É hora de ver o MacBook Pro ser modificado para um design de tablet. O Modbook Pro foi oficialmente anunciado, com uma tela de 13.3 polegadas, e tem sua chegada ao mercado confirmada para o dia 3 de outubro. O pessoal da Modbook tem uma curiosa situação em suas mãos, onde de uma forma ou de outra, eles são capazes de controlar toda a rigidez de restrições que o sistema Mac OS X da Apple possui, criando assim tablets que são, essencialmente, um MacBook Pro sem o teclado e uma tela sensível ao toque.

O anúncio de hoje também adiciona uma unidade SSD, para combinar o seu hardware potente com a velocidade e solidez de armazenamento de dados. O modelo também aceita uma interação com uma caneta stylus, e a sua unidade de SSD tem capacidade de armazenamento inicial de 64 GB, podendo ser atualizada para até 480 GB, dependendo das necessidades do usuário (disponível a partir da segunda quinzena de novembro).

O dispositivo combina o hardware original de um Apple MacBook Pro com o OS X Mountain Lion com uma digitalizadora Wacom com 512 níveis de sensibilidade à pressão. Também conta com uma interface combinada com o recurso ForceGlass, para poder utilizar a caneta digitalizadora, e você pode também instalar o Windows 7 no produto, se assim precisar (não foi informado se o tablet é compatível com o Windows 8).

A configuração básica do Modbook Pro conta com a tecnologia NAND, oferecida por uma unidade de armazenamento SATA 3 SSD. Com essa tecnologia, você vai ter a maior velocidade e desempenho disponível em uma unidade de armazenamento em flash, e sem partes móveis do produto, o que é a melhor parte para quem quer utilizar um produto como esses a longo prazo.

O produto começa a ser vendido nos Estados Unidos a partir da próxima quarta-feira (3), e as primeiras unidades começam a ser entregues a partir de novembro. A equipe do Modbook deixa claro que esse não é um produto original da Apple, mas sim, uma modificação do produto originalmente fabricado pela empresa de Cupertino.

Via SlashGear