Arquivo para a tag: fones headset

Nokia lança os fones Luna Bluetooth, com carregamento de bateria sem fio

by

Assim como os demais produtos previamente especulados (e anunciados posteriormente), a Nokia anunciou oficialmente o lançamento dos seus fones de ouvido com propriedades de recarga sem fio, que recebem o nome Luna. Também seguindo a tradição da Nokia, os novos fones chegam ao mercado com grande variedade de cores (preto, branco, verde, azul, etc).

Os novos fones também apresentam a tecnologia Always Ready, desenvolvida pela própria Nokia, que quando ativada, conecta o acessório ao smartphone, permitindo que você responda uma chamada simplesmente retirando o telefone da sua base. O pareamento via NFC também está disponível no dispositivo, enquanto que a já mencionada tecnologia de recarga sem fio permite que você carregue o acessório apenas repousando o mesmo em cima da base de carga, ou no travesseiro de recarga Fatboy, que foi apresentado no dia do lançamento dos novos modelos Lumia.

Pesando apenas 5 gramas, os novos fones Luna são um dos produtos mais leves de sua categoria. O modelo oferece um uso de bateria de aproximadamente 8 horas de conversação, ou 35 horas de autonomia em standby. Seu preço e sua data de lançamento não foram anunciados, mas assim como os demais acessórios divulgados pela Nokia, devem chegar ao mercado internacional ainda neste final de ano.

Abaixo, o vídeo promocional do produto.

Via FoneArena

Review | Fones de ouvido Razer Orca

by

Eu adoro música. Gasto um bom dinheiro em um bom fone de ouvido para os meus gadgets musicais, e sempre estou procurando novos produtos para melhorar a minha experiência sonora. Por isso, o primeiro review de produtos da Razer é justamente os fones de ouvido Razer Orca, que foi especialmente concebido para quem quer ter uma ótima experiência com a reprodução musical, mas também é pensado nos gamers que querem ouvir sozinho o som dos seus jogos, tanto nos consoles quanto nos PCs. Esse review passa as minhas impressões durante os testes do produto.

A primeira coisa que podemos dizer do Razer Orca é: “ele não é um fone feito para os discretos”. Pelo menos o modelo que recebemos para testes possui cores chamativas e detalhes bem destacados. Mas isso está longe de ser um defeito. Pense bem: um produto pensado nos gamers não pode ser discreto. Precisa ser algo visualmente chamativo e/ou agressivo. Os amantes modernos da música (ou os usuários mais “urbanos”, que são parte do público-alvo do produto) também buscam modelos que mostram um pouco da sua personalidade e estilo através de sua estética visual. Faz parte do conceito do produto oferecer uma aparência visual mais detalhada. E isso é sempre bem vindo. Tem gente que não gosta de sair por aí com um produto que visualmente chame a atenção, e eu entendo esse tipo de usuário. Mas, para eles, eu lembro que o mercado é farto, com opções igualmente interessantes, e sem detalhes visuais.

Entre os detalhes de acabamento, temos nas duas laterais dos falantes a logomarca da Razer, e essa pequena redinha preta em metal, que tem mais uma função estética do que funcional. Bom, pelo menos no que pude observar nos testes (essa redinha não é removível).

Aqui, o acabamento dos fones, em detalhes. Um detalhe que preciso citar logo de cara é que o plástico utilizado no produto é de boa qualidade, parecendo ser bem resistente em alguns momentos que o produto foi mais exigido. Não testei o produto ao extremo no seu ponto de tensão, pois não tinha autorização para quebrá-lo (e nunca foi o intuito de nossos reviews), mas posso dizer que o material adotado para a parte plástica do produto passou boas impressões.

Uma das coisas que, pelo menos para mim, não tão favoráveis é essa parte metálica para conectar os fones ao apoio de cabeça. As últimas experiências que tive com esse tipo de haste não foram tão favoráveis, pois esse tipo de haste facilmente se dobra com um agarrão mais forte, ou com um acidente dentro da mochila ou mala de viagem (um produto achatado em outro, sabe…). Por outro lado, no caso do Razer Orca, ele é um pouco mais firme, com um material metálico um pouco mais resistente. De qualquer forma, não é algo que desabone o produto. Só não me agrada o estilo. Aqui é uma visão bem pessoal do detalhe apresentado.

