Considerando os históricos problemas de vazamentos da Microsoft, temos que reconhecer que a apresentação do Surface for Windows foi um grande sucesso. E o motivo disso foi a capacidade da empresa de Redmond em conseguir manter o protagonista do evento em segredo, com o mais próximo de um vazamento ser os rumores do lançamento do tablet em si, e ainda assim, com detalhes escassos.

O que ninguém sabia é que o próprio desenvolvimento do Surface foi feito em segredo para grande parte da própria Microsoft. Segundo explicou Stevie Bathiche, chefe de hardware da empresa, eles criaram dentro do seu departamento uma equipe de “agentes secretos”, encarregados da missão de desenvolver um tablet compatível com o windows 8. Seu trabalho aconteceu em um “bunker subterrâneo”, em dependências separadas do restante da empresa e dotado com portas de segurança que só se abrem quando as anteriores são fechadas, entre outras medidas de segurança que são comparadas a de um grande banco.

O esforço valeu a pena, a se julgar pela falta de informação disponível sobre o produto até o último momento. Ninguém além dessa equipe tinha a menor ideia do que seria apresentado durante a coletiva da Microsoft. Essa é uma interessante mudança de estratégia, que obviamente não se pode aplicar a produtos tão grandes como o Windows, mas que deixa a perspectiva sobre a criação de “células semi-independentes” para manter em segredo futuros lançamentos da empresa de Redmond.

Via TechRadar