qualcomm-snapdragon-810

Se restavam dúvidas sobre o fiasco do Snapdragon 810 que a Qulcomm tanto negou, a Sony reconheceu aquilo que a operadora japonesa DoCoMo antecipou: os problemas de superaquecimento no Xperia Z3+.

Os sintomas do excessivo calor que gera o citado chip são claros, e se traduzem no fechamento espontâneo de aplicativos e temperaturas muito elevadas na parte traseira do dispositivo. Felizmente, a Sony prometeu que resolverá o problema com uma atualização de software, o que significa que o Xperia Z3+ (ou Xperia Z4 no Japão) verá a sua frequências de CPU e GPU reduzidas, com a perda de desempenho que isso implica.

A divisão móvel da Sony não atravessa o seu melhor momento, e coisas como essas não ajudam, ainda que a Qualcomm é quem deveria assumir de uma vez a culpa, e ajudar os parceiros afetados pelo problema. Afinal de contas, mais uma gigante do mundo mobile confirma os rumores de superaquecimento do Snapdragon 810, quando o fabricante afirmou que ‘era tudo bobagem’.

Esperamos a Qualcomm justificar essas novas evidências.

Via Softpedia