Por outro lado, o compromisso com a resistência e qualidade do produto se reforça nesses detalhes. Podemos ver claramente que o apoio da cabeça conta com parafusos, pois se uma das duas peças (ou o próprio apoio ou a sua haste de metal) sofrer algum tipo de dano, ainda existe a possibilidade de troca apenas da peça. Em outros modelos, essa junção é feita de tal forma que, se quebrar, você é obrigado a comprar outro produto. Além disso, para a própria manutenção dos fones, como uma eventual troca de cabo, esse sistema é providencial, facilitando a manutenção. Ponto para a Razer nesse sentido.

Os falantes contam com um revestimento muito confortável, com um tecido almofadado no lugar do couro, o que evita o suor que outros fones causam durante várias horas de uso. Com isso, é inevitável que você use o produto por mais tempo, pois o conforto oferecido é perfeito. Tudo bem, esse tipo de tecido acumula um pouco mais de partículas de poeira, mas o efeito moral (o conforto durante o uso prolongado) compensa o efeito colateral.

Aqui, um ponto muito positivo do Razer Orca: o encaixe do revestimento dos falantes é bem feito. Diferente de outras marcas, que você consegue destacar facilmente esse revestimento, nesse caso, ele vem muito bem encaixado, evitando assim acidentes na hora de retirar os fones (quem já viu outros reviews do TargetHD sabe do que estou falando…).

Confirmando aquilo que eu já disse antes, a proposta desses fones da Razer é permitir que você o utilize pelo máximo de tempo possível. para isso, eles também colocaram o revestimento almofadado no apoio da cabeça. E sim, você invariavelmente vai usar esses fones por muito tempo. Afinal de contas, a comodidade para várias horas de jogo ou música (ou podcasts, ou trabalho, etc…) está garantida.

Seu cordão protegido oferece uma maior resistência, minimizando as chances de rupturas. Porém, é sempre bom desconfiar dessa pequena parte de borracha no começo do cabo (junto ao falante). Nunca vamos saber quando ela será a vilã da história, sendo a responsável pelos problemas, e te obrigando a comprar um fone novo. Mas, se o produto seguir a sua lógica, ele tende a ser mais resistente que a média, tornando esse cabo mais seguro que os modelos genéricos que encontramos em mercados alternativos.

O modelo que recebi para testes era do tipo P2, e sem a opção de microfone integrado, o que é uma pena, pois seria ótimo não ter que recorrer ao smartphone para trocar as faixas de música ou atender as chamadas. É uma comodidade que os usuários de smartphones já estão habituados a contar nos fones de ouvido atuais. Também torna mais complicada a comunicação por voz durante os jogos. Por outro lado, acredito que essa pode ser uma alternativa para não tornar o produto caro demais. Acredito que outras opções da empresa oferecem o microfone integrado, para tornar o produto ainda mais completo.

E o seu desempenho sonoro?

Levando em consideração que qualidade de som é algo subjetivo, e varia de pessoa para pessoa, no meu entendimento, o Razer Orca foi muito bem nos testes. No caso dos games (utilizamos no teste o produto conectado ao Xbox 360), ele tornou a reprodução das trilhas e dos efeitos sonoros algo mais cristalino, com os devidos efeitos sendo distribuídos de forma específica para aquilo que o título propõe (especialmente em jogos como F1 2011 e Street Fighter vs Tekken). Durante o uso no computador, o som foi oferecido de forma equilibrada e com pouquíssimas distorções (dependendo da qualidade do áudio gravado e do volume aplicado, o som vai distorcer mesmo, e aí, não há fone de ouvido de boa qualidade que salve).

Mas foi durante o uso com os smartphones (utilizamos um iPhone 4 e o Motorola RAZR MAXX nos testes) que ele se destacou, entregando um som potente, com bom equilíbrio de graves, médios e adultos (aqui, o efeito de escrever o review de madrugada) agudos. Em alguns casos, quando a qualidade da faixa era elevada, o som era perfeito, cristalino. Alguns usuários se preocupam muito com a performance do produto para sons graves. Eu digo que, nesse quesito, ele foi muito bem (para o meu gosto), mas outros usuários mais exigentes vão achar que o produto ainda tende mais para os agudos. De qualquer forma, a qualidade sonora é excelente, e com certeza vai agradar a maioria dos usuários.

