carro mais limpo que o do ambiente externo e é 50% mais eficaz que os sistemas convencionais porque além de bloquear quase todo o dióxido de nitrogênio – um desencadeador da asma – é capaz de reter até 99% do pólen, gases poluentes e odores.

TecnologiaFiltroAr

Mesmo com o carro rodando na cidade, em engarrafamentos ou túneis, os testes mostram que com o novo filtro as concentrações de dióxido de nitrogênio e partículas na cabine foram iguais ou menores às encontradas em áreas rurais. Essa filtragem de ar é mais uma inovação que contribui para tornar as viagens mais confortáveis e seguras.

O sistema inclui um sensor de qualidade do ar que fecha automaticamente a entrada externa ao detectar a presença de monóxido de carbono e dióxido de nitrogênio no ambiente fora do carro, acionando a função de filtragem e recirculação de ar avançada.

Inscrições para o Desafio de Mobilidade da Ford na reta final

by

ford-logo

A Ford é uma das empresas que estão liderando a pesquisa e busca de novas soluções para a mobilidade urbana, interagindo com outros setores de tecnologia do mercado. Uma de suas iniciativas é o Desafio São Paulo de Mobilidade, concurso que incentiva os desenvolvedores de aplicativos a criar ideias inovadoras que combinem o uso do carro e do transporte público na capital paulista. As inscrições para o desafio entram agora na reta final e podem ser feitas até o dia 8 de setembro pelo site saopaulo-national.devpost.com.

O Desafio São Paulo de Mobilidade faz parte do programa global da Ford chamado Ford Innovative Mobility Challenge, que já promoveu dez concursos ao redor do mundo em grandes cidades como Bombaim (Índia), Los Angeles (EUA), Londres (Reino Unido), Lisboa (Portugal), Xunquim (China) e Johanesburgo (África do Sul). Em todos eles, o objetivo é encontrar soluções inovadoras para os principais problemas de mobilidade, ajudando a criar o transporte urbano do futuro e novos modelos de negócios no setor.

No Desafio São Paulo, os projetos serão avaliados por um júri especializado em tecnologia e mobilidade urbana, seguindo critérios como qualidade da ideia, criatividade, originalidade, implementação e potencial de impacto. Os três primeiros colocados receberão, respectivamente, os prêmios de R$ 30 mil, R$ 20 mil e R$ 7 mil. Haverá ainda um vencedor pelo voto popular, com prêmio de R$ 2 mil.

As inscrições e a votação serão feitas por meio do site ChallengePost. Para participar do Desafio São Paulo de Mobilidade é preciso ter no mínimo 18 anos e residir no país. O concurso está aberto também a organizações. Além do app, junto com a inscrição é preciso apresentar um vídeo que demonstre suas funcionalidades e características principais.

Ford adiciona airbag de joelhos em Mustang, com a ajuda de novas patentes

by

ford-logo

A Ford registrou 23 novas patentes para criar um novo airbag de joelhos para o passageiro dianteiro. Introduzido no Mustang e, em breve, em outros modelos da marca, esse novo airbag usa um plástico moldado com design inovador, ao invés de tecido, que fica prensado na tampa do porta-luvas.

A instalação no porta-luvas também é uma inovação. Está integrado na porta do porta-luvas, e não no painel de instrumentos, o que reduz o peso e aumenta o espaço para o passageiro da frente.

Com apenas 46 centímetros de comprimento e 28 centímetros de largura, o novo airbag de joelho do Mustang pesa 65% menos que um airbag convencional, o que ajuda a economizar combustível, com o mesmo nível de proteção. Em caso de colisão, um pequeno gerador de gás dentro da tampa do porta-luvas infla a bolsa em apenas 20 milissegundos, empurrando a parte externa da tampa para proteger as pernas.

No total, o novo Ford Mustang é equipado de série com oito airbags e foi classificado com o padrão máximo de segurança pelas autoridades norte-americanas. Disponível nas versões fastback e conversível, pela primeira vez em seus mais de 50 anos de produção o esportivo será vendido na Europa e outros mercados globais.

Ford testa veículos em base militar para recriar os climas mais frios do planeta

by

Ford-TesteFrio-3

A Ford utiliza o maior laboratório militar de testes climáticos do mundo, na base aérea de Eglin, na Flórida, EUA, para aprimorar a qualidade e o desempenho de seus veículos. O Laboratório Climático de McKinley, pertencente à Força Aérea dos Estados Unidos, permite a realização de testes em frio extremo de até 40ºC negativos.

Essa instalação sofisticada é usada pela Força Aérea dos Estados Unidos para testar todas as aeronaves do Departamento de Defesa. Nela, os engenheiros da Ford podem reduzir a temperatura a até 40ºC negativos em um período de apenas 10 horas. O clima quente e úmido do noroeste da Flórida agora em agosto, por exemplo, não afeta em nada as condições dentro do laboratório, que é capaz de simular os invernos mais rigorosos do Alasca e do Canadá.

