Você já está acostumado com os tablets (se não se acostumou, esse post não é para você…), e sabe o quanto eles podem ser úteis para os segmentos de entretenimento e produtividade. Mas agora você pode expandir as possibilidades do uso dentro desses segmentos, com a chegada ao Brasil do tablet Samsung Galaxy Note 10.1, que conta com uma pequena, mas importante diferença dos demais modelos disponíveis no mercado: a S-Pen Stylus.

Não só o fato de incluir uma caneta apontadora (porque isso, todo dispositivo com tela touchscreen pode ter). O Galaxy Note 10.1 foi especialmente preparado para o uso com a S-Pen. Quem já possui o Galaxy Note original (com tela de 5 polegadas) sabe do que estou falando. O novo tablet conta com uma customização específica para uma interação eficiente com os dedos e com a caneta apontadora. Aqui, o usuário tem a liberdade de utilizar a melhor ferramenta de interação quando for necessário, e com resultados melhores por causa dessa escolha.

Na interação com jogos, anotações, desenhos e até mesmo na parte de escrita, o uso da S-Pen pode tornar o resultado final mais próximo do desejado, além de tornar o uso para algumas pessoas algo mais intuitivo. Afinal de contas, muitos usuários passaram anos de suas vidas utilizando canetas em seus blocos de anotações, cadernos e pranchetas. Logo, nada mais que natural que transportar toda essa experiência de uso seja transportada para os tablets. Além disso, a Samsung adicionou aplicativos específicos para a S-Pen, o que é mais um ótimo argumento para o uso do acessório.

Entre as principais características técnicas do Samsung Galaxy Note 10.1, destacamos: tela de 10.1 polegadas, conectividades WiFi e 3G (com a possibilidade de realizar e receber chamadas telefônicas), sistema operacional Android 4.0 Ice Cream Sandwich, 16 GB de memória para armazenamento (expansíveis via slot para cartões microSD de até 64 GB), e bateria de 7000 mAh.

Preço: R$ 1.899,00