Por fim, o Razer Orca está APROVADO. É um produto pensado nos gamers e nos amantes da música, ou seja, oferece múltiplas possibilidades e capacidades. Pelo preço cobrado no produto (em uma busca rápida no site da FNAC, ele foi encontrado por um valor médio inferior a R$ 250,00), ele é uma boa opção para quem não pode (ou não quer) pagar por um Beats Audio, mas que também procura um produto com um bom acabamento e uma qualidade sonora melhor do que os produtos convencionais. É o tipo de compra que não pesa tanto no bolso, e a relação custo/benefício é muito satisfatória.

Disac lança no Brasil os fones de ouvido RCA HP350

by

A Disac traz para o Brasil os fones de ouvido RCA HP350, em formato Full Size, destinado para os amantes da música, ou para quem deseja ouvir a sua playlist preferida por várias horas, e com muito conforto. O produto promete um isolamento pleno dos ruídos externos, com alta fidelidade sonora, com uma reprodução de som cristalina e com bom equilíbrio de graves, médios e agudos.

Sua alça almofadada e fones acolchoados garantem uma maior comodidade para que o usuário faça uso do produto por várias horas, sem incômodos. O RCA HP350 possui conector de 3,5 mm banhados a ouro, que garantem uma reprodução limpa do som, sem chiados ou interferências.

Especificações técnicas:

– Resposta de Frequência: 20-20.000Hz
– Falantes: 50mm
– Sensibilidade: 100dB
– Extensão do cabo: 1,80m
– Potência máxima: 100 mW
– Impedância: 64 Ohms

Preço: R$ 89,90.

Via Assessoria de Imprensa

ASUS ROG Vulcan PRO, um fone headset pronto para te acompanhar nas suas longas partidas de games

by

O segmento de acessórios ROG da ASUS segue fazendo barulho na Europa, com o lançamento dos novos fones headset Vulcan Pro. O modelo conta com alto-falantes de 40 mm, orientados para os gamers de plantão, contando com um design agressivo e chamativo, com a combinação de cores que nunca dá errado: vermelho e preto.

Ao mesmo tempo, o Vulcan Pro promete oferecer ao usuário a experiência de uma partida mais realista e uma maior imersão durante os jogos. Para isso, a ASUS faz uso, entre outros recursos, de três modos de som: o FPS EQ, que melhora o posicionamento do som para jogos do tipo “shooter”, conseguindo uma maior clareza no áudio de movimentos, disparos e outros pequenos detalhes sonoros; o Surround 7.1 virtual, que oferece um áudio envolvente e limpo de distorções; e o amplificador ROG Spitfire, que busca melhorar o desempenho geral dos fones de ouvido durante os jogos.

O periférico inclui um processador ROG Spitfire USB, dispensando assim a instalação de drivers, sem se esquecer da importância de um bom isolamento acústico, com um duplo sistema passivo e ativo, que buscam minimizar ao máximo possível qualquer som externo. Desta forma, os fones combinam um design que, segundo o fabricante, consegue reduzir até 30 decibéis de frequências altas, além de uma tecnologia ativa de redução de ruído, capaz de eliminar até 85% das frequências de graves.

Voltando ao seu design, a estética colorida e o seu isolamento não são as únicas qualidades que merecem destaque. Os fones Vulcan Pro contam com alto-falantes recobertos de espuma, com acabamento de pele para oferecer um maior conforto às orelhas, e permitir uma boa transpiração, além de introduzir mudanças em seu microfone em relação ao modelo anterior, sendo agora mais flexível, alargado, e com possibilidade de ser desmontado, se assim o usuário desejar. Quanto ao cabo, é do tipo trançado, com um comprimento de dois metros e meio.

O ROG Vulcan Pro da ASUS já está disponível na Europa, com o preço sugerido de 129,90 euros.

Via Engadget

Razer Battlefield 3 BlackShark, fones de ouvido para gamers que dispensam apresentações

by

A Razer mais uma vez quer aproveitar que o mundo dos videogames está em alta, para vender mais um acessório para aqueles que passam horas atrás de um controle ou um computador, liberando nossa mente do estresse diário. Para isso, apresentou uma nova edição especial de fones de ouvido para gamers, os novos Razer Battlefield 3 BlackShark.

