Arquivo para a tag: bing

Microsoft lança site de transparência sobre conteúdos apagados

by

microsoft-base-eua-redmond-teaser

A Microsoft apresenta o Microsoft Transparency Hub, um site que é uma fonte central com uma grande variedade de relatórios sobre o que é possível ou não acessar, incluindo os relatórios de petições de aplicação da lei e das forças de segurança dos Estados Unidos.

Os dados presentes nesse momento abarcam os seis primeiros meses de 2015, e incluem várias referências sobre o ‘direito do esquecimento’. O Microsoft Transparency Hub também aloja alguns detalhes demográficos sobre os funcionários e outras estatísticas da Microsoft.

Foi registrado um aumento nas petições, se comparado com os números da segunda metade de 2014, indo de 31.002 para 35.552. Apenas 3% das petições realizadas por organismos governamentais foram derivadas da divulgação de conteúdo de clientes.

O Relatório de Petições de Remoção de Conteúdos mostra as petições recebidas pela Microsoft, e é dividido em três áreas:

– Petições de governos que denunciam a violação de uma lei local ou dos próprios termos de serviço.
– Petições dos moradores da União Europeia para apagar links do Bing através do Direito ao Esquecimento.
– Petições de proprietários de copyright que denunciaram o Bing por infringir a sua propriedade intelectual.

A Microsoft recebeu um total de 186 petições durante os seis primeiros meses de 2015, dos quais 165 vieram da China. A empresa espera com esses relatórios oferecer uma informação melhor e mais transparente ao seus clientes e usuários, seguindo a tendência de outras empresas.

Via BetaNews

Microsoft utiliza o Bing para recomendar o Edge aos usuários

by

microsoft-edge

A Microsoft começou a utilizar o seu buscador Bing como via de promoção (ou recomendação) do seu navegador Edge, para os usuários que realizam buscas de outros navegadores.

Quando é digitado na busca do Bing o nome de um navegador concorrente, aparece nos resultados uma notificação onde é possível ler “a Micrsosoft recomenda utilizar o Microsoft Edge para Windows 10”. Tal informação vem acompanhada do botão “saiba mais”, que leva para uma página que mostra as principais características do novo navegador da empresa.

A Microsoft esclarece que:

“O Mirosoft Edge foi desenvolvido exclusivamente para o Windows 10, com características e funcionalidades que melhoram a experiência de navegação com o Cortana, Web note e respostas rápidas. Estas notificações foram criadas para oferecer para as pessoas a informação rápida e simples que podem ajudá-las a conhecer melhor tal experiência. Esclarecido isso, com o Windows 10 você pode escolher de forma livre o navegador padrão e o motor de busca”.

Para muitos, o Edge é uma boa aproximação do que deve ser um sucessor real em condições que consiga superar as carências do Internet Explorer, mas é evidente que a Microsoft ainda tem que melhorar algumas coisas no software.

Via Neowin

Microsoft facilita as denúncias ao ‘revenge porn’

by

bingsearch

O ‘revenge porn’ é algo realmente desagradável. Pessoas com moral duvidosa publicando imagens íntimas de suas ex-parceiras na internet por pura vingança é algo realmente degradante. E hoje o tema é retomado, por conta da Microsoft.

A gigante de Redmond se uniu a outras grandes como o Google para anunciar que, a partir de agora, as pessoas afetadas ou que querem fazer uma denúncia relacionada à essa prática passam a contar com um formulário de contato, onde eles podem enviar um alerta formal sobre os conteúdos de ‘revenge porn’ encontrados no Bing.

Caso a petição seja aceita, a Microsoft vai eliminar tal conteúdo dos resultados do seu buscador, assim como toda a possibilidade de que ele seja compartilhado em qualquer uma de suas plataformas. Não sabemos com qual rapidez eles vão remover esses resultados (e esse é um ponto muito importante do processo), mas ao menos é um passo adiante na luta contra essa detestável prática.

Via Microsoft on the Issues

Motor de previsões do Bing volta a surpreender no Oscar 2015

by

650_1000_oscar-hollywood

No final de semana, falamos sobre os cálculos matemáticos que previam os vencedores do Oscar 2015, e o sistema acertou 18 dos 21 vencedores (mesmo sem contemplar algumas categorias). Agora, temos os resultados do motor de previsão do Bing (Microsoft), que já havia surpreendido durante a Copa do Mundo de 2014, nos jogos da NFL e no campeonato inglês de futebol.

