sony xperia

A Sony foi um dos primeiros fabricantes a dotar os seus smartphones com a resistência à água com certificação IP em 2012, com a família Xperia Z.

Os modelos dessa linha recebiam uma certificação IP56 contra água e poeira. Não era muito exigente, mas garantia uma resistência à chuva ou aos mergulhos do dispositivo na banheira ou na piscina.

Porém, a publicidade feita pela Sony nos fazia pensar que a linha Xperia Z tinha PROTEÇÃO CONTRA ÁGUA e não apenas RESISTÊNCIA À ÁGUA. Veja a seguir alguns exemplos dessa publicidade, e tire suas próprias conclusões.

 

 

Isso fez com que muitos usuários testassem seus dispositivos de todas as formas possíveis: com água, vinho, cerveja, chocolate quente e até em uma sopa.

Algumas pessoas simplesmente tiraram fotos dentro da piscina, com pouco profundidade, e com todas as portas bem fechadas, para garantir a tal resistência.

Resultado: muitos dispositivos danificados, e a Sony se recusando a reparar esses produtos. A consequência? A Sony foi processada pelos usuários, que ganharam a causa na justiça.

De acordo com a sentença, 24 modelos foram afetados com a decisão (curiosamente, o Xperia Z original não está na lista):

 

Xperia M2 Aqua
Xperia M4 Aqua
Xperia ZR
Xperia Z Ultra
Xperia Z1
Xperia Z1 Compact
Xperia Z1s (T-Mobile)
Xperia Z2
Xperia Z3
Xperia Z3 Compact
Xperia Z3 (T-Mobile)
Xperia Z3v (Verizon)
Xperia Z3 Dual
Xperia Z3+ Dual
Xperia Z3+
Xperia Z5
Xperia Z5 Compact
Xperia Z2 Tablet (Wi-Fi)
Xperia Z2 Tablet (LTE)
Xperia Z2 Tablet (Verizon LTE)
Xperia Z3 Tablet Compact (Wi-Fi)
Xperia Z3 Tablet Compact (LTE)
Xperia Z4 Tablet (Wi-Fi)
Xperia Z4 Tablet (LTE)

 

A sentença a favor dos usuários estabelece algumas obrigações para a Sony:

– Extensão da garantia por mais um ano, incluindo danos por água, para todos os dispositivos da lista que estão na garantia.
– Extensão da garantia por mais seis meses, incluindo danos por água, para os dispositivos da lista que não estão em garantia.
– Até 50% do valor de venda recomendado como compensação se o dispositivo está entre os afetados

Os usuários que optarem pela terceira alternativa tem até o dia 30 de janeiro de 2018 para se manifestarem. A sentença cobre apenas os cidadãos norte-americanos proprietários dos citados modelos Sony Xperia.

 

Via PhoneArena