archivaldisc

Sony e Panasonic já contam com experiência prévia em colaboração para a criação de um novo formato de disco óptico. Afinal de contas, foram partes ativas do desenvolvimento do Blu-ray. Agora, as duas empresas pretendem cobrir a demanda dos usuários que precisa de uma maior capacidade para armazenar os seus arquivos digitais por mais tempo. Para isso, criaram o Archival Disc, que promete ser o sucessor do Blu-ray, e possui uma capacidade de armazenamento de 300 GB.

Os discos ópticos tem como uma propriedade natural apresentar alguns problemas que a água ou a poeira podem causar em contato com o seu material, além das mudanças de temperatura e umidade. O Archival Disc deve resolver isso. Outra vantagem do novo formato é que as evoluções do mesmo prometem interoperabilidade com os formatos originais, ou seja, aparelhos de Archival Disc podem rodar um CD ou Blu-ray, por exemplo.

As diferenças entre o Archival Disc e o Blu-ray

 

 Archival DiscBlu-ray
Capacidade do disco300 GB
até 1 TB
25/50 GB
até 128 GB BDXL
ÓPTICA
Longitude da onda
Abertura numérica
λ=405 nm
NA=0.85
λ=405 nm
NA=0.85
Estrutura do discoDupla face (3 capas/faces), Formato Land and Grooveuma face com até 2 capas (até 4 capas BDXL)
Tamanho da faixa0,225μm (micrômetros)0,320μm (micrômetros)
Longitude de um bit de dados79.5nm (nanômetros)150nm (nanômetros)
Método de correção de errosReed-Solomon CodePicket Code

Como podemos ver, este novo formato tem um tamanho de faixa menor e mais capas por face do que o Blu-ray, o que permite armazenar mais dados em uma mesma superfície. O Archive Disc tem uma capacidade inicial de armazenamento de 300 GB, mas a Sony e a Panasonic prometem duas evoluções no formato, que permitirão alcançar os 500 GB e até 1 TB, respectivamente.

img01

A pergunta que fica é: será um produto com aceitação do mercado? Diante da popularidade do armazenamento na nuvem, e a redução de preço dos dispositivos de armazenamento portáteis, terá o Archival Disc apenas o público profissional/empresarial como alvo?

Teremos que esperar aproximadamente um ano para ver o produto ao mercado, uma vez que ele não será lançado até 2015. Além disso, o preço das gravadoras e dos discos ópticos terão muito a ver com a popularização de uso do formato.

Via Sony