O índice de acertos do Bing acertou nada menos que 84% dos vencedores do Oscar 2015, ou 20 de 24 vencedores, e com 100% de acertos nas seis categorias principais (melhor filme, melhor ator, melhor atriz, melhor ator coadjuvante, melhor atriz coadjuvante e diretor).

David Rothschild, pesquisador da Microsoft e responsável pela brincadeira, revela que o Bing já vem acertando os vencedores a algum tempo: em 2014, ele acertou 21 dos 24 vencedores, e em 2013, foram 19 de 24 acertos.

Parece que as cerimônias da Academia de Cinema de Hollywood estão cada vez mais previsíveis.

Via TheVerge

Quer 100 GB adicionais no OneDrive por dois anos? Leia esse post…

by

onedrive-reward

E quem aí não gosta de coisas de graça? Para conseguir 100 GB gratuitos na nuvem do OneDrive por dois anos, basta ler com atenção o post a seguir.

Na semana passada, a Microsoft começou a presentear com os já citados 100 GB de espaço no OneDrive os seus usuários norte-americanos que se inscreviam no serviço Bing Rewards. Agora, a oferta está disponível para todo o planeta, ou seja, qualquer pessoa pode agora conseguir o espaço adicional na nuvem da gigante de Redmond por dois anos (‘ah, mas não é para sempre’; fica quieto, pois é melhor do que nada).

Tudo o que você precisa fazer para aproveitar dessa promoção é acessar a sua conta Microsoft (clique aqui), iniciar a sua cessão e permitir ao OneDrive Preview o acesso às suas informações. E pronto: uma mensagem como a do topo desse post aparecerá, notificando que sua conta recebeu 100 GB gratuitos por um prazo de dois anos.

Simples assim.

Windows Phone 8.1 GDR 1 só permite o uso do Bing, deixando o Google de fora

by

650_1000_nokiabing

Segundo a documentação técnica publicada pela Microsoft em sua central para desenvolvedores, a atualização GDR1 do Windows Phone 8.1 só vai permitir a utilização do Bing como motor de busca. A restrição vale nos países onde o serviço está disponível (Brasil, inclusive).

Até agora, os usuários do Windows Phone poderiam acessar as propriedades avançadas do Internet Explorer e escolher qual motor de busca usar (Bing ou Google). Com o GDR1, isso acaba. A Microsoft explica que o sistema operacional vai determinar automaticamente se o Bing está disponível em função da região e idioma indicados pelo usuário. A partir disso, ele vai ocultar qualquer outro motor de busca, tanto do navegador como do botão de busca do sistema.

Para quem usa habitualmente o Bing, não vai sentir tanto essa mudança. para aqueles que preferem o Google, a notícia é péssima. Será que os órgãos reguladores da União Europeia verão essa decisão com bons olhos?

Via Windows Phone Dev Center

Google Brasil lidera buscas em junho, segundo Hitwise

by

logo-google

O Google Brasil permaneceu em primeiro lugar entre os buscadores mais utilizados no país, registrando 93,66% de participação nas buscas realizadas no período de quatro semanas consecutivas terminado em 28 de junho de 2014 de acordo com a recente pesquisa da Hitwise, ferramenta de inteligência em marketing digital da Serasa Experian.

Em segundo lugar em participação nas buscas no país em junho está o Google.com, com 2,96%, seguido de Bing.com, com 1,56%. Ask.com aparece em quarto lugar, com 1,07%, e o Yahoo! Brasil em quinto, com 0,64%, da preferência dos usuários.

O Yahoo.com está em sexto lugar entre os buscadores mais utilizados, com 0,07% de participação de buscas em junho. Ainda dentre os top 10 buscadores mais usados no Brasil no período estão Google Reino Unido (0,03%), Google Canadá (0,0039%), Google França (0,0038%) e Buscador Click RBS (0,0023%).

Buscas contendo uma palavra são maioria

As buscas contendo uma palavra corresponderam a 32,12% do total no período de quatro semanas terminadas em 28 de junho de 2014, seguidas por buscas que continham duas palavras, com 23,75%, e três palavras, 17,54%. Termos com quatro palavras somaram 10,54% do total, enquanto aqueles contendo cinco palavras totalizaram 6,86%.

Via assessoria de imprensa (Hitwise/Serasa Experian)

Microsoft confirma o lançamento do Windows 8.1 com Bing

by

xwindows-8.1-capturas-00

Uma última antes da sexta-feira começar. A Microsoft confirmou o lançamento do Windows 8.1 com Bing, especulada versão do sistema operacional, especialmente pensada para equipamentos de baixo custo.

