Arquivo para a tag: descontinuado

Sony vai encerrar a produção de consoles PSP no final de 2014

by

psp.jpg

Depois de dez anos de existência o Sony PSP está com os seus dias contados. A produção do console portátil será interrompida no final de 2014.

Os envios do PSP na América do Norte se encerraram em janeiro, e devem chegar ao fim no Japão ainda nesse mês de junho. Na Europa, os envios se encerram mais adiante. Daqui para frente, a Sony vai se focar nas vendas do sucessor do PlayStation Vita.

A Sony vendeu mais de 76 milhões de unidades do PSP (marca divulgada nos últimos dois anos, o que pode fazer com que esse número seja ainda maior). O PSP estreou no Japão em dezembro de 2004, antes de chegar ao ocidente em 2005.

Os consoles portáteis sofreram uma queda de popularidade, já que muitas pessoas preferiram utilizar os seus smartphones para jogar. Porém, o PSP desfrutou de uma vida muito mais longa que o PSP Go, lançado em 2009, e descontinuado dois anos depois. Em compensação, a Sony lançou o PS Vita em maço de 2012, que recebeu recentemente uma atualização, que é mais leve e fina.

Via AP

Facebook “mata” os aplicativos Poke e Camera (mas ninguém se importa com eles)

by

Facebook-pocke-camera-cerrados

Apenas para o registro geral, já que essa notícia não vai mudar em nada na sua vida: o Facebook eliminou os seus aplicativos Poke e Camera.

A gigante das redes sociais eliminou os dois aplicativos da App Store, e o motivo não é outro senão as baixas audiências registradas pelos dois apps. O Poke foi lançado há dois anos, e seu objetivo era o envio de textos, fotos ou vídeos em modo privado para seus contatos no Facebook, com uma data de expiração determinada, promovendo a auto-destruição dos mesmos. No estilo do Snapchat.

Já o Camera permitia o registro de fotos, aplicar determinados filtros e compartilhamento em sua conta. Ou seja, quem precisa dele quando o Facebook compra o Instagram um mês antes da estreia do aplicativo?

Bom para a App Store, que tem menos dois aplicativos para procurar na sua base de dados…

Via The Verge

Sony encerra o suporte de atualizações do Android para vários de seus smartphones

by

sony-logo1

A Sony anunciou que vai descontinuar o suporte de atualizações de software para vários de seus smartphones. A lista inclui os modelos: Xperia arc S, Xperia S, Xperia SL, Xperia Ion, Xperia acro S, Xperia Go, Xperia P, Xperia J, Xperia Sola, Xperia Miro e Xperia U.

Todo smartphone vai alcançar um dia o status de EOL (end of life). Nesse ponto, os fabricantes não mais fornecem atualizações, independente do fato do dispositivo ser popular ou não.

A maioria dos smartphones da lista da Sony é muito antiga, com mais de 18 meses de lançamento, e faz sentido que os japoneses optem pelo fim do suporte para esses modelos. Por outro lado, a Sony foi bem transparentes com os seus consumidores, anunciando o fim do suporte e o motivo pelo qual eles estão fazendo isso.

Desse modo, eles também podem destinar recursos para garantir que os modelos mais recentes possam ser atualizados para o Android 4.4 KitKat. A Sony já lançou o Android 4.3 Jelly Bean está disponível para vários dos seus dispositivos, e o update para a versão mais recente do Android para esses modelos está em desenvolvimento.

Em 2013, a Sony anunciou os seus planos de atualização de diversos dispositivos para o Android 4.4 KitKat, incluindo Xperia Z, Xperia ZL, Xperia Tablet Z, Xperia Z Ultra e Xperia Z1.

Via Xperia Blog

Opinião | O que fez a Nokia descontinuar o Lumia 920?

by

Nokia-lumia-920-3.jpg

Em fevereiro de 2013, eu estava lá. Presenciei o lançamento dos primeiros modelos da Nokia com Windows Phone 8 no Brasil (clique aqui para ler). Eram três modelos apresentados com entusiasmo pelos executivos da Nokia e Microsoft: Lumia 620, Lumia 820 e Lumia 920, cada um deles pensados em diferentes categorias de consumidores. Vamos nesse post falar desse último, o Lumia 920, que foi descontinuado pela Nokia. Apenas 10 meses depois de ser lançado no Brasil, e com um ano de mercado internacional.

