O mercado dos tablets está definido basicamente pelos iPads, Kindles e pelos tablets com Honeycomb. Porém, esse segmento de mercado é do tipo “sempre cabe mais um”, e por causa disso, mostramos um pouco do Spark, um tablet de 7 polegadas (resolução de 800 x 480), que roda o Plasma Active UX, um sistema operacional baseado em Linux com a interface Plasma do KDE.

Segundo conta o próprio fabricante, o Spark chegará pelas mãos de uma loja de livros digitais baseada no Projeto Gutenberg, além de oferecer aplicativos gratuitos e pagos, que poderão “ser desenvolvidas com as típicas ferramentas do Linux”.

No seu interior, podemos encontrar um processador ARM AMLogic de 1 GHz, gráficos Mail-400, 512 MBde RAM, 4 GB de memória interna, e um slot para cartões SD. Umas características que certamente não permitem nenhum tipo de comparação com equipamentos com a plataforma Tegra 3. Preço: 200 euros.

Via Ars Technica