Essa versão do Windows tem como particularidade contar com o Bing como o motor de buscas padrão no Internet Explorer, e a Microsoft garante que a experiência de uso é a mesma encontrada no Windows 8.1 Updade 1, onde o usuário sempre poderá mudar a configuração previamente estabelecida através do menu do citado navegador.

A nova edição só poderá ser encontra pré-instalada em dispositivos de parceiros da Microsoft, mediante acordo previamente estabelecido. Alguns desses equipamentos (especialmente tablets) virão com o Office ou com uma assinatura de um ano do Office 365.

A Microsoft tem como objetivo com esse lançamento ter um sistema operacional rodando em mais máquias, com um curso mais variado e sendo acessível para todos. E com uma maior expansão do sistema, mais oportunidades os desenvolvedores terão de emplacar sues aplicativos.

Não deve demorar muito para os primeiros fabricantes anunciarem os seus primeiros equipamentos com Windows 8.1 com Bing. Quando isso acontecer, deixaremos vocês informados.

Via PCWorld, Microsoft

Estão censuradas as buscas do Bing na China?

by

bing-search

O site The Guardian compartilha a especulação levantada pela organização pró-libertadores Greatfire.org, sobre uma espécie de censura dos resultados buscados no Bing na China.

Uma das provas mais evidentes sobre essa censura está na busca do termo “Dalai Lama” em chinês. Nesse caso, os links que o Bing oferece eram todos relativos aos veículos de imprensa oficiais da China, enquanto que as buscas feitas em outros idiomas exibem entre os principais resultados a página oficial de Dalai Lama na internet, assim como todo o tipo de informações sobre suas atividades, incluindo a sua página na Wikipedia, que na versão chinesa, desapareceu dos resultados.

Os testes posteriores exibiram resultados similares com termos como “praça Tinanmen”, ou sobre as acusações de corrupção no governo BoXilai. O mais curioso do assunto é que essas diferenças não dependiam da localização geográfica do internauta que fazia a busca, mas sim do idioma escolhido. Ou seja, um chinês residente nos Estados Unidos que efetuasse as buscas em chinês, poderia comprovar essas alterações.

Diante dessa evidência, o pessoal do Greatfire.org entrou em contato com a Microsoft, que inicialmente optou por não comentar o assunto, mas pouco depois, o diretor do Bing, Stefan Weitz, explicou que se tratava de “um erro provocado por uma notificação errada da retirada do conteúdo em algumas buscas”.

Ainda não sabemos se há uma solução para esse “erro”. Mas vamos aguardar pelos próximos acontecimentos.

Via The Guardian

Beyoncé, o bebê real e o Harlem Shake: esses foram os destaques do Bing em 2013

by

beyonce

Como já é uma tradição nos últimos anos, a Microsoft revelou os itens mais procurados pelos internautas em 2013 através do Bing. Baseado nos dados de bilhões de buscas realizadas no site, a lista dos itens mais buscados foi revelada. E a pessoa mais procurada no Bing esse ano foi a pop star Beyoncé.

Não sei exatamente o que isso quer dizer, exceto o fato que as pessoas seguem obcecados por celebridades. E que o presidente dos Estados Unidos Barack Obama conta como celebridade nesse caso, pois está entre os mais procurados.

De qualquer forma, Beyoncé encabeça uma lista que é composta (na sequência) por Kim Kardashian, Rihanna, Taylor Swift, Madonna, Justin Bieber, Nicki Minaj, Amanda Bynes, Miley Cyrus e… Barack Obama. Aliás, a esposa do rapper Jay-Z está no topo da lista de 8 dos 12 países que participaram do resultado da pesquisa. Onde não reinou, Miley Cyrus estava na liderança (Austrália e Canadá, por exemplo).

Entre as histórias mais buscadas de 2013, o nascimento do bebe real, Príncipe George (do Reino Unido) ficou no topo da lista. A rede social mais buscada do planeta não poderia ser outra: o Facebook. O Xbox One foi o eletrônico de consumo mais buscado entre os norte-americanos em cinco outros países, deixando o iPhone na segunda posição.

A série de TV mais buscada no Bing em 2013 foi “The Big Bang Theory”, deixando o reality competition “American Idol” na segunda posição. A equipe esportiva mais buscada pelos norte-americanos foi o Dallas Cowboys (NFL), que em 2013, alcançou o valor estimado de US$ 2.1 bilhões.

Por fim, o Harlem Shake foi o vídeo viral/meme mais buscado no Bing em 2013 pelos norte-americanos. No YouTube, o Harlem Shake ultrapassou a marca de 67 milhões de visualizações.

