steve-wozniak-com-robo

 

Steve Wozniak, co-fundador da Apple, mudou de opinião sobre os possíveis riscos que os mesmos representam para a sobrevivência da raça humana.

Antes, Woz revelou sua preocupação sobre a possibilidade das máquinas nos escravizar, algo que obviamente não aconteceria da noite para o dia, e muito meno em um futuro próximo, mas que ele via como um risco real e provável.

Agora, em recente entrevista para a Business Insider, Wozniak afirmou que agora não acredita que a Lei de Moore vai ser capaz que tais máquinas sejam inteligentes o suficiente para raciocinar e atuar no mesmo nível que um ser humano.

Woz abordou temas muito importantes, como a intuição e a previsibilidade de uma pessoa, algo que ele entende que um robô não conseguirá, por mais que a tecnologia avance.

No seu ponto de vista, em um determinado momento os robôs poderão pensar de forma independente, mas até esse dia chegar, eles serão “simples companheiros dos seres humanos”.

O foco de Woz tem sentido, mas é precipitado afirmar exatamente o nível de evolução que podemos chegar. Ainda mais com a Google seu sistema de aprendizagem profunda.

Via DigitalSpy