Aqui temos um interessante tablet fabricado pela empresa indiana Bharat Electronics, que chama a atenção pelo seu baixo preço e opção de recarga de bateria pela luz solar, em casos de emergência. O produto usa Android 2.2 Froyo como sistema operacional, e se chegar ao mercado algum dia, será vendido por apenas 3.000 rupias (ou US$ 70).

Sobre suas características, quase nada é dito, ainda que se fale da “possibilidade de armazenar e subir dados em tempo real em servidor central”, o que dá uma pista que o seu armazenamento seja na nuvem, e não em um sistema de armazenamento local.

Por enquanto, o tablet é vendido ao Ministério do Desenvolvimento Rural do governo indiano, para ser usados em estudos do nível de pobreza. O executivo da Bharat, Ashwani Datt, disse que antes de colocar o produto nas mãos dos estudantes ou consumidores, eles vão precisar reconfigurar os dispositivos. O que nos faz pensar que o modelo pode ser mais um vapoware, ou seja, algo que nunca chegará ao mercado tradicional. Mais ou menos como foi com o netbook de US$ 100, lembra?

via Trak.in