Para conferir a lista completa dos destaques de 2013 no Bing, clique aqui.

Bloomberg: se assumir a chefia da Microsoft, Stephen Elop pode acabar com o Bing e vender divisão do Xbox

by

elop.jpg

Tudo bem, são só rumores, e não há motivos para pânico, muito menos para antecipar o pior. Porém… WTF, Elop? Como assim?

Segundo o site da Bloomberg, muito bem informado (e com três fontes anônimas muito próximas sobre o assunto), se Stephen Elop for escolhido como CEO da Microsoft, o destino da empresa será bem diferente. Na verdade, drasticamente diferente. As fontes afirmam que Elop já tem bem claro em sua mente o plano de mudança de rumos da empresa, que passaria a se centrar nos produtos da plataforma Office, com o objetivo de levar a sua suíte de programas de escritório para todas as plataformas, incluindo é claro as plataformas da Google da Apple.

E as fontes vão além. Uma das medidas drásticas que Elop tomaria no comando da Microsoft é simplesmente vender a divisão do Xbox. Isso mesmo: vender a divisão que traz hoje uma das maiores fontes de lucro trimestral para a gigante de Redmond. Além disso, Elop também encerraria o desenvolvimento do Bing, acabando com o projeto da ferramenta de busca online na empresa.

O motivo de toda esse “bota fora” de Elop? Os analistas garantem que a venda da divisão do Xbox e o fim do Bing poderiam trazer lucros a curto prazo, visando valorizar o valor de mercado da Microsoft com maior velocidade, com o objetivo de aumentar investimentos para uma segunda fase de reestruturação, com mais dinheiro, maior valor de mercado, e maior potencial de desenvolvimento de novos projetos.

Vale lembrar que tanto o Xbox quanto o Bing são produto muito consolidados, e que ambos são muito importantes para o desenvolvimento da Microsoft como um todo. Também é importante lembrar mais uma vez que estamos na zona dos rumores. Nem Elop é CEO da Microsoft, e nem sabemos se esses são os seus desejos oficiais em relação à esses produtos.

Porém, não consigo imaginar o que Elop teria em mente com medidas que, na minha humilde opinião, beiram à loucura. Pode até ser que a Microsoft não fature muito com o Bing, ainda mais com uma concorrência do porte do Google. Mesmo assim, não é fácil descartar um serviço que já conta com anos de desenvolvimento, e é um dos produtos considerados relevantes nos seus novos sistemas.

E sobre a divisão do Xbox… eu nem preciso dizer muito: se Elop realmente fizer isso, chamem o sanatório para interná-lo!

Via Bloomberg

Bing Translator recebe suporte ao idioma Klingon

by

Klingon

A Microsoft fechou uma parceria com a Paramount Pictures para oferecer aos Trekkies um modo de tradução considerado essencial para comunicações interplanetárias: o suporte para o idioma alienígena Klingon no Bing Translator. O recurso também foi adicionado para ajudar na promoção de lançamento do novo filme Star Trek: Into Darknes, que tem estreia mundial nos cinemas na data de hoje (17).

Tal como em outros idiomas mundanos disponíveis no Bing, é possível fazer a tradução do seu idioma de origem (no nosso caso, o português) para o Klingon, assim como o inverso, o que permite que alienígenas consigam compreender as bobagens que estamos falando. O recurso está disponível na página do Bing na internet, ou no aplicativo Bing Translator para o Windows Phone 8, que por sua vez estará disponível na próxima atualização do sistema operacional da Microsoft.

A Microsoft explica em detalhes como foi o processo de transição desse projeto em seu site MSDN.com, explicando tanto em inglês quanto em Klingon como eles chegaram ao resultado atual. O projeto foi feito em parceria com o Klingon Language Institute, e sua conclusão foi trabalhosa, em virtude da complexidade dos textos e do apuro feito nas transcrições desses textos.

A Microsoft também alerta que os fãs mais exigentes de Star Trek estão convidados a oferecer feedbacks sobre as traduções, enviando correções para a equipe responsável pelo projeto. A ferramenta de tradução foi inicialmente desenvolvida para entregar os textos traduzidos contando com a ajuda do Microsoft Translator Hub. A combinação dessa ferramenta com o Bing oferecem um resultado mais apurado nas traduções, mas eles mesmos reconhecem que seguem no desenvolvimento dessa ferramenta, com o objetivo de refinar os resultados.

Você também pode adicionar essa ferramenta de tradução no seu site, permitindo que os seus leitores (humanos ou alienígenas) possam traduzir seus textos para os respectivos idiomas desejados.