O Nokia Lumia 920, na sua época de lançamento, era o modelo top de linha dos finlandeses. Oferecia as melhores especificações técnicas entre os modelos com Windows Phone da Nokia. Quando chegou ao Brasil, tinha preço de modelo top de linha (R$ 1.999), e particularmente, não acreditei que ele poderia ser bem sucedido por aqui por esse preço.

Com o avançar do ano, a Nokia abasteceu o mercado com vários novos modelos com Windows Phone, melhores, mais robustos e mais atualizados que o Lumia 920. Exemplos: Lumia 1520, Lumia 1020, Lumia 925, entre outros. Também foram lançados interessantes modelos de linha média (como o Lumia 625, com ampla tela e 4G, e o Lumia 720, um intermediário com uma ótima câmera), e teve um sucesso inesperado com o Lumia 520, modelo de entrada que é responsável pelo maior volume de vendas do mercado do Windows Phone.

Com tudo isso acontecendo, o Lumia 920 ficou “perdido” no meio de tantos lançamentos, e por conta disso, a Nokia decidiu descontinuá-lo. Recentemente, aproveitou o período da Black Friday para promover uma queima de estoque no dispositivo lá fora e aqui no Brasil (o modelo chegou a ser encontrado a R$ 999). Para a Nokia, o Lumia 925 pode ser o autêntico substituto direto do Lumia 920, pois “oferece uma carcaça externa com material diferenciado, metade da capacidade de armazenamento, e custa R$ 500 a mais” (observem o tom de ironia implícito nas aspas).

Tudo bem. Eu entendo a Nokia. Mas não concordo com ela.

O que custa popularizar a marca Nokia e até mesmo o Windows Phone mantendo o Lumia 920 no mercado? Até mesmo mantê-lo por um preço competitivo, para incomodar a concorrência?

Essa falta de perspectiva comercial mostra uma Nokia que fracassou no mercado por tomar iniciativas similares. E essa é a maior mostra que a Microsoft ainda não assumiu o comando dos finlandeses. Por mais atrapalhados que o pessoal de Mountain View é, eu entendo que eles não perderiam essa maravilhosa oportunidade de lucrar mais um pouco com um modelo que é considerado por muitos usuários muito competente, e com um potencial de vendas ainda a ser considerado.

Se algum modelo precisava sair do mercado, esse modelo seria o Lumia 820. Não que ele seja ruim, mas não faz sentido a Nokia retirar do mercado aquele que é o segundo modelo mais vendido da base total de smartphones com Windows Phone no planeta (perdendo apenas para o Lumia 520).

Sem falar que isso beira à sacanagem. Ao retirar o Lumia 920, o consumidor, se assim desejar uma experiência semelhante, terá que pagar R$ 500 a mais pelo Nokia Lumia 925. Isso, no Brasil. Pode ser que lá fora eles coloquem o Lumia 925 pelo mesmo valor do finado Lumia 920. Nesse caso, “aí sim, eu vi vantagem”.

De qualquer forma, se você gosta do Lumia 920, e sempre quis ter um, é melhor correr para comprar o seu. A boa noticia é que o suporte ao aparelho será mantido pela Nokia normalmente. Mesmo assim, os finlandeses perdem uma extraordinária oportunidade de não só lucrar com as vendas de um smartphone ainda competente, mas principalmente, expandir a participação do Windows Phone no mercado, reforçando a presença do sistema operacional entre os consumidores.

Ah, mas esse nunca foi o plano da Nokia… me esqueci… se alguém pensa nisso, é a Microsoft. E como eles ainda não mandam na Nokia…

04-botao-clique037-180.jpg

Via Nokiatividade, Windows Phone Brasil

Nintendo Wii está oficialmente descontinuado no Japão (e esse é o início do fim do console)

by

Wii-White

Todo mundo já sabia que isso iria acontecer. A própria Nintendo deixou isso bem claro, quando informou que encerraria “em breve” o final da produção do Wii no Japão. Porém, não se imaginava que o próximo passo viesse tão rápido. Apenas 20 dias depois do primeiro anúncio, a “big N” começou a indicar como “descontinuado” o status do console na página japonesa da empresa (indicação na parte superior direita da foto no final do post).