A Razer garante que a sua nova criação é capaz de oferecer um som nítido e graves potentes, para manter a tensão dos disparos, ou a verdadeira sensação de ser um piloto de verdade. Além das almofadas acolchoadas, os fones possuem frequência de resposta entre 20Hz e 20KHz, impedância de 29 Ohms e sensibilidade de 1KHz.

Na prática, não são os fones de ouvido mais potentes que a empresa criou, mas a Razer vem fazendo um bom trabalho com seus equipamentos. O design do Battlefield 3 BlackShark chama muita a atenção, parecendo ser um produto bem resistente, mas com um bom acabamento em metal. O microfone é desmontável, e os cabos em tom laranja se alinham perfeitamente com o seu design.

Para os colecionadores, e para aqueles que são fãs de Battlefield 3 é um item a ser considerado, que custa US$ 129. Por enquanto, não tem data de lançamento anunciada.

Via Gizmologia

Nokia Lumia 800 na cor branca e fones da Monster são lançados no Brasil

by

A Nokia anuncia o lançamento do Nokia 800 na cor branca. O modelo é uma opção mais refinada ao já conhecido smartphone com sistema Windows Phone, e faz parte da estratégia da empresa para as vendas do Dia dos Namorados.

Para esse lançamento a empresa testou centenas de pigmentos de branco, para atingir a opacidade e brilho perfeitos, para um branco perfeito. O branco do Lumia 800 não é tingida, e sim inserida totalmente na peça de policarbonato do produto, sem nenhum tipo de emenda.

Do mais, o aparelho é o mesmo: tela AMOELD de 3,7 polegadas com Gorilla Glass, Windows Phone 7.5, câmera de 8 megapixels com lente Carl Zeiss, foco automático e flash LED duplo, 16 GB de memória interna (com opção de expansão de 7 GB via SkyDrive), entre outras características. Preço sugerido de R$ 1.549,00.

A Nokia também lança no Brasil o fone de ouvido Nokia Purity HD Stereo by Monster (WH-930), nas opções de cores rosa e azul. Os fones são frutos de uma parceria da Nokia e da empresa fabricante de acessórios musicais, a Monster. A parceria foi anunciada durante o Nokia World 2011, e esses fones são compatíveis com qualquer dispositivo com conector no padrão de 3,5 mm. Preço sugerido de R$ 549,00.

Via Assessoria de Imprensa

Review | Fones de ouvido Edifier Coolware Music 320

by

Mais um review de gadgets no blog TargetHD. Recebemos da Edifier uma unidade de um dos seus headphones, o Edifier Coolware Music 320. Testei o produto por algumas semanas, e nesse post, passo para vocês minhas impressões sobre o produto, e suas principais características.

O primeiro contato visual com o produto é positivo. O modelo enviado conta com um ar moderno e descolado, o que é importante para um acessório que tem como principal objetivo chamar a atenção dos fãs da boa música. O produto vem em uma embalagem muito bem construída, que garante que o produto vai chegar até a sua casa em perfeitas condições de uso. Mas, vamos aos detalhes físicos desses fones.

Em linhas gerais, o Coolware Music 320 da Edifier é um produto leve e confortável. Boa parte do seu corpo é construído em plástico, com alguns detalhes em metal (principalmente no aro de apoio do headphone), ajudando assim a reduzir o seu peso final. Por contar com partes com revestimento acolchoado, ele se torna mais confortável para um uso mais prolongado, e os seus falantes não se apresentam em tamanho exagerado. Isso é muito bom para os usuários que pretendem utilizar esses fones por várias horas durante o trabalho, ou para quem está em trânsito, nas jornadas diárias.

Detalhe do aro de apoio do headphone, com o revestimento protetor.

Seu aro é em metal flexível, oferecendo uma maior resistência em um uso diário. Se fosse de plástico, as chances de de quebrar seriam maiores.

Seu alto-falante, que também possui um revestimento acolchoado. O falante em si não fica exposto, pois embaixo desse revestimento, ele é protegido pela própria estrutura dos fones, com o plástico dos fones protegendo os componentes dos alto-falantes. Com isso, os fones ficam mais protegidos dos efeitos do suor e de uma eventual chuva.