Tá, eu sei, você quer testar o recurso. Clique aqui para acessar o tradutor do Bing, digite qualquer coisa, e selecione no idioma de destino o idioma Klingon (Kronos).

Via Bing

Bing revela quais foram os termos mais buscados em seu site em 2012

by

Ok, eu sei. Ainda estamos em 2012 (na verdade, faltam 33 dias para 2013 começar), e pode ser um pouco prematuro/precipitado aparecer uma lista como essas logo agora. Mas como é nessa época do ano que as retrospectivas e listas começam a aparecer, o Bing resolveu sair na frente, e divulgar os termos mais buscados de 2012 em seu site.

O mundo da cultura pop mais uma vez dominou os termos mais buscados, e refletem o que foi o ano de 2012 nesse segmento. Assuntos como o nascimento do filho da cantora Beyonce, um novo vídeo de Justin Bieber e qualquer coisa que alguma das irmãs Kardashians tenha feito em algum momento foram alvo das buscas dos fãs dessas respectivas personalidades. O objetivo? Notícias, fotos e fofocas envolvendo esses nomes. Nesse ranking em particular, Kim Kardashian e Justin Bieber torcaram suas posições (ela em primeiro, ele em segundo).

Mas o mundo do Bing não foi composto apenas pelos famosos. Assuntos como as eleições presidenciais nos Estados Unidos, o furacão Sandy e o lançamento do iPhone 5 também ficaram em evidência nos termos buscados pelo serviço. Entre as redes sociais, Facebook e Twitter seguem no topo (nessa ordem), e a Apple ocupa três das cinco primeiras posições entre os gadgets mais buscados de 2012 (iPhone 5 no #1, iPad no #2 e iPad 3 no #5).

Abaixo, algumas das listas do Bing que merecem destaque:

Celebridades

  1. Kim Kardashian
  2. Justin Bieber
  3. Miley Cyrus
  4. Rihanna
  5. Lindsay Lohan
  6. Katy Perry
  7. Selena Gomez
  8. Jennifer Aniston
  9. Nick Minaj
  10. Taylor Swift

Redes sociais

  1. Facebook
  2. Twitter
  3. MySpace
  4. LinkedIn
  5. Tumblr
  6. Instagram
  7. Reddit
  8. StumbleUpon
  9. Digg
  10. Klout

Gadgets

  1. iPhone 5
  2. iPad
  3. Samsung Galaxy S III
  4. Kindle
  5. iPad 3
  6. iPod Touch
  7. XBox
  8. PlayStation 3
  9. iPhone 4S
  10. Windows 8

Vídeos

  1. Psy – Gangnam Style
  2. Carly Rae Jepsen – Call Me Maybe
  3. Justin Bieber – Boyfriend
  4. Gotye – Somebody that I used to know
  5. Fun.- We Are Young
  6. One Direction – What Makes You Beautiful
  7. Drake- The Motto
  8. Maroon 5 Feat. Wiz Khalifa – Payphone
  9. The Wanted- Glad You Came
  10. Katy Perry- Part Of Me

Um divertido vídeo vai te ajudar a “recuperar o seu Google” no Windows 8

by

Aproveitando o lançamento do Windows 8, o Google quer que fiquemos sabendo que é muito fácil integrar o seu buscador, e navegar no novo sistema operacional da Microsoft. Melhor ainda é descobrir que, para explicar o processo, eles não emitiram nenhuma nota de imprensa, ou um tutorial sonolento, mas sim um divertido vídeo onde eles ensinam como introduzir o buscador na nova interface do Windows 8 em menos de dois minutos.

Eles até criaram um site para ilustrar o processo, o getyourgoogleback.com, que permite a recuperação do seu Google em computadores com Windows 8, sem perda de tempo. Tenho quase certeza que a Microsoft não gostou muito dessa ideia. Por outro lado, não há muito o que eles possam fazer para evitar isso.

Vídeo abaixo.

Via

Microsoft revela os seus planos do Connected Car em uma oferta de emprego. Teremos o Kinect, Windows e Azure nos carros do futuro

by

Que a Microsoft quer estar no seu carro, nós já sabemos. Faz tempo que a gigante de Redmond está trabalhando nos seus sistemas temáticos com núcleo Windows em plataformas como a SYNC (Ford), UVO (Kia) ou Blue&Me (Fiat), mas os seus planos para o futuro do denominado Connected Car são muito mais ambiciosos, se observarmos com calma a indicação deixada por uma de suas ofertas de emprego.

