Stephen-Elop-New-01

Stephen Elop, ex-CEO da Nokia, não conseguiu ser eleito CEO da Microsoft. Porém, vai conseguir um “prêmio de consolação”. Ele será o novo encarregado pela divisão de dispositivos e estúdios, que engloba não apenas os dispositivos móveis (algo que já estava anunciado na ocasião do anúncio de sua saída da Nokia), mas agora, toda a divisão do Xbox.

Essa divisão do Xbox inclui o segmento de games, do Surface, do Xbox Music, dos estúdios de jogos e entretenimento (o novo segmento de produções originais de séries de TV também), entre outros. O mais curioso de tudo isso é que a divisão do Xbox vai parar nas mãos daquele que, segundo rumores divulgados no final do ano passado, prometeu que acabaria com a divisão do Xbox caso fosse eleito CEO da Microsoft.

Ao mesmo tempo, o conselho diretivo da Microsoft já sonha com o fim dessa mesma divisão Xbox, até com rumores de venda para a Amazon.

Coincidência? A essa altura do campeonato, eu não duvido de mais nada.

Elop vai substituir Julie Larson-Green, que por sua vez vai para a divisão de aplicativos e serviços. No novo posto, Julie estará encarregada de cuidar da saúde de serviços como Bing, Office e Skype, respondendo diretamente à Qi Lu. A mudança acontece ainda no primeiro trimestre de 2014, sem uma data definida.

Ainda que pareça um retrocesso para Julie, a Microsoft informa que o posto que ela ocupava na divisão Xbox já estava reservado para Elop, e que a ideia original era para que ela trabalhasse para ele. Além disso, Julie tem uma longa experiência dentro do campo de software na empresa, já que esteve durante anos por trás de produtos como Internet Explorer, Office e Windows, algo que certamente vai ajudar nessa nova função.

Via Gadgetos