Outro detalhe interessante de design desses fones da Edifier está nesse sistema de “giro” dos falantes. Para um transporte mais cômodo, eles podem ser deslocados, de modo que fiquem paralelos à própria estrutura dos fones. E, na prática, ele consegue mesmo ocupar um espaço menor na mochila. Por outro lado, essas peças são feitas de plástico, e trazem uma sensação de fragilidade, ou que essa peça pode se quebrar a qualquer momento. Recomendo um certo cuidado ao utilizar os fones, justamente por causa dessa característica.

O Edifier Coolware Music 320 é um fone do tipo P2, o que é uma pena, pois adoraria utilizá-lo com meus smartphones com a funcionalidade de receber chamadas por ele. Falta mesmo um microfone integrado para que ele fosse mais completo. De qualquer forma, ele funcionou bem com os dispositivos testados, com uma ressalva: para usá-lo com o iPhone, você não pode usar o bumper protetor das laterais (aquele que evita o problema do “Antennagate”), pois esse plug não possui uma lateral mais estreita como os outros fones para permitir esse encaixe com o bumper.

Se você deseja utilizar esses fones em aparelhos de som, mini systems ou outros dispositivos sonoros, no próprio kit de compra você recebe o adaptador P10 correspondente, o que é uma mão na roda, evitando assim a compra de mais um acessório. Se bem que, para quem vai utilizar esses fones para tais objetivos, já deve contar com um adaptador desses em casa, no escritório ou no estúdio.

Nos testes práticos, para testar a sua qualidade sonora, os fones da Edifier tiveram um resultado muito bom. Com uma impedância de 32 Ohms, frequência de 20hz-20.000Hz e 97 dB de SPL, a qualidade sonora é boa o suficiente, com ênfase nos graves. Ou seja, quem vai usar esses fones para ouvir músicas onde as batidas se sobressaem, terá vantagens na sua audição. Outro fator que contribui para o conforto do uso desses fones é comprimento do cabo conector, que é de generosos 1.90 metro. Em resumo, os fones estão aprovados para se ouvir boas horas de música, com conforto e qualidade sonora, dentro de sua proposta.

Porém…. esse produto tem um problema grave.

E ele está na sua parte acolchoada dos falantes. Como você pode ver na foto, essa parte dos fones é apenas encaixada (provavelmente de forma manual), sem nenhum tipo de vedação para sustentação, ou uma borracha para garantir que esse acolchoado não escape de forma repentina. E, com poucas utilizações, o acolchoado escapou do fone, com uma simples remoção dos fones da cabeça.

Isso acaba tirando um pouco dos méritos do produto, pois esse detalhe de acabamento pode ser um diferencial importante para o consumidor na hora da compra. Recomendo à Edifier que pense nisso em lançamentos futuros, pois é inaceitável que o usuário fique com um pedaço de couro na mão depois de utilizar o fone por alguns minutos.

Apenas para sua curiosidade: como é a parte interna dos fones, sem o revestimento protetor. Aqui, faltou mesmo um melhor acabamento que garantisse que o acolchoado ficasse bem preso ao corpo dos fones.

Por fim, os fones de ouvido Edifier Coolware Music 320, apesar de entregar ao usuário uma boa qualidade sonora, deixam a desejar em alguns detalhes de acabamento. Recomendo que, se você se interessou pelo produto, que considere esses pontos que apresentei nesse review antes de comprar o produto e, se possível, teste o modelo você mesmo antes de comprá-lo. Para quem não é muito exigente e precisa de novos fones de ouvido que sejam confortáveis e práticos no seu transporte, ele pode ser uma opção interessante, por ser mais barato do que os modelos mais badalados. Por outro lado, para os usuários mais exigentes, talvez um modelo com credenciais mais elevadas pode resultar em uma melhor relação custo-benefício.

Fones de ouvido HDJ-2000 da Pioneer

by

A Pioneer adiciona ao seu catálogo de produtos os fones de ouvido HDJ-2000, com uma elegante mudança de cor. O produto mantém o seu formato convencional e o tom prata habitual, mas agora se apresenta em uma nova versão cromada em preto, que fará a alegria daqueles que buscam um modelo com boas especificações técnicas, mas também uma beleza destacada no aspeto externo.