No seu portal de contratação, a Microsoft publicou um anúncio em que buscava um engenheiro para aproveitar “todo o poder do ecossistema da Microsoft”, em uma plataforma automobilística, que usará tecnologias tão variadas, como o Kinect, Windows 8, Windows Phone, Windows Live, Bing e o sistema de serviços na nuvem Azure. Tudo isso se integraria de forma invisível para o usuário, com o objetivo de melhorar a experiência do motorista ao volante.

Os produtos resultantes de tão ambiciosa plataforma ofereceriam sistemas capazes de interpretar os movimentos do seu rosto e suas mãos, assim como comandos de voz para reconhecer o motorista e interagir de forma bem natural com o mesmo, oferecendo informações contextuais baseadas em suas preferências e hábitos ao volante, isso sem falar na possibilidade de se conectar à nuvem via Azure para atualizar automaticamente a sua coleção de músicas ou até os favoritos da internet com os demais dispositivos que você possui (computador, tablet ou smartphone).

Infelizmente, apesar da descrição de sua oferta de emprego ser quase uma declaração de intensões, por enquanto, a Microsoft não colocou data para o lançamento de sua versão do carro do futuro. Ou seja, vamos ter que esperar de forma paciente para conferir (e compreender) o funcionamento desses carros.

Via SlashGear

Microsoft lança o aplicativo do Bing para o iOS e Android (mas se esqueceu do Windows Phone)

by

Casa de ferreiro, espeto de pau. A Microsoft decidiu lançar o aplicativo Bing for Mobile nas plataformas iOS e Android, mas sem nenhuma explicação aparente, deixou de lado o seu próprio sistema operacional, o Windows Phone. O anúncio veio através do próprio blog do buscador, em um post que mostra as funcionalidades do aplicativo.

A Microsoft se baseou no desenvolvimento do aplicativo em HTML5, no lugar do Silverlight, com a esperança de abraçar mais navegadores e interfaces de aplicativos. A empresa explica a escolha em uma menção: “estamos trabalhando para oferecer a mesma experiência nos dispositivos da RIM e Windows Phone 7 no futuro”.

A decisão pode parecer estranha no começo, mas na lógica do mercado atual, tem o seu sentido: a grande quantidade dos usuários de dispositivos móveis estão hoje nas plataformas Android e iOS.

via Information Week

Comunicado oficial da Nokia sobre sua parceria com a Microsoft

by


 

A Nokia e a Microsoft anunciaram hoje planos para criar uma parceria global estratégica, que irá complementar suas forças e habilidades, para criar um novo ecossistema móvel.

 

Nokia e Microsoft pretendem se unir para criar produtos e serviços móveis líderes, que ofereçam aos consumidores, operadoras e desenvolvedores oportunidades únicas. Enquanto cada empresa irá focar em seus negócios principais, a parceria iria fornecer uma oportunidade de execução muito mais rápida. Adicionalmente, Nokia e Microsoft também planejam trabalhar juntas para integrar funcionalidade e criar serviços completamente novos, enquanto aumentam sua gama de produtos e serviços já estabelecidos para novos mercados.

 

Dentro da parceria proposta:

 

·         A Nokia adotaria o Windows Phone como sua principal estratégia de smartphones, inovando em ares como fotografia, em que é líder de mercado.

·         A Nokia iria auxiliar e conduzir o futuro do Windows Phone. Iria contribuir com seu conhecimento em design de hardware, suporte a vários idiomas, e levar o Windows Phone a uma extensa gama de faixas de preço, segmentos de mercado e regiões.

·         A Nokia e a Microsoft trabalhariam juntas para colaborar em inovações e em um plano para evolução dos produtos moveis no futuro.

·         O Bing seria utilizado em ferramentas e serviços da Nokia, dando aos consumidores acesso a uma nova geração de mecanismos de busca. O Microsoft AdCenter iria prover serviços de busca patrocinada na linha de produtos e serviços Nokia.

·         Nokia Mapas se tornaria parte principal do serviço de mapas da Microsoft. Por exemplo, os mapas seriam integrados dentro dos resultados de busca do Bing e na plataforma AdCenter, para formar uma experiência de busca patrocinada única.

·         A extensa lista de acordos de billing que a Nokia tem com operadoras iria facilitar o acesso dos consumidores aos serviços do Windows Phone em locais onde o uso de cartão de crédito ainda é pequeno.

·         As ferramentas de desenvolvimento da Microsoft seriam usadas para criar aplicativos que rodem em aparelhos Nokia Windows Phone, permitindo aos desenvolvedores acessar um ecossistema de alcance global.

