Se na semana passada nós dissemos que Tim Cook tinha falado sem conhecimento de causa, quando afirmou que o Microsoft Surface era um tablet “limitado e confuso”, o que dizer de nosso amigo Steve Ballmer, que se animou a ponto de achar que o seu recém lançado tablet não possui outro concorrente que não seja o iPad?

Pois é… nosso amigo Ballmer se pronunciou sobre a potencial disputa que será criada com os seus adversários nesse competitivo mercado, e simplesmente ignorou o “pequeno detalhe” do Kindle Fire HD já ser o produto mais vendido da história da Amazon, e o Nexus 7 já ser um dos tablets mais vendidos do mercado… e mesmo com mais de 100 milhões de unidades vendidas desde o seu lançamento, na opinião de Ballmer, o iPad não é o tablet que as pessoas querem!

De acordo com o CEO da Microsoft, o Surface é “o tablet que as pessoas realmente querem e sempre quiseram”. Para o executivo, nenhum outro fabricante fez um produto que as pessoas realmente quisesse, e que nenhum outro fabricante fez um produto que as pessoas realmente pudessem usar. Ballmer afirma que o Surface é um tablet de primeira classe, que as pessoas podem apreciar de formas diferentes. “É um PC. É um tablet. É para o trabalho. Tem um preço ótimo. É um produto que não existe hoje no mercado”, completa o executivo.

Ballmer ainda citou Steve Jobs, e sua velha frase “as pessoas não sabem o que querem até você mostrar à elas”. Na opinião do CEO da Microsoft, as pessoas geralmente sabem o que querem, mas não até depois de utilizar “alguma outra coisa” por alguns anos, dando uma bela agulhada aos produtos da concorrente de Cupertino.

Tudo bem, Ballmer. O Surface é um produto promissor, mais completo que os concorrentes em suas possibilidades… mas foi lançado na semana passada. É muita empolgação para afirmar que as pessoas o desejam, e que ele é a única coisa válida no mercado atual. Devagar com a empolgação. Isso pode não fazer bem no futuro.

Via