Em 2016, o Spotify registrou prejuízos de US$ 568 milhões. Muito dinheiro, o que obrigou uma mudança de posicionamento de mercado. E a forma como eles esperam ganhar dinheiro rapidamente é entrando em um negócio inesperado: o de cosméticos.

Dessa forma, o Spotify não está apenas envolvida na venda de camisetas dos seus artistas favoritos, mas também aposta no exitoso mundo da maquiagem. Para isso, recorreu à marca de beleza Pat McGrath Labs, que venderá uma coleção exclusiva pela plataforma de música.

A cantora Maggie Lindemann será a madrinha dessa nova empreitada, e vai oferecer sua imagem para vender barras e lápis de lábios, paletas com sombras e lápis de olho. Tudo será vendido em sua página no Spotify, e outros artistas podem fazer o mesmo.

A parceria é boa para Lindemann, que está promovendo o lançamento do seu ovo álbum. E é boa para o Spotify, pois cria o efeito de retroalimentação para a sua plataforma.

Afinal de contas… o que pode dar errado?

 

Via Spotify