Se durante o desenvolvimento do produto os engenheiros não têm acesso a um ambiente natural para testar a partida dos veículos em temperaturas congelantes – por ser verão –, o seu funcionamento pode ser simulado, calibrado e validado no laboratório. A instalação tem capacidade para acomodar 75 veículos de todos os tamanhos e também conta com acomodação para um time de 54 engenheiros e especialistas da Ford. Assim, é possível realizar em apenas três semanas testes que levariam o dobro do tempo em uma instalação menor. A coleta de múltiplos dados, análise e comparação de resultados permite fazer mudanças e aprimorar a qualidade dos veículos para o consumidor.

Em diversas regiões do mundo, é essencial para os consumidores ter um veículo capaz de operar em condições climáticas extremas. Para garantir que os clientes que vivem e trabalham em regiões frias possam dar a partida e rodar com seus veículos em segurança em temperaturas abaixo de zero, os engenheiros da Ford consideram todas as variáveis.

Os testes incluem simulações para situações específicas. Nos campos de petróleo do Alasca, por exemplo, as picapes Ford Série F servem não só como meio de transporte mas também como abrigo para os trabalhadores que precisam de uma cabine aquecida para se proteger do frio durante o trabalho.

Para garantir o atendimento dessa necessidade, os engenheiros da Ford testam o motor em ponto morto durante semanas em temperaturas que variam de 5ºC a 40°C negativos. Outro teste analisa a volatilidade de 13 tipos de combustível usados pelos consumidores em diferentes mercados do mundo para calibrar a partida a frio.

Ford Smart Mobility Game Challenge: desenvolvedores de games criam soluções para a mobilidade

by

smart-mobility-game

A Ford anunciou durante a Gamescom 2015 uma competição que convida os desenvolvedores de games a criar soluções para os problemas globais de mobilidade. O Ford Smart Mobility Game Challenge tem como foco integrar os diferentes modos de transporte de uma cidade, transformando esse desafio em um jogo online divertido e envolvente.

O vencedor receberá um prêmio de 10 mil euros e poderá mostrar seu trabalho no Congresso Mundial da Mobilidade 2016, em Barcelona. As inscrições podem ser feitas em ford-smart-mobility-game-challenge.com até 1º de outubro de 2015. O programa foi criado pela Ford junto com o Cologne Game Lab, centro acadêmico e de pensamento que faz parte da Faculdade de Ciências Culturais da Universidade de Colônia, na Alemanha.

O aprendizado gerado pelo Ford Smart Mobility Game Challenge pode ajudar a criar soluções inovadoras para a integração do transporte urbano. Os jogos poderiam, por exemplo, recompensar os passageiros por viagens bem-sucedidas, com base em critérios como tempo, custo, conforto e conveniência, usando dados pessoais do usuário e tecnologias dos smartphones e relógios.

O Smart Mobility Game Challenge faz parte do Ford Smart Mobility, programa da Ford para ajudar a inovar o transporte no mundo. Uma pesquisa recente promovida pela Ford com 5.500 passageiros nas principais cidades europeias mostrou que a maioria das pessoas considera a sua viagem para o trabalho mais estressante que o próprio emprego.

 

Gamificação

A Ford está usando a gamificação para acelerar o desenvolvimento dos veículos autônomos e para aprimorar a experiência dos clientes. A tecnologia SmartGauge – presente no Fusion Hybrid –, por exemplo, recompensa o motorista quando ele dirige de forma econômica.

O aplicativo MyFord Mobile permite ao motorista gerenciar remotamente a recarga de seu veículo elétrico e mostra a redução na emissão de CO2 na forma de bolas ou balões. A Ford também está usando elementos dos games no desenvolvimento do Mode:Link, aplicativo experimental de planejamento de viagem com bicicleta elétrica.

Os games podem recompensar as pessoas por caminhar ou andar de bicicleta com tempo bom e conectá-las ao GoDrive, serviço de compartilhamento de carros da Ford. Incentivando as pessoas a usar rotas menos congestionadas, eles também podem ajudar a aliviar o trânsito.

Um júri de especialistas em games e mobilidade vai escolher os cinco finalistas do desafio. Ele é formado por: Bjoern Bartholdy, professor de design de mídia e co-diretor do Cologne Game Lab; Will Farrelly, de Inovação da Experiência do Usuário da Ford Europa; Tracy Fullerton, diretor do Programa de Games da Universidade do Sul da Califórnia; Dan Greenawalt, diretor criativo da Turn 10 Studios; e Paolo Tumminelli, professor de Conceitos de Design da Köln International School of Design.

 

Desafio em São Paulo

O programa Ford Smart Mobility conta com iniciativas nas principais cidades do mundo e inclui uma etapa no Brasil, o Desafio São Paulo de Mobilidade. Seu objetivo é a criação de aplicativos para a integração dos carros e do transporte público na maior metrópole do País. As inscrições estão abertas até 8 de setembro, com prêmios de R$ 30 mil, R$ 20 mil e R$ 7 mil para os três primeiros colocados, respectivamente.

