Para quem estava esperando pelo tablet Nexus 7 do Google (em parceria com a Samsung), uma ótima notícia. Segundo o Tecnoblog, a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) homologou o tablet do Google no Brasil, o que libera o produto para ser vendido no mercado nacional, colocando o seu lançamento em modo de espera.

Que o produto seria lançado no Brasil, isso já era algo de conhecimento público, com alguns sites nacionais divulgando a informação. A homologação é um processo importante, pois aprova o produto para trabalhar nas especificações e normas técnicas estabelecidas pela agência brasileira. Vale lembrar que o novo smartphone do Google, o Nexus 4 (fabricado pela LG) já possui essa homologação, mas não tem data de lançamento confirmada (por enquanto).

A homologação do Nexus 7 aconteceu na última sexta-feira (18), mas sua documentação foi certificada na terceira semana de dezembro. Levando em consideração que era o período de final do ano, é natural que o processo levasse mais tempo. Outro detalhe importante: diferente do que aconteceu com o Galaxy Nexus, que teve que mudar seu nome para Galaxy X por questões de registro de marcas, o novo tablet do Google será vendido por aqui com o nome “Neuxs 7”, o que indica que algum acordo deve ter sido fechado para que isso acontecesse.

Apenas o modelo Wi-Fi está homologado no Brasil, o que pode indicar uma mudança de estratégia do Google para o mercado brasileiro em não oferecer o modelo em 3G, pelo menos nesse primeiro momento. Outra teoria levantada é que a versão 3G do Nexus 7 pode estar em processo de homologação, o que é natural nesse caso, principalmente quando uma empresa quer acelerar a entrada de um produto no mercado (fazendo o processo de avaliação de produtos em estágios diferentes).

Segundo o Google Brasil, tanto o Nexus 4 quanto o Neuxs 7 devem chegar ao nosso mercado até o final do primeiro semestre de 2013. Particularmente, aposto no lançamento desses produtos para o final do primeiro trimestre, ou no começo do segundo trimestre, uma vez que concorrentes diretos estão prestes a lançar no mercado nacional novos smartphones (principalmente a Nokia, com a linha Lumia).