Sobre as configurações do HDJ-2000, o modelo possui 50 mm de diâmetro nos seus falantes, com um alcance de frequência de 5 Hz a 30.000 Hz, impedância de 36 ohms e entrada máxima de 3.500 mW. Os fones prometem graves potentes, com um equilíbrio perfeito com os agudos, além de contar com interruptores mono/estéreo, além de permitir um giro de 90 graus, para os seus “momentos de DJ”. O modelo pode ser transportado com comodidade, já que pode ser dobrado e o seu cabo desconectado.

O Pioneer HDJ-200 está disponível no mercado europeu, pelo preço de 320 euros.

Via Engadget

Sennheiser MM 550 e MM 450-X, fones de ouvido sem fio com estilo e grande isolamento de som #MWC2012

by

A Sennheiser mostrou dos novos fones de ouvido estéreo Bluetooth durante a Mobile World Congress 2012 de Barcelona, dedicado aos fãs de música, que desejam uma maior imersão na sua experiência sonora, ou em atividades como jogos e filmes. Os novos fones MM 550 e MM 450-X chegam com a qualidade comprovada da empresa, o que garante uma grande qualidade de som, além de incorporar a tecnologia proprietária da Sennheiser Apt-X de compressão por Bluetooth, que em sua última revisão, promete uma compressão de áudio até quatro vezes mais rápida do que as versões anteriores.

Mas talvez a característica mais interessante desses headsets sem fio é a utilização da tecnologia NoiseGuard 2.0, um sistema de redução de ruído desenvolvido pela Sennheiser para anular até 90% do ruído externo, oferecendo uma imersão máxima. O modelo MM 550 se diferencia do MM 450-X na adoção da tecnologia SS WOW HD, que potencializa os graves, e cria um efeito de som envolvente, o que torna o seu preço mais caro.

Os dois modelos contam com microfones externos, do tipo “push to talk”, e funcionam com qualquer dispositivo Bluetooth com perfil A2DP, apesar de não suportar a tecnologia Apt-X, o que reverte a qualidade de som para a qualidade normalmente obtida por qualquer equipamento Bluetooth. Os novos headsets podem ser usados com smartphones e tablets, e chegarão ao mercado nesse mês de março. Os preços não foram revelados pela Sennheiser.

Via Gizmologia

Fones Razer Tiamat 7.1 só chegarão ao mercado em fevereiro

by

Se você gostou dos novos fones da Razer, o Tiamat 7.1, a notícia que vamos dar agora não será de muito agrado. Os atraentes fones sofreram mais um atraso na sua programação de lançamento (a primeira previsão de lançamento estava marcada para o final de 2011). A empresa voltou a ter um pequeno contratempo, que impediu que o lançamento aconteça em janeiro.

Segundo a própria Razer, esta demora acontece pela “incessante busca pela qualidade”, de modo que não podem começar a distribuição de um produto que não estava a altura daquilo que eles querem oferecer. Se tudo der certo, os fones de ouvido, que se destacam por oferecer um som envolvente em 7.1 “real” podem começar a chegar aos seus compradores em fevereiro, acompanhado de um código de desconto pra uma camiseta, e uma peteca (sim, não estamos brincando) de cortesia, de forma gratuita, para compensar os eventuais aborrecimentos pelos atrasos.

Via The Verge

Mad Catz F.R.E.Q 5, novos fones de ouvido para os gamers

by

A Mad Catz apresenta novos fones de ouvido para os games. O Cyborg F.R.E.Q 5 chega para atender os gamers mais exigentes, contando com uma armação metálica, drivers de neodímio de 50 mm, e microfone integrado. Seu design é muito parecido com os demais modelos da família Cyborg, com um ar robusto e agressivo. Não tem previsão de lançamento, e o seu preço é desconhecido.

Via Cyborg Gaming

Mouses e fones de ouvido da SteelSeries são feitos para os fãs da Team Fnatic

by

A SteelSeries é uma empresa que está disposta a realizar os desejos dos torcedores de todos os tipos. A empresa anunciou o lançamento de novos produtos, em parceria com a Team Fnatic, time de gamers profissionais. Os modelos são revisões superficiais dos fones 7H e do mouse Sensei. Os fones contam com drivers de 50 mm e falantes revestidos em couro. Já o mouse tem resolução máxima de 11.400 CPI. Preços de 114 e 99 euros, respectivamente, e já estão disponíveis para compra na página web do fabricante.