E assim são as coisas: elas nascem se desenvolvem, reinventam a roda dos videogames, vendem pra caramba, e são descontinuadas. Para todos os colecionadores e gamers japoneses em geral que desejam ainda ter em casa uma unidade do Nintendo Wii em terras japonesas, terão que correr até às lojas para adquirir algumas das últimas unidades do produto. Ou simplesmente comprar o Wii U e viver da retrocompatibilidade.

Vale lembrar que a decisão é, por enquanto, restrita ao Japão, e só se restringe à primeira versão do Wii. A versão Wii mini ainda é vendida por lá. No Brasil, ainda não há nenhuma informação sobre uma suposta descontinuidade do console, mas imagino que será uma questão de tempo para que a decisão se repita aqui e em outros mercados.

Com isso, estamos diante do começo do fim do Nintendo Wii, um console que reinventou a roda dos videogames, oferecendo uma nova forma de interação com os jogadores, e recolocando a “big N” em posição de destaque no mercado de videogames por um bom tempo.

nintendo-wii-discontinued-japan

Via Geeky-Gadgets

Acabou. Nokia vai distribuir últimos terminais com Symbian na metade desse ano

by

nokia_symbian-anna_05.jpg

O Symbian já estava morto, e todo mundo sabia disso. A diferença é que agora nós sabemos quando ele definitivamente será enterrado (ou retirado de mercado). De acordo com um comunicado oficial, a Nokia confirma que vai parar de distribuir produtos com o sistema Symbian a partir desse verão no hemisfério norte (entre os meses de junho e agosto de 2013), com a última leva de modelos Nokia 808 PureView sendo despachada nas próximas semanas.

A partir de agora, a Nokia vai se concentrar exclusivamente nos dispositivos com os sistemas Windows Phone e Asha. O Nokia 808 PureView foi o último smartphone com o sistema Symbian desenvolvido pela Nokia, e chegou ao mercado no ano passado. As vendas de smartphones Nokia com Windows Phone superaram pela primeira vez as vendas dos produtos Symbian no último trimestre de 2013, e no primeiro trimestre de 2013, a fabricante finlandesa vendeu apenas 500 mil unidades de dispositivos com Symbian (apenas para comparar: foram 5.6 milhões de smartphones Nokia Lumia no mesmo período).

A Nokia também alega que o tempo de desenvolvimento de produtos com o Windows Phone é consideravelmente menor. Para que o Nokia 808 PureView (com Symbian) chegasse ao mercado, eles levaram 22 meses de desenvolvimento. Com o Windows Phone, esse produto levaria menos de um ano para ter o seu desenvolvimento concluído. A Nokia informa que o suporte para os produtos com Symbian será oferecido aos consumidores até o ano de 2016.

O Symbian durou 12 anos, um tempo que é considerado muito longo no mundo da tecnologia. Logo, podemos dizer que o sistema foi um sucesso. O grande problema foi a Nokia e os envolvidos com o projeto não olharem para os lados, e perceberem que os seus concorrentes estavam fazendo sistemas melhores e mais intuitivos. De qualquer forma, me lembrarei com uma certa dose de saudosismo dos tempos onde o mundo dos smartphones era mais simples, porém, tão funcionais quanto os de hoje. Afinal de contas, eu comecei no mundo dos smartphones com um modelo Symbian, e ainda acho a linha E Series da Nokia (E61, E63, E71, etc) uma das melhores de todos os tempos.

Fica aqui a minha singela mensagem para o Symbian.

gbs

Via SlashGear, Financial Times

Confirmado: o iPhone 3GS está mesmo descontinuado

by

Até que ele durou bastante, mas uma hora, ele tinha que dar adeus ao mundo. O iPhone 3GS sobreviveu a mais duas atualizações do iPhone, mas com o lançamento do iPhone 5, ele finalmente será retirado do mercado, e o iOS 6 deve ser a sua última atualização completa.

A aposentadoria do iPhone 3GS foi especulada dias antes do evento da Apple nos Estados Unidos, e com tantas melhorias de hardware apresentada nos novos modelos, era muito difícil que o smartphone, que já tem 3 anos de idade, sobrevivesse a mais um ciclo de um ano. Hoje, o iPhone 3GS é considerado um “ancião”, e nem de longe oferece o mesmo desempenho dos modelos mais novos, até mesmo pela suas características de hardware (processador de 600 MHz, tela de 480p, metade da memória RAM que temos hoje, sem câmera frontal, rede HSPA de 7.2 Mbps, etc). Ou seja, concluímos que ele durou demais, talvez mais até do que merecia pelo fator preço (particularmente, não acho que o iPhone 3GS vale os R$ 850 médios cobrados por ele).