·         A loja de aplicativos e conteúdos da Nokia seria integrada ao Microsoft Marketplace, para uma experiência mais completa do consumidor.

“Atualmente, desenvolvedores, operadoras e consumidores querem aparelhos móveis mais completos, que incluam não só o produto em si, mas os softwares, serviços, aplicativos e suporte ao cliente, que juntos criam uma ótima experiência”, afirmou Stephen Elop, presidente e CEO da Nokia, durante evento em Londres. “Nokia e Microsoft irão unir forças para entregar um ecossistema móvel sem concorrentes, com escala global. Agora, é uma corrida com três cavalos no páreo”.

 

“Estou muito animado com essa parceria com a Nokia”, afirma Steven A. Ballmer, CEO da Microsoft. “Ecossistemas são experiências únicas quando conduzidas com velocidade, inovação e escala. A parceria que anunciamos hoje oferece incrível escala, uma larga experiência em inovação em software e hardware, além de uma habilidade provada de execução.”

 

NOTA

A Nokia e a Microsoft entraram em um acordo sem obrigação. A parceria planejada permanece sujeita a negociações e execuções de acordos definitivos pelos parceiros e, portanto, não há garantia de que um acordo definitivo será feito.

 

DECLARAÇÕES DE ACONTECIMENTOS FUTUROS
Deve ser notado que certas declarações aqui, que não são fatos históricos, são declarações de fatos que irão acontecer, sem limitação, incluindo: A) a intenção de formar uma parceria estratégica com a Microsoft para combinar forças complementares e experiência e formar um ecossistema global móvel, e adotar o Windows Phone como plataforma inicial de smartphones, incluindo os planos esperados e benefícios de tal parceria; B) o prazo esperado e benefícios desta parceria e estratégia, incluindo resultados operacionais e financeiros, metas, assim como liderança e mudanças na estrutura operacional; C) o prazo das entregas de nossos produtos, serviços e suas combinações; D) nossa habilidade para desenvolver, implementar e comercializar novas tecnologias, produtos e serviços e suas combinações; E) expectativas quanto a desenvolvimentos de mercado e mudanças estruturais; F) expectativas e metas sobre volume de indústria,  market share, preços, vendas líquidas e margens de produtos e serviços; G) expectativas e metas sobre prioridades operacionais e resultados de operações; H) a resolução de litígios pendentes e iminentes; I) expectativas sobre a aquisição completa em prazos estipulados e nossa habilidade de atingir metas operacionais e financeiras, em conexão com a aquisição e reestruturação; J) declarações precedidas por “acredito”, “espero”, “antecipo”, “prevejo”, “metas”, “estimativas”, “desenhado”, “planos”, “irá” ou expressões similares. Estas declarações são baseadas nas crenças das diretorias frente às informações atualmente disponíveis. Como há riscos envolvidos e incertezas, os resultados reais podem diferir dos resultados esperados. Fatores que podem causar essas diferenças incluem, mas nao se limitam a isso: 1) se um acordo definitivo pode ser feito com a Microsoft para a parceria em potencial dentro de um tempo esperado, de forma benéfica para nós; 2) nossa habilidade de continuar inovando e mantendo nossa plataforma de aparelhos baseados em Symbian durante a negociação com a Microsoft e após isso; 3) a negociação e implementação da parceria com a Microsoft irá requerer um tempo significativo, atenção e recursos de nossa gerência senior, e outros, dentro das expectativas de nossos negócios; 4) ao escolher negociar uma parceria com a Microsoft e utilizar o Windows Phone como nossa plataforma de smartphones inicial, podemos esperar alternativas mais competitivas, alcançando mais aceitação e lucro dentro do mercado de smartphones; 5) A plataforma dos smartphones Microsoft Windows Phone pode não ser preferida por desenvolvedores, parceiros de conteúdo e outros parceiros, incapacitando nossa habilidade de oferecer um ecossistema suficientemente bom para nossos smartphones; 6) a parceria com a Microsoft pode não atingir o nível de produção de smartphones, que são diferenciados dos nossos competidores e preferidos por nossos clientes e consumidores durante um prazo estabelecido, ou de forma definitiva; 7) nossa habilidade de mudar o modelo de negócios, a maneira de trabalhar e cultura para trabalhar com a Microsoft para alcançar os benefícios declarados em prazo determinado, ou de forma definitiva; 8) nossa habilidade de criar, de forma efetiva e diluída, nossa nova liderança em estrutura operacional e em alcançar os benefícios em um tempo esperado; 9) a implementação da parceria com a Microsoft e a nova estrutura operacional podem causar insatisfação ou entre funcionários, potencialmente reduzindo o foco em produtividade am algumas, ou em todas áreas de nossos negócios; assim como os fatores de risco especificados nas páginas 11-32 do relatório anual da Nokia para o ano encerrado em 31 de dezembro de 2009, no item 3D.”Fatores de risco”. Outros fatores desconhecidos ou imprevisíveis, ou entendimentos incorretos, ou que se provem incorretos, podem causar resultados que sejam diferentes dos anunciados nas declarações com base no futuro. A Nokia não se compromete com quaisquer obrigações de publicamente atualizar ou revisar essas declarações, sejam elas resultados de novas informações, eventos futuros ou outro fator, exceto ao que é legalmente exigido.