via Fnatic

Novos fones de ouvido da Nokia, em parceria com a Monster Cable

by

Além dos novos smartphones, a Nokia apresentou dois novos modelos de fones de ouvido. O Nokia Purity HD Stereo Headset by Monster e o Nokia Purity Stereo Headset by Monster foram projetados e desenvolvidos em parceria com a Monster Cable, e oferecem uma experiência melhorada para música, e são os primeiros produtos da parceria entre as empresas. A ideia é oferecer, ao longo do tempo, uma série premium de acessórios de áudio, e complementam os novos recursos de áudio presentes nos novos modelos com Windows Phone, como o novo Nokia Music, o MixRadio (serviço de rádio por streaming) e o Gigfinder, que permite que o usuário faça buscas de shows ao vivo, compartilhando os resultados nas redes sociais e até com a possibilidade de comprar ingressos para esses eventos.

via assessoria de imprensa

Dr Dre e David Guetta lançam em conjunto os novos fones de ouvido Beats mixr

by

Nada melhor que chamar um dos DJs do momento para apresentar os novos fones Beats by Dr. Dre. David Guetta foi o encarregado de apresentar os novos fones Beats mixr na IFA 2011.

Os fones são pensados para os amantes da música e para DJs profissionais, e além de oferecer uma qualidade de som que caracteriza os produtos Beats by Dr. Dre, o mixr conta com um sistema de rotação de 180 graus, que permite a conexão dos fones em uma única orelha, para deixar a outra livre para escutar o som exterior (que é o que os DJs fazem normalmente).

Os novos fones estarão no mercado a partir do mês de outubro, com preço de aproximadamente 285 euros.

via Engadget

Razer Tiamat, os primeiros fones headset com som 7.1 “real”

by

A Razer apresentou a GamesCom 2011 na Alemanha para apresentas os seus novos fones headset Tiamat, que eles denominam como “os primeiros do mundo com som envolvente 7.1 real” (ignorando empresas como a Mad Catz ou Turtle Beach). Entre as principais características do novo acessório, destacamos a presença de nada menos que 10 drivers dedicados (cinco para cada fone: três dedicados ao lado correspondente, um canal central e outro para o subwoofer), além de um controle de volume integrado.

Infelizmente, o produto só será encontrado no mercado internacional no último trimestre de 2011, com um preço de US$ 180.

via RazerZone

[Dicas de Compras] Headset Bluetooth estéreio da Philips (SHB6110) tem design arrojado

by

Curta músicas estéreo sem fio e alterne para chamadas. Experimente o som potente e vivo com o aprimoramento de som digital FullSound integrado. O design ajustável OptiFit garante um conforto personalizado Qualidade de som especial! Música aprimorada com FullSound, um headset Bluetooth para músicas e ligações, SwitchStream: nunca perca uma música ou uma chamada. Controle de música wireless pelo headset: Fale livremente, viva-voz e wireless. Gerenciamento de chamadas wireless Universal: compatível com seu telefone habilitado para Bluetooth® estéreo (compatível com A2DP). Compatível com Bluetooth HSP/HFP – Universal. Use-o confortavelmente por horas. Possui haste de apoio na nuca OptiFit.

Música aprimorada com FullSound
De que vale uma música sem coração e alma? Durante a gravação e compactação de músicas digitais, os detalhes e a dinâmica das músicas ao vivo são perdidos. O FullSound é um algoritmo inteligente, que funciona a partir de um poderoso chip dentro do headset. Ele aprimora a qualidade da música e restaura a dinâmica original, efeitos estéreo, graves e agudos do som, revelando, sem distorção, detalhes até então inaudíveis. O FullSound já vem pronto para ser usado e pode ser ativado e desativado.

Bluetooth® estéreo (A2DP)
Este dispositivo Philips oferece suporte total ao Bluetooth estéreo (A2DP). A conformidade com o perfil A2DP (Advanced Audio Distribution Profile) permite que o headset capte músicas estéreo de qualquer dispositivo Bluetooth compatível com A2DP. Dessa forma, você pode usar o headset com qualquer telefone celular, PC, adaptador Bluetooth, MP3 player compatível etc., que suporte a tecnologia A2DP.

