Sony

 

Se alguém ainda tinha dúvidas que o fenômeno da nostalgia era algo consolidado, a Sony está preparando uma nova fábrica em Tóquio (Japão) que vai produzir discos de vinil a partir de março de 2018.

A empresa abandonou o setor em 1989, depois que as vendas caíram por conta dos CDs, que se tornaram populares. Mas o momento é da nostalgia: a Nintendo com os seus consoles retrô e o aumento das vendas dos cassetes são apenas dois exemplos da tendência que pode render milhões de dólares para as empresas.

Ainda não está confirmado que tipo de discos de vinil a Sony vai fabricar, mas sabemos que serão discos de música tradicional japonesa e alguns títulos contemporâneos.

Em 2016, foram vendidos um total de 3,2 milhões de discos de vinil, o maior volume de vendas desde 1991, e um aumento de 53% em comparação com o ano de 2015. E é importante lembrar que as vendas de discos de vinil em 2015 obteve mais lucros que Spotify free, YouTube e Vevo juntos.

Diante de tudo isso, não é surpresa ver a Sony voltar a apostar nesse mercado. Há quem diga que a empresa está procurando engenheiros que saibam como fabricar vinis de qualidade, já que hoje são poucos os especialistas nesse mercado.

É esperado que outros fabricantes anunciem seus planos para entrar no segmento.

 

Via The VergeNikkei