sony-logo1

Está difícil para a Sony fazer alguém acreditar em uma boa saúde financeira nos próximos meses. Nem eles acreditam nisso. Com a apresentação do seu relatório financeiro dos últimos 12 meses, fica cada vez mais evidente que a sua saúde financeira não é das melhores.

Levando em conta a venda da divisão VAIO e de PCs e as contínuas medidas para estancar as perdas, era de se esperar que o salto restante estivesse marcado com um vermelho intenso. Mesmo assim, alguns dados mostram que divisões específicas da empresa ainda se mostram minimamente rentáveis.

Falo mais especificamente do PlayStation 4 e da linha Xperia, que geraram um crescimento em vendas de 53% e 20%, respectivamente. Somando as duas divisões, foram 40 milhões de unidades vendidas ao longo de todo o ano fiscal (encerrado em 31 de março de 2014).

Por outro lado, isso não foi o suficiente para resolver os problemas econômicos da Sony, muito menos aqueles que existem a curto prazo. A Sony prevê que 2014 seguirá sendo um ano de perdas, que podem alcançar os 50 bilhões de ienes. Números positivos por parte da Sony? Apenas em 2015, mas depois de muito trabalho e uma boa dose de sorte.

Via Sony