Compatível com Bluetooth HSP/HFP
Bluetooth é uma tecnologia que substitui a utilização de fios e é um padrão global; portanto, dispositivos Bluetooth de diferentes fabricantes podem ser interoperados por meio de perfis Bluetooth compartilhados. HSP (Handset Profile) e HFP (Handsfree Profile) são os perfis exigidos para operações típicas do headset Bluetooth. Se o telefone celular for compatível com HSP ou HFP (como praticamente todos os telefones habilitados para Bluetooth são), o headset funcionará com ele. A marca mundial e os logotipos Bluetooth são propriedade da Bluetooth SIG, Inc. e qualquer uso de tais marcas pela Philips Electronics N.V. ocorre mediante licença.

Haste de apoio na nuca OptiFit
Com a haste de apoio na nuca OptiFit, você pode ajustar facilmente o headset durante o uso para que fique confortável e personalizado. Ele tem uma articulação flexível, ganchos para orelha macios e ajustáveis e alto-falantes posicionados em um ângulo ideal para os ouvidos, produzindo o máximo desempenho.

Conectividade
-Perfis Bluetooth: A2DP, AVRCP, viva-voz, headset;
-Versão Bluetooth: 2.0 + EDR;
-Faixa máxima: até 10.

Som
-Faixa de frequência: 14 a 24.000 Hz;
-Diâmetro da caixa acústica: 32 mm;
-Tipo de ímã: Neodímio.

Praticidade
-Gerenciamento de chamadas: alterne entre chamadas e músicas, atenda/encerre chamadas, recuse chamadas, discagem por voz, rediscagem do último número, transferência de chamadas, microfone mudo;
-Controle de volume.

Alimentação
-Tempo de espera: até 300 hora(s);
-Tempo de conversa: até 14 hora(s);
-Tempo de reprodução de músicas: 14 hora(s);
-Tipo de bateria: Polímero de lítio;
-Recarregável;
-Peso da bateria: 8,8 g.

Preço: R$ 249,00

Turtle Beach XP500, fones headset com som 7.1 sem fio para o Xbox 360 #E3 #E32011

by

A Turtle Beach apresenta na E3 2011 um novo par de fones headset sem fio, o XP500, que tem um design pensado especialmente para os usuários do Xbox 360. Por um lado, esses fones seguem a mesma receita de sucesso do modelo PX5 da empresa, contando com uma aparência similar, assim como um som Dolby virtual 7.1 programável.

Porém, o XP500 incorpora alguns detalhes em verde (no mais puro estilo do console da Microsoft) e um adaptador Bluetooth recarregável, se conectado ao controle para manter as suas propriedades sem fio. Chega ao mercado no outono norte-americano, com preço de US$ 260 nos EUA. Mas se você está com pouco dinheiro no bolso, a Turtle Beach oferece o XL1, que é mais simples, mas custa US$ 30, e pode substituir os fones padrão do Xbox 360.

Sony apresenta os fones headset sem fio oficias do PlayStation

by

A Sony apresentou outro periférico dedicado ao PlayStation, para que seja utilizado com o seu console. São os fones de ouvido headset oficiais do PlayStation 3, que é capaz de emular o som 7.1 de jogos como Killzone ou God of War. O modelo inclui um microfone retrátil, que permite que você converse enquanto joga suas partidas online. E tudo isso de forma completamente sem fio, graças ao receptor USB que que incorpora o produto. O mais interessante é que o produto mostra diretamente na tela do televisor o estado das baterias do fone. Chega ao mercado em setembro. Preço: US$ 100.

via Blog PlayStation

Turtle Beach Ear Force PX5: som 7.1 e voice morphing em fones de ouvido para os gamers – CES 2011

by

A Turbo Beach, fabricante de periféricos para jogos, apresentou na CES 2011 seus novos fones headset Ear Force PX5, que conta com som Dolby 7.1.

Eles contam com versões desenvolvidas especificamente para PS3 e Xbox 360, funcionam sem fios, e incorporam duas antenas com funções diferentes (uma para transmitir o áudio recebido, e outra para enviar o áudio do microfone). Além disso, contam com suporte Bluetooth e podem funcionar como fones Handsfree para o seu celular. Por fim, eles possuem o voice morphing, caso você queira modificar a sua voz para os demais ouvintes durante o jogo. Seu preço é de US$ 249,95, que não é tão elevado, se pensarmos em tudo o que ele oferece.

via Engadget.com