via assessoria de imprensa

Agora é oficial: Nokia e Microsoft confirmam sua parceria (Windows Phone, Bing, Xbox Live e Office)

by

O que antes era um rumor que rodou durante dias nos veículos de tecnologia e dos negócios (já que virou notícia até na Bloomberg) agora é uma realidade. Stephen Elop, CEO da Nokia, formalizou a parceria da empresa finlandesa com a Microsoft, através de uma “aliança estratégica” de importantes consequências.

A primeira delas é que o Windows Phone 7 passa a ser o sistema principal dos smartphones da Nokia. Bing e adCenter também serão serviços que estarão presentes em seus aparelhos. Em troca, o serviço Ovi Mapas será o serviço de mapas da Microsoft.

A Market Place será a “App Store” dos aparelhos da Nokia, que também receberá os serviços do Xbox Live e o Office em seus aparelhos. O alcance do acordo é amplo para os dois lados, e pelo tom do discurso, estão dispostos a entrar na competição de forma pesada. Segue citação: “Nokia e Microsoft somarão forças para criar um eco sistema que não terá concorrência no mercado, tanto em força, como em alcance. Será agora uma competição entre três”. Podemos entender que, quando eles dizem três, eles se referem ao Android, iOS, e Nokia-Microsoft. Abaixo, o vídeo que confirma esta parceria.

O futuro do MeeGo e do Symbian

A Nokia faz questão de deixar bem claro ao mundo que tanto o MeeGo quanto o Symbian seguem vivos. Segundo comunicado da empresa, “o MeeGo passa a ser um projeto open source, e vai se concentrar nos futuros dispositivos em longo prazo. A Nokia vai lançar um aparelho com MeeGo ainda em 2011”. No caso do Symbian, sistema predominante da Nokia, e que muitos já davam como morto com tantos rumores, eles informam que “o Windows Phone será a plataforma prioritária dos smartphones, enquanto que o Symbian continua nos aparelhos menores. Faremos isso visando a oportunidade de reter e migrar a base de 200 milhões de usuários Symbian”.

Algumas perguntas ainda precisam ser respondidas: em quanto tempo os primeiros aparelhos com Windows Phone 7 chegam ao mercado? Algum smartphone pré-anunciado já chegará com o novo sistema? E aparelhos com Symbian^3, como o N8? Serão migrados para o Windows Phone 7? Acreditamos que estas respostas podem chegar em breve, ou até mesmo na Mobile World Congress, da semana que vem.

via Nokia

[software] Bing Maps, agora com calculadora para corridas de táxi

by

Pode-se falar o que quiser sobre o Bing como buscador, e vamos te dar razão por isso. Porém, alguns dos serviços adicionados pela Microsoft para o Bing são excelentes. Excelentes a ponto de serem ótimas ideias para que o Google melhore os seus serviços. A última dessas novidades é a calculadora para corridas de táxi no Bing Maps, que ajuda o usuário a calcular o custo de viajens do ponto A ou ponto B. O serviço calcula a viagem em dólares e em centavos. Por enquanto, está funcionando apenas nos EUA (e ainda assim, em apenas algumas cidades).

Fonte

[software] Bing chegará ao Android nas próximas semanas

by

A chegada do Bing aos terminais Android pode ser uma realidade nas próximas semanas. A entrada do buscador da Microsoft no sistema operacional do Google dá a possibilidade para o usuário escolher qual serviço de busca de conteúdos na internet ele quer usar, seja para fotos, notícias, sites ou mapas.

O Bing começou os seus primeiros passos para chegar no Android através de um acordo com a Motorola para usar a sua tecnologia nos telefones que serão lançados na China. A notícia é excelente para os usuários, e vai fazer com o que o Google trabalhe para oferecer ainda mais conteúdo para permanecer na liderança. É, parece que a Microsoft sabe bem como colocar o Bing em evidência: dispositivos móveis.

Fonte