Via assessoria de imprensa

Ford comemora 80 anos do seu estúdio de design

by

FordMustang-1965

A Ford está comemorando 80 anos do seu Estúdio de Design, departamento criado em 1935 por Edsel Ford para desenvolver o estilo e funcionalidade dos veículos da marca. A criação da área é um dos marcos da história de mais de 100 anos da Ford, que pode ser contada pela evolução do design automotivo.

 

Além de desenvolver novos recursos e tecnologias que tornaram os veículos mais seguros, eficientes e confortáveis, nas pranchetas do Estúdio de Design da Ford nasceram verdadeiros ícones de estilo, como o Ford 49, o Thunderbird, o Mustang e o Ford GT. A área também atraiu designers de outros setores, contribuindo para ampliar a convergência de tendências na indústria.

 

Uma comparação radical dessa evolução pode ser vista quando se colocam lado a lado o pioneiro Modelo T e o novo Ford GT, com motor EcoBoost e carroceria em fibra de carbono. Vários exemplos de inovações criadas nos Estúdios de Design da Ford continuam presentes nos carros de hoje, como os cintos de segurança, materiais alternativos e a pintura perolizada. Há também curiosidades, como o sistema de navegação que pode ser considerado o avô do atual GPS e o teto retrátil elétrico. Confira algumas dessas inovações:

 

Carro de Soja (1941)

Henry Ford uniu sua experiência em agricultura com o seu amor ao negócio automotivo quando ele criou o Soybean Car. Em resposta à escassez de metal na época, ele desenvolveu um novo carro de plástico feito de soja, linhaça e outros materiais naturais. Para provar a resistência do produto, ele próprio fez uma demonstração batendo na carroceria com uma marreta. Além disso, o carro era quase 500 kg mais leve que os modelos tradicionais de aço.

 

Pintura perolizada (1955)

Os veículos Ford ganharam um brilho novo em 1955, quando a empresa revestiu o carro-conceito Futura com tinta perolizada. A montadora foi uma das primeiras a apresentar a nova técnica, que consistia em adicionar pérolas trituradas à tinta.

 

Cintos de segurança (1956)

Os primeiros cintos de segurança foram lançados junto com o Sistema Lifeguard, desenvolvido pela Ford para proteção dos ocupantes dos veículos. Composto de cinco itens, o sistema incluía ainda trincos de segurança nas portas, painel de instrumentos acolchoado, quebra-sóis e volante com sistema de absorção de energia em impactos.

 

Teto rígido retrátil (1957)

Tetos rígidos conversíveis não eram novidades na época, mas precisavam ser removidos e guardados fora do veículo. A Ford projetou um teto rígido que era rebatido automaticamente em apenas 40 segundos e guardado no porta-malas.

 

O precursor do GPS (1964)

A Ford deu o pontapé inicial para o desenvovimento de sistemas de navegação, quase 30 anos antes da produção dos primeiros GPS para automóveis. A novidade foi apresentada com o carro-conceito Aurora, na forma um mapa que se ajustava automaticamente à localização do veículo.

 

Teto solar elétrico (1971)

A Ford modernizou o seu teto solar, transformando o recurso manual em elétrico. O teto solar elétrico significou luz solar e ventilação extra ao toque de um botão.

 

Entrada de sem chave (1980)

A Ford introduziu o sistema de acesso sem chave, que consistia em um teclado de cinco botões na porta do motorista para abertura por senha. Mais uma tecnologia que foi aprimorada e pode ser vista no atual Fusion, embutida na coluna.

 

Suportes para copos (1984)

A necessidade de um suporte para copos teve origem na década de 1950, com a popularização dos restaurantes e cinemas drive-in nos Estados Unidos. Quase 30 anos depois, a Ford incorporou o primeiro porta-copos no Bronco 1984, e o recurso tem sido essencial ao projeto de um carro desde então.

 

Soft-touch de pintura de interiores (1993)

Com o intuito de manter a aparência original de um carro novo, os designers da Ford desenvolveram a pintura interior soft-touch. A nova pintura foi aplicada em um console central do veículo e em botões de rádio para ajudar suas características a suportarem até 10.000 escoriações de unhas e chaves.

 

Sistema SYNC (2007)

O sistema de conectividade e entretenimento Ford SYNC estreou em 2007 no Salão de Detroit. Ele permite ao motorista fazer e receber chamadas do celular, selecionar músicas e outras funções por comandos de voz. Hoje na terceira geração, já equipa mais de 12 milhões de veículos no mundo.

 

Tecnologia Easy Fuel (2007)

Com a sua tecnologia de enchimento de combustível sem tampa, o Easy Fuel®, a Ford simplificou o processo de abastecimento do veículo. A ausência da tampa de gasolina permite recargas rápidas, e a mola de enchimento de combustível fecha em cima do bico que está sendo removido, evitando que os vapores de combustível escapem para a atmosfera.

Via assessoria de imprensa