Com essa aposentadoria, o modelo “de entrada” do iPhone passa a ser o iPhone 4 de 8 GB, que será oferecido em versão única (sem outras capacidades), que pode ser adquirido nos Estados Unidos de graça (com plano de permanência de 2 anos com a operadora escolhida). Aqui, vejo vantagem nessa troca, pois temos um hardware mais preparado para as melhorias oferecidas no iOS 6 (mesmo que o smartphone não seja completamente compatível com todas as novidades). Vamos torcer para que, no Brasil, e seja oferecido ao menos por um valor inferior a R$ 1.000. Se isso acontecer, o iPhone 4 passa a ser uma opção muito interessante para os usuários que não estão com toda essa grana para comprar um modelo mais caro.

Também é importante lembrar que o modelo intermediário do smartphone da Apple passa a ser o iPhone 4S de 16 GB, que também será oferecido em versão única, e que no Brasil, já está com o preço sugerido (pela Apple) de R$ 1.999.

Enfim, descanse em paz, 3GS.

Via Ubergizmo

Samsung não desistiu do Galaxy S III de 64 GB, que deve chegar ao mercado “durante o segundo semestre de 2012”

by

O dia de ontem (18) foi marcado pelas especulações sobre uma suposta desistência por parte da Samsung de lançar a versão de 64 GB do Galaxy S III, mais precisamente vindo do site Expansys. Mas a história não é bem assim. O site The Verge entrou em contato com a Samsung, que confirmou que o modelo com elevada capacidade de armazenamento chegará ao mercado “durante a segunda metade do ano”, e esclarecem que “esta data pode variar, e será confirmada quando o seu lançamento for efetivado”. Em outras palavras, o produto segue muito vivo, mas não tem um prazo de lançamento.

Via The Verge

MacBook branco é descontinuado

by

Um dos produtos mais característicos da Apple chegou ao fim, depois de ser um sucesso de vendas no mercado. O MacBook branco perdia espaço constantemente para outros produtos da empresa, mas ainda tinha um bom espaço no mercado educacional (escolas e universidades). A Apple encerra oficialmente o projeto dese modelo, tornando o célebre portátil um objeto do passado. A classificação oficial do produto na página da Apple está como “End of Life”. Agora, a linha de portáteis da Apple é composta apenas pelos modelos MacBook Pro e MacBook Air.

Via MacRumors

Apple remove jogos para a click wheel dos iPods. Será que o modelo Classic está chegando ao fim?

by

Sabemos que na próxima terça-feira, a Apple vai reunir a imprensa para falar do iPhone. Porém, o que não fica muito claro é se um dos temas a serem tratados envolvemo os players multimídia da empresa. Alguns rumores indicam que o iPod Classic chegou ao fim, e a noticia divulgada pelo AppleInsider pode reforçar esses rumores. Não é mais possível fazer downloads de aplicativos da App Store dos games compatível coma Click Wheel do iPod.

Estamos falando de apenas 50 jogos, cuja maioria foi desenvolvida pela própria Apple, já que não existe um SDK para programadores desenvolverem para esse formato. Porém, o detalhe dos usuários do iPod Classic não poderem conseguir esse tipo de software para seus players é, aparentemente, um reflexo de uma possível decisão da empresa de Cupertino em não mais fabricar players com disco rígido. Bom, resta esperar mais alguns dias para saber o que realmente acontece.

via AppleInsider

Notebook Dell XPS 14 é descontinuado, e será substituído por um produto “mais fino e mais leve”

by

Há 4 meses atrás, a Dell anunciava oficialmente o XPS 14. Hoje, ele foi guilhotinado, sem dó, nem piedade. Compradores que buscam comprar o produto em diversos mercados se deparam com a informação que o status do mesmo é “sem estoque”, e o que é pior, que não será reposto. O motivo do fim não foram vendas baixas (mesmo porque isso não aconteceu), mas sim uma ação estratégica em virtude da transição para a tecnologia Sandy Bridge. Para isso, eles vão centrar seus esforços em equipamentos mais finos e mais leves, que devem chegar ao mercado ainda em 2011.

via Engadget