onlive

O OnLive, console de videogames por streaming, chegou ao fim. A Sony adquiriu o serviço, mas vai descontinuá-lo, ficando com as suas 140 valiosas patentes que serão adotadas no seu próprio serviço de jogo na nuvem, o PlayStation Now.

A Sony Computer Entertainment America fica com a propriedade intelectual da OnLive, que por sua vez encerra suas operações no final de abril. A Sony fez o mesmo movimento em 2012 ao adquirir a Gaikai. A equipe principal da OnLive – parte dos 80 funcionários da empresa – passam a fazer parte do grupo de funcionários da Sony.

Em 2014, a OnLive se reestruturou, lançando dois novos serviços: o CloudLift e o Go, por US$ 15/mês e 85 jogos disponíveis. Recentemente, eles pensavam em oferecer seus serviços nas TVs da Philips.

Vale lembrar que a OnLive competia com outras marcas, como por exemplo a NVIDIA (Grid), que possui muita tecnologia proprietária, oferecendo jogos na nuvem a partir de dispositivos portáteis que eles mesmos criam, além da TV por conta do Shield ou com o computador pessoal.

Via OnLive