sony-playstation-controller-logo-teaser

A Sony apresentou os seus resultados financeiros para o quarto trimestre de 2015, que mostra como a PlayStation goza de muito boa saúde (a ponto de se tornar uma empresa independente, a Sony Interactive Entertainment), ao mesmo tempo que a sua linha de smartphones não ajuda a oferecer resultados melhores para os japoneses.

O terceiro trimestre do ano fiscal da Sony resultou em US$ 21.5 bilhões em vendas, e US$ 1.69 bilhão em lucros. Eles fizeram uma análise de cada uma de suas divisões, o que ilustra o bom momento dos games e o momento não tão bom assim dos smartphones.

Um dos negócios de maior destaque na Sony é o setor de imagem, divisão encarregada de criar sensores para câmeras e smartphones. Porém, com o mercado de telefonia em momento instável, as contas da Sony também ficaram prejudicadas. Os lucros caíram por conta da queda de demanda dos outros fabricantes de smartphones.

 

Reestruturações e cortes que estão apresentando resultados

kaz-hirai-sony

A Sony afirma que seus lucros aumentaram pelos cortes e mudanças que eles efetuaram ao longo de suas divisões:

– Smartphones: as vendas caíram 14.7% em relação ao mesmo período de 2014, e a Sony confirma que a decisão de não seguir adiante com a escala nos telefones para a rentabilidade, visando a utilidade da operação, resultaram em cortes que tornaram a divisão rentável de novo (US$ 201 em lucros).
– Sensores móveis: uma queda significativa nas vendas (12.6%), com uma demanda menor dos fabricantes. As perdas foram de US$ 97, comparados com os US$ 445 milhões de lucros do trimestre anterior. Esse é um negócio que acaba se compensando bem ao longo do ano.
– Câmeras: queda de 5% em vendas (US$ 1.6 bilhão), mas os lucros cresceram em 20% (US$ 197 milhões). A Sony está satisfeita com o último catálogo lançado, que combina câmeras de foto e vídeo de forma mais inteligente e escalonada.
– Home Entertainment: queda nos lucros de 4.3%, mas com aumento nos lucros de 19.8% (US$ 260 milhões)..
– PlayStation: aumento de 10.5% nas vendas (US$ 4.9 bilhões), e comparando com o ano anterior, um aumento nos lucros de 45.5%. A amortização de componentes Vita que teve espaço no ano passado ajudou nos lucros, mas o grande responsável é mesmo o PlayStation 4 e suas fortes vendas.
– Filmes: a Sony Pictures teve um ótimo trimestre, com filmes como 007 Contra Spectre e Hotel Transilvânia 2. Foram US$ 2.18 bilhões em arrecadações de bilheteria, 26.9% a mais que no mesmo período do ano passado. Tanto a música como os filmes deram lucros (US$ 228 milhões e US$ 170 milhões respectivamente.