Microsoft-SQL-Loves-Linux_2

Não é 1 de abril ou nenhuma piada de mal gosto da minha parte ou por parte da Microsoft. Este é um anúncio real, e marca um importante passo dentro do segmento de software da gigante de Redmond. Pois bem, foi anunciado hoje (8) o desenvolvimento de uma versão do SQL Server para Linux, que estará disponível em 2017.

O SQL Server é o sistema de gerenciamento da base de dados da Microsoft, e até agora (desde a sua primeira versão, em 1989), sempre foi compatível apenas com o Windows. Mas isso muda em 2016, com o anúncio de uma nova versão que será compatível com o Linux. Isso mesmo, você não leu errado.

Microsoft-SQL-Loves-Linux

A Microsoft está até trabalhando diretamente com a Red Hat e a Canonical (criadores de duas das distribuições Linux mais populares) para fazer com que o programa seja executado sem problemas. O SQL Server para Linux não estará disponível até o meio de 2017, mas já existe um preview para as empresas que desejam ir testando os progressos realizados.

Esta é uma decisão muito importante para a Microsoft, que vai oferecer uma base de dados tão conhecida para um conjunto muito mais amplo de usuários, além de reforçar a ideia de ser uma empresa que vai além de sua própria plataforma. O Windows já não é mais o centro do mundo da informática, e Satya Nadella sabe muito bem disso.

Em resumo: a Microsoft ama o Linux! :)

Via New York